_MG_9670

Meu nome é Andrey Carvalho. Sou natural de João Pessoa, nasci lá, mas com 2 anos de idade me mudei para Campina Grande. Fui criado aqui, cresci aqui, minha cidade do coração é Campina Grande. Minha vida inteira foi nessa cidade, foi onde eu conheci o Senhor, onde aprendi os valores de caráter com a minha mãe, foi aqui que me formei, que conheci a Cristo, descobri o propósito para o qual Deus me criou, ou para o qual Ele estava me guiando. Tudo o que eu tenho, tudo que eu encontrei e aprendi foi aqui em Campina Grande.

Eu tenho um irmão, ele é 13 anos mais velho que eu, Anderson. Ele é membro do Verbo da Vida há muitos anos. Antes de chegar ao Verbo eu fiz parte da Igreja Bíblica Redenção, cerca de 3 ou 4 anos, em 2006 eu cheguei no Verbo da Vida. Esse meio tempo esse sempre estive com o meu irmão, era ele que me levava para a igreja. Lembro que desde criança até adolescente e jovem eu ia com ele na moto, mesmo depois de casado ele saia para me buscar em casa e me levar para a igreja, e depois voltava para buscar a esposa. Foi assim por muitos anos.

Quando eu passei a ficar mais independente, passei a ir sozinho. Devo muito do que eu sou a ele, da minha formação em Cristo, graças a Deus pela vida dele.

Eu me formei em História. Cheguei a dar algumas aulas, porque em seguida me mudei para Belo Horizonte. E essa formação abriu a porta para eu fazer uma pós graduação em Goiânia, uma aluna minha no Rhema me abençoou com este presente.

_MG_9674

Minha mãe foi quem nos criou. Eu tenho pai mas ele me deixou, desde que minha mãe engravidou. Ele apareceu algumas vezes, mas nunca foi presente. Minha mãe é uma das pessoas mais excepcionais que conheço, talvez essa palavra nem a traduza…ela é uma mulher incrível! Eu digo que se ela escrevesse um livro daria muitas páginas, porque a vida dela é cheia de histórias.

Minha mãe sempre foi uma mulher fora da época dela. Sempre teve uma cabeça muito pra frente. Muito verdadeira, muito sincera, com ela é tudo preto no branco, isso trouxe para ela algumas desavenças, mas em contra partida trouxe também amigos fiéis. Esse caráter dela foi o que nos sustentou nas épocas mais difíceis que passamos. Tempo de passar fome, de não ter dinheiro para nada, mas o caráter dela, tudo o que ela sempre foi, fez com que pessoas apostassem e surgissem de vários lugares, e proviam o sustento para nós. Hoje, eu sei que o Senhor favoreceu a nossa família por causa da hombridade da minha mãe.

_MG_9676

Desde o dia que ela nasceu de novo transformações aconteceram. Ela fumou durante muitos anos e, é fruto de um grande milagre. Ela foi liberta do cigarro. Minha mãe dormiu fumante e acordou completamente aborrecida do cigarro, e isso anos depois, fez com que ela não morresse na mesa de cirurgia.

Ela teve um tumor no pescoço e os médicos disseram que se ela não tivesse parado de fumar  naquela época ela não resistiria a cirurgia, porque o pulmão dela estava completamente tomado pela fumaça. Tinha ainda um brecha no pulmão, e foi por essa brecha que eles conseguiram fazê-la respirar.

_MG_9684

A minha filha me faz lembrar da minha mãe sempre. Desde a forma de tomar água, até alguns traços da personalidade, mesmo com dois anos de idade, ela é muito determinada. Situações que eu vivo hoje, até mesmo o fato de estar fora de Campina Grande, pastoreando, vivendo muitas coisas, eu me vejo diante de situações que só posso tomar aquela decisão porque eu sei que o meu caráter foi forjado a tempos atrás, e graças a Deus pela minha mãe que me ensinou assim. Desde devolver um troco errado, para mais ou menos, a decisões maiores. Eu vejo minha mãe em todas essas situações.

Eu lembro de um dia, na igreja que frequentávamos, na sala das crianças tinha um menino que queria me bater. E eu nunca gostei de briga e fiquei sofrendo sozinho. E quando contei a minha mãe, ela me pegou pela mão e me levou até a igreja para resolver isso, e esse dia marcou a minha vida, porque eu ia para a igreja cabisbaixo, mas nesse dia que minha mãe me pegou pela mão eu me senti forte. Eu sempre me lembro disso, e lembro do quanto Deus faz o mesmo por nós.

_MG_9702

Eu e Bárbara estamos juntos há 9 anos. Bárbara é uma das pessoas mais incríveis que você pode conhecer na vida. Em 2006, eu ouvi no meu coração sobre sair de Campina Grande, em 2007 descobri para onde eu iria, Belo Horizonte. Mas, eu não conhecia nada sobre BH. No final de 2007, conheci Bárbara. Ela veio passar férias aqui, eu a vi na igreja e achei ela incrível.

Na verdade, eu a conheci antes, em um evento de jovens que ela foi ministrar, mas até aí tudo bem. Depois, eu soube pelo meu grande amigo Moisés Benício, que ela ia participar de um quadro no jornal dos jovens que a gente trabalhava junto na igreja. Pedi pra ele pra deixar eu fazer esse quadro com ela. Eu preparei o gravador, organizei tudo, e também levei alguns presentinhos para ela, e escrevi uma carta.

Antes de começar a entrevista falei que a admirava e pedi para ela ler a carta quando chegasse em casa. Depois eu soube que no caminho mesmo ela leu. Daí começamos a conversar, a paquerar, e antes dela voltar para BH pedi ela em namoro. Isso foi em 2008, desse tempo até 2010 nós namoramos e noivamos, eu em Campina Grande e ela em Belo Horizonte. Nesse tempo só nos falávamos pelos 3 segundos da Oi.

_MG_9707

Eu era estudante, não tinha muito dinheiro, o que tinha era pra recarregar o celular e falar nos 3 segundos. Mesmo assim, a gente conseguia conversar, se conhecer, brigar, reatar (risos). Do dia que nos conhecemos até o dia que casamos, nós tivemos juntos por 5 vezes. Foi muito bom vermos Deus se movendo no que era a vontade dEle pra nós. De fato, percebemos no coração que era a vontade dEe estarmos juntos. Sou grato a Deus porque ela é uma mulher incrível que decidiu confiar em mim, naquele que ela falava nos 3 segundos. O que vivemos hoje é a confiança que colocamos nas verdades que tínhamos no coração.

_MG_9709

Costumo dizer que debaixo do céu, e falo isso após o que entendi do que Deus fez por mim, a minha filha é o maior presente que eu tenho. Ela me fez ser a pessoa que eu já mais seria sem ela. A minha filha é a razão de eu permanecer de pé. Para mim essa relação era difícil, porque eu não tive essa referência. A minha referência de pai era o meu irmão. Eu sempre desejei ter um filho para poder ser o pai que eu não tive. E quando ela chegou, quando Evangeline veio para os meus braços, por um tempo eu fiquei sem saber o que fazer, não sabia, mas ao mesmo tempo aquele amor envolve e transforma você em uma pessoa que você nunca foi.

Deus nos faz perceber o seu amor por nós quando nos tornamos pai. Evangeline é esse grande presente. É um tipo de amor que a gente só consegue compreender quando acontece. Eu olho pra ela e fico maravilhado com o quanto o Senhor nos presenteou. Evangeline veio para ser a propagadora do evangelho, o nome dela é para isso, aquela que traz boas novas, e ela trouxe as boas novas para a minha vida.

Como eu não tive pai, ser pai dela me faz ser para ela aquilo que eu sempre quis pra mim. Evangeline faz com que a minha paternidade seja mais fácil. Ela sabe como me dar condição de ser o pai dela.

_MG_9718

Quando Bárbara engravidou fiquei muito feliz, mas, ao mesmo tempo apavorado, sem saber o que fazer. Lembro que quando faltava mais ou menos 1 mês para Barbara dar à luz, estávamos deitados para dormir e eu comecei a chorar, chorei sem parar… fiquei imaginando em quem eu precisava ser para me tornar um pai de excelência para ela. E Bárbara olhou pra mim e disse: “você vai conseguir ser o pai que ela precisa, porque não é pelo o que você tem fora, é o que tem dentro, com a ajuda do Espírito Santo você vai conseguir”. Corrigir quando é necessário, abraçar e amar, isso é o que eu mais sei fazer, aprendido a orar na frente dela, a estudar na frente dela, para ser esse exemplo que ela precisa.

_MG_9721

Eu gosto muito de estar em casa. Amo a minha esposa, amo cuidar dela. Eu tive uma experiência com a minha mãe que foi decisiva para mim. Na época que ela teve o tumor eu cuidei dela, fazia tudo o que ela precisava, daí passei a cuidar dela até sair de casa. Isso gerou em mim esse desejo de cuidar, estar junto. Isso eu gosto de fazer com Bárbara, gosto de cuidar dela, estar junto, elogiar, abraçar. Gosto de preparar o café da manhã para ela todo dia antes de sair. Entrei no casamento com algumas debilidades, mas Bárbara também tem a parte dela de formar o esposo que eu sou, ela despertou em mim coisas que eu não sabia que existia. Tanto ser amável com ela, mas também ser responsável para ser um bom líder na minha casa. O Andrey esposo existe por causa da esposa Bárbara, ela me faz ser completo.

_MG_9665

Hoje, eu tenho algumas escapes em Goiânia. Eu tenho um grande amigo que é o Bruno Alcântra, e tem também um outro amigo, Horácio, aí todo sábado nós temos o compromisso marcado para jogar vôlei. E uma coisa que eu gosto também é de jogar FIFA, essas coisas me divertem.

_MG_9705

A minha família me faz sorrir! Chegar em casa, ter a minha esposa e filha, a minha cachorrinha, a Joy, ver a igreja crescendo, ver alguém ser curado, liberto, são coisas que me fazem sorrir, me faz ter prazer na vida.

Com a Evangeline tenho tido oportunidade de sorrir mais. Como eu cresci sozinho, eu não desenvolvi muito o sorriso, hoje sou brincalhão, mas tive que me esforçar muito para sair dessa condição de ser sempre sério. Eu fui precoce, um jovem com postura de velho. Hoje, eu tenho 29 anos, mas eu lembro de com 15 anos estar orando ao Senhor pedindo a Deus a  minha família, que queria casar com 23 anos, falando das características da minha esposa, que são exatamente como a Bárbara é, e dizer que quero uma filha. Um adolescente orando para casar aos 23 anos, pra ver como eu era precoce (risos). Hoje, no pastoreio, na família, eu tenho aprendido a sorrir, desde as coisas mais simples, até as coisas que eu vejo transformar a vida de pessoas.

_MG_9674

Tenho sonhos de anos pra frente, mas um sonho hoje é ver a Igreja Verbo da Vida em Goiânia crescendo, amadurecendo, pessoas sendo levantadas. Ver minha filha crescendo debaixo da influência da Palavra. Ter a igreja que, hoje está sob a minha responsabilidade, crescendo na visão que nós temos no Verbo da Vida, o sonho de agora é esse! Agora é partir para os próximos sonhos após esse realizado!

Andrey é alguém que ama viver, que ama a família, que ama a igreja. É um filho de Deus que tem aprendido a ser filho dEle. É uma pessoa que está sempre aprendendo alguma coisa. Andrey é literalmente um aprendiz.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA