MVV_2098

Tenho 36 anos de muitas experiências na vida, me considero com muitos km’s rodados (risos). Por tudo que já passei, antes de nascer de novo em especial. Tenho vários sonhos no Senhor, desejo correr e cumprir cada um deles. Nasci em Campina Grande e nunca morei fora daqui. Campina é uma cidade maravilhosa. Apesar de estarmos em uma nação com contextos de violência, considero a minha cidade boa de viver, com um padrão de vida razoavelmente bom. Aqui existem ambientes e lugares maravilhosos para se frequentar. Não consigo perceber essa atmosfera que muitos falam que só existe aqui, talvez porque estou dentro da cidade, no contexto, mas, o fato de estar no contexto igreja e ministério, me faz entender de alguma forma que existe algo diferente mesmo aqui. Para muitos, essa cidade tem sido uma ponte e, por isso, considero ela importante não só na minha vida, mas na vida de muitas pessoas.

MVV_2106

Meus pais são pessoas de grande referência na minha vida. Meu pai sempre buscou nos dar o melhor. Sou o mais velho e tenho um irmão mais novo, o Felipe. Meus pais sempre se dedicaram e forjaram o meu caráter, cuidaram muito bem de mim. Hoje eu sei o que é esse esforço porque sou pai e quero dar o meu melhor aos meus filhos. Quando estamos ‘do outro lado da moeda’, conseguimos entender melhor essa responsabilidade.

Eu estudei em bons colégios e busquei ser um bom filho. Quis trazer alegrias para meus pais. Hoje, eles estão um pouco distantes, porque moram em outra cidade; mas sei que para eles é o lugar de descanso e melhor. Eles moram em Cabedelo, próximo a João Pessoa, contudo estão sempre presentes no meu coração.

O referencial de caráter que eu tenho são deles. Implantaram em nós essas sementes e estão germinando.

MVV_2099

Meu novo nascimento se deu por muita dedicação e oração da minha mãe. Hoje, tento recompensar meus pais por todo desgosto que os dei quando era do mundo. Quero mostrar para eles que a Palavra de Deus consegue mudar a vida de uma pessoa e, através dessa Palavra, vejo que outras pessoas têm sido alcançadas através da minha vida e da vida da minha família.

A diferença de idade entre eu e meu irmão é bem pequena e sempre fomos bem unidos. Brincávamos e sonhávamos sempre juntos, teve um período que ele se afastou dos caminhos do Senhor, mas glória a Deus que ele conseguiu voltar. É um homem de Deus, serve na sua igreja local, é casado, trabalha muito, é uma pessoa que admiro bastante por causa do seu esforço.

MVV_2116

Eu conheci Xênia, minha esposa, antes de me converter. Trabalhávamos no ramo de farmácia e em uma confraternização, ela me pediu uma carona, mas apenas ficamos nos conhecendo. Ao deixá-la em casa, ela pediu outra carona no dia seguinte eu disse que sim e fui buscá-la em casa, porque essa confraternização seriam 2 dias. Depois desses contatos, estreitamos a comunicação e começamos a namorar, essa época como falei não eramos cristãos. Gostávamos de curtir, ir para festas, lembro que na abertura do São João, festa típica daqui, estávamos prontos para ir para essa festa. Minha mãe me convidou para participar de um grupo de oração e pensei: “a gente vai para lá e depois vamos para o Parque do Povo”. Nós fomos para esse grupo de oração… Na época, quem coordenava a oração fazia o  primeiro ano de Rhema, bem afogueado. Eu já tinha frequentado varias igrejas, acampamentos, e não era gerado aquele arrependimento de fato que a Bíblia fala. Eu confessava com a boca, mas não confessava com o coração, nasci de novo, mas as oportunidades do mundo eram maiores e eu terminava pendendo para o mundo. Então, naquele dia no grupo de oração, a irmã estava orando em línguas e tudo aquilo era muito novo para mim, eu não sabia o que estava acontecendo e, em determinado momento, me quebrantei, fiquei no chão e chorava bastante, ela fez o apelo e tomei a decisão mais acertada da minha vida, confessei a Cristo de coração. Eu tive o desejo de provar daquilo que elas provavam naquele momento, só vim entender depois que era o batismo no Espírito Santo. Na hora que ela impôs as mãos sobre mim eu recebi o batismo e comecei a falar em outras línguas, foi um momento marcante, Xênia não entendia nada. Terminou a oração e ela me questionou se íamos para o Parque do Povo e eu disse: “vou não, a partir de hoje, a minha vida será diferente”. Voltei para casa com algo diferente dentro de mim. Lembro que, ao chegar, senti a influência do diabo para que eu fumasse antes de dormir e eu disse: “a partir de hoje, eu não uso mais isso”. Decidi de fato viver aquilo que Deus tinha para mim. Peguei a carteira de cigarro, quebrei, na mesma hora veio uma ânsia de vomito e não era algo normal aquilo… No mesmo momento, veio algo em meu coração: “eu estou te desintoxicando”. Depois fui entender que o fumante leva um tempo após parar de fumar (anos na verdade) para que as toxinas do fumo saiam completamente do organismo.

MVV_2161

Comecei a frequentar uma igreja pequena, mas maravilhosa, chamava-se Batista Shalom. Como fui acolhido naquele lugar… Eu até já tinha frequentado várias igrejas, mas nunca tinha experimentado esse acolhimento. Até então, Xenia não tinha nascido de novo e éramos namorados, mas ela começou a frequentar a igreja comigo. Fiz uma oração ao senhor: “pai ela está comigo esse tempo e namoramos, se ela for a pessoa que vai constituir comigo uma família, que ela tome uma posição e aceite-o como salvador”. Um tempo depois, ela confessou a Cristo. Noivamos e casamos (exatamente no dia do meu aniversário). Foi estratégica essa data porque a gente pensava em fazer festa e tanto a minha família quanto a dela são famílias grandes, para que pudéssemos convidar a todos seria uma festa para uns 600 convidados e não tínhamos condições de fazer isso. Colocamos fé para que os recursos chegassem e as condições para fazermos algo, fizemos um casamento simples, no civil e em seguida um almoço e jantar para os nossos pais. Em seguida viajamos em lua de mel. Completamos dia de 3 de março deste ano, 12 anos de casados.

MVV_2119

Desse casamento temos 2 filhos um menino e uma menina. Aquila com 7 e Rebeca com 3 anos. Casamento não é fácil, mas é maravilhoso. Xênia é uma mulher forte, esforçada, gosta de dar conta de tudo. É a pessoa que sempre esteve ao meu lado nos momentos de tristeza e alegria. Raramente a vejo triste ou chorando. Ela é muito cuidadosa como mãe, sempre procura cada detalhe para fazer o melhor, tanto para mim quanto para os filhos. Ela renunciou tudo para estar ao meu lado e avançarmos juntos. Um dos maiores sonhos dela ainda é a festa de casamento, quem sabe em uma dessas bodas, a gente faça uma festa.

MVV_2148

Em toda vida, em toda parte da família e do ser humano, uma palavra fundamental é planejamento. Para tudo o que você vai fazer, se existe um planejamento, a tendência das coisas darem certo é 100%. Sabemos que dentro do planejamento vão existir ajustes, mudanças, mas, quando você trabalha na base, a tendência é que as coisa fluam com mais tranquilidade. O planejamento jamais vai andar só. Ela vai nos dar etapas, para que possamos exercer a fé em cada uma delas. E isso fará com que possamos amadurecer cada nível de fé e assim alcançaremos cada etapa desse planejamento.

Dentro da nossa família, estamos aprendendo a planejar. Seja para fazer uma viagem ou algum tipo de investimento, costumamos sentar e fazer as continhas. Isso é primordial e essencial. Precisamos trabalhar em busca do equilíbrio, procurando entender que o dinheiro que entra tem que cobrir o que sai.

MVV_2141

Antes de ser cristão, eu tinha o sonho de viajar, morar fora, conhecer os Estados Unidos. Em 2015, surgiu a oportunidade de dar o primeiro passo para a realização desse sonho. As pessoas da diretoria estavam conversando sobre uma promoção de passagens para os Estados Unidos para o evento ‘Homecoming’ em Tulsa; o acampamento no qual os graduados participam de um tempo de grande festa para o Senhor. Como meu sonho era conhecer o país, e para mim isso estava muito distante, quando os ouvi falando sobre essa promoção de passagem eu disse: ‘esse é o tempo’.

Fui pesquisar e consegui passagens ainda mais em conta com destinos mais favoráveis. Conversei e combinei com a Xênia e ela concordou que esse era o tempo. Falei para ela que para realizar aquele meu sonho com ela teríamos que renunciar muitas coisas. Porque foi exatamente um momento em que o dólar teve uma de suas maiores altas. Precisávamos juntar algum recursos, para viajar e desfrutar do melhor. Compramos as passagens e ainda não tínhamos o visto. Algumas pessoas chegavam para nós com questionamentos: ‘como vocês compram as passagens sem o visto?’ Era estranho para mim, já que estamos do lado de pessoas que pregam fé. Eu estava dando um passo de fé e era questionado dessa forma, eu acho que isso era fé, dei meus passos, fiz o passaporte, fomos para a entrevista e fomos aprovados.

MVV_2167

Viajamos e foi uma viagem sensacional tivemos a oportunidade de conhecer a sede do Rhema, o irmão Hagin e essa base que fazemos parte aqui no Brasil. Que é o Ministério Verbo da Vida. Depois que conquistei isso, fiquei pensando: ‘e agora vou sonhar o quê?’ Comecei a sonhar os sonhos de Deus. Me abri com o senhor e disse: ‘pai eis-me aqui’ e, como sempre me dedicando a ele, que se cumpra a Sua vontade para que eu possa avançar, Ele tem trazido algumas coisas ao meu coração e os sonhos que tenho agora são os sonhos dEle.

MVV_2212Acredito que um dos maiores valores de um homem é o caráter. Além da integridade, idoneidade, honestidade. Zelo muito por isso na minha vida. Esses são princípios que o meu pai me ensinou e que tenho buscado carregar sempre comigo. Nunca comprar nada a ninguém e ficar devendo. Meu pai me ensinou a nunca pedir dinheiro emprestado a ninguém que eu não pudesse honrar. Essas coisas devem reger não apenas a vida dos homens, mas de todo cristão; o amor e a Palavra são as bases de tudo isso. É por causa do amor que essas coisas fluem naturalmente na vida de um homem.

MVV_2204

Meus pais são primordiais na minha formação e são referências na minha vida.

O pastor Sêmio (que partiu para o Senhor), foi uma pessoa fundamental na minha vida cristã. Graças a Deus pelas palavras duras dele, ele nunca me ‘alisou’; era como pastor Bud e, talvez por isso, foi tão normal para mim estar perto do pastor Bud. Eu já estava treinado, por ter estado ao lado de pastor Sêmio. Talvez, se eu não estivesse ao lado dele quando nasci de novo, eu não tivesse me firmado. Porque as tentações do mundo eram mais fáceis do que o que eu tinha na igreja.

Foi bom estar ao lado de Francisco Minervino, foi difícil ver que ele teve uma morte muito violenta e também partiu para o Senhor, mas que também foi alguém importante. Foram pessoas essenciais no inicio da minha vida cristã.

Hoje, tenho a diretoria do Ministério Verbo da Vida como as minhas referências, eles trazem um norte para mim e falam com a vida. Se você tem um homem de Deus como referencial tudo fica mais fácil. Sim, a Palavra é o nosso principal referencial, ela é o nosso manual de vida, mas quando vemos através das atitudes de pessoas como se comportar diante de situações, crescemos bastante.

MVV_2210

Sou muito dedicado às coisas do Senhor. Procuro me esforçar para ser um bom marido, pai, filho; um bom colaborador, servo, busco fazer o meu melhor para as pessoas. Às vezes, procuro tanto a perfeição que até acabo sendo chato (risos); algumas pessoas não conseguem entender e isso acaba me distanciando de pessoas. Procuro ser honesto e sincero, fazer as coisas de acordo com o que é estabelecido, não gosto de burlar regras, quero fazer o melhor para as pessoas. Esse é o Cleanto.

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA