Artigo sobre o Rhema nos presídios impactou comunidade acadêmica

Postado em
5
“Você me trouxe esperança de que há mudança no sistema carcerário da nossa nação”, relatou professor diante da apresentação de Gabrielle Piemonte.

 

Gabrielle junto a sua orientadora Ilise Senger
Gabrielle junto a sua orientadora Ilise Senger

Recentemente, o Rhema nos presídios foi assunto para um artigo cientifico e tema apresentado durante um congresso universitário. A ideia surgiu da jovem Gabrielle Piemonte que faz parte do Verbo da Vida em Campo Grande-MS, está no primeiro ano do Rhema e é aluna de Direito no 5º semestre. A estudante relatou que o projeto foi bem aceito e já se tornou desejado em sua cidade: “Ao final, as perguntas do professor e alunos foram: “Quando terá um projeto desse em Campo Grande e em mais presídios?”; “Você me trouxe esperança de que há mudança no sistema carcerário da nossa nação, outros alunos nos mostraram o problema, mas você mostrou a solução através desse Rhema!”. 

Gabrielle acompanhava as notícias sobre o Rhema nos presídios quando percebeu a importância do projeto para o meio acadêmico e para o sistema judiciário brasileiro. Surgiu então a oportunidade de escrever um artigo cientifico em sua universidade sob um tema relacionado aos Direitos Humanos. Ela entrou em contato com a diretoria do Ministério Verbo da Vida e começou a redigir sua pesquisa colhendo informações em parceria com o coordenador nacional, Canrobert Guimarães, e os diretores do Rhema no presídio de Campina Grande-PB, Joseane e Amilton de França.

IMG-20161027-WA0011 (1)A jovem agora está trabalhando no artigo. Seu resumo foi apresentado para aproximadamente 25 pessoas no Congresso Saberes, promovido por universidade (Universidade Católica Dom Bosco).  “Eu apresentei a visão do Rhema, seu funcionamento dentro dos presídios, assim como testemunho de alunos e relatórios da diretoria da Escola, tudo com fundamentação jurídica para sua aplicação e funcionamento”, relata a estudante.

Este semestre a estudante irá submeter o artigo ao PIBIC (Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica); e ele pode vir a ser publicado em uma revista jurídica. “A visão desse artigo é apresentar uma solução no âmbito acadêmico e jurídico para a crise carcerária, e ao mesmo tempo divulgar aquilo que tem mudado minha vida e de detentos ao conhecerem o poder dessa Palavra”, explica Gabrielle. A ideia é, também, uma boa oportunidade de divulgar o e propagar o evangelho no âmbito acadêmico.

Leia abaixo o depoimento da aluna:

11222071_1239833199393239_5150153275684088609_nTudo isso nasceu em meu coração quando o Espírito Santo me falou, em uma madrugada, que era preciso anunciar, em outros âmbitos, aquilo que tem mudado minha vida e de tantas outras pessoas. Hoje, tenho a oportunidade de dizer à comunidade jurídica e acadêmica, que aquilo que os homens não podem fazer, o nosso Deus tem poder para fazer.
As pessoas que assistiram a apresentação criaram expectativas quanto ao funcionamento do Rhema nos presídios e questionaram a possibilidade da expansão das escolas nos demais presídios. Inciei a apresentação explicando o funcionamento do Centro de Treinamento Bíblico Rhema, sua influência na vida das pessoas e quais os resultados na vida dos alunos. Posteriormente, apresentei a previsão legal do objetivo da pena, e que não é somente deixar essas pessoas atrás de uma grade, mas promover meios de “prepará-los para o retorno à liberdade”, assim como diz o artigo 22 da Lei de Execução Penal.
IMG-20161027-WA0013Expus as fundamentações legais e constitucionais que preveem o funcionamento de instituições de ensino e religiosa dentro dos presídios para ressocializa-los. E, nesse contexto, apresentei uma ferramenta para mudar a realidade do nosso sistema carcerário:  o Rhema nos presídios, como uma medida para mudar a vida dos detentos e influenciar nos índices de reincidência da nossa Nação.
Apresentei os presídios em que estão funcionando o projeto e como é computado a progressão de pena, mostrando assim, seus benefícios na vida dos apenados.
Por fim, abordei a metodologia e objetivo da pesquisa, que é: “Analisar as influências positivas da Escola Rhema dentro dos presídios, quanto a ressocialização do apenado e garantia de sua dignidade, tanto durante o cumprimento da pena, quanto com sua liberdade.

5 COMENTÁRIOS

  1. Muito instigante o tema. Creio que é só o começo. Parabéns pela iniciativa, Gabrielle. Conta comigo para o que precisar. Em breve também desejo publicar um artigo como o tema, porém com uma abordagem estatísticas e os possíveis reflexos nacionais.
    Grande abraço. Maya = )

  2. Que coisa boa, maravilhosa é estudar a palavra de Deus através do RHENA, melhorou meu entendimento da vida e continua melhorando, não só como pessoa mas também como filho de Deus

DEIXE UMA RESPOSTA