Entrevista com Sylvia Lima, diretora da Escola de Ministros Rhema em 2021

Postado em
1

Em 2021, a Escola de Ministros Rhema terá suas atividades exclusivamente na Unidade em Campina Grande (PB). Na direção da Escola, teremos Sylvia Lima reassumindo a liderança depois de 10 anos. Sylvia Lima é integrante do conselho diretivo do Ministério Verbo da Vida, e supervisora da EMR e já atuou por 03 anos na direção da escola. Esse ano, ela está de volta com muitas expectativas e disposição para trabalhar pelos alunos. Muitos, inclusive, virão de diversas partes do país. 

Sylvia concedeu uma entrevista a equipe do Portal Verbo da Vida falando sobre esse novo tempo. Confira a seguir:

PORTAL: Como você recebeu a convocação da diretoria do Ministério Verbo da Vida para reassumir a Escola de Ministros Rhema em 2021?

SYLVIA LIMA: Recebi de forma tranquila. Eu amo a Escola de Ministros. Tenho muita gratidão por tudo o que a Escola fez por mim, me ajudou muito a crescer…Abriu o meu entendimento para tantas coisas, me ensinando a enxergar o chamado ao ministério da forma correta, o serviço ao Senhor. Eu creio que será um tempo de mais crescimento. Nós fomos chamados para servir e responder a essa convocação da diretoria do Ministério foi realmente uma honra, um prazer e uma alegria. Estou satisfeita por estar de novo envolvida com esse trabalho. 

PORTAL: Fale sobre os critérios da Escola. Qual o público? 

SYLVIA LIMA: O nosso público alvo para a Escola de Ministros é o graduado do Rhema. Essas pessoas que se graduaram no Centro de Treinamento Bíblico seja no último ano ou de anos anteriores. Além das Escolas Verbo da Vida que estão funcionando na Europa e em parte da África. Essas pessoas também são qualificadas para entrar na Escola de Ministros. E todas precisam ser membros ativos na sua igreja local, ter convicção que é chamado para servir a Deus, seja nos cinco dons ministeriais ou no ministério de socorros. Ou seja, ter essa disposição no coração de servir.

Além, claro, deve estar disposto a seguir todo o regulamento da escola. Isso inclui os critérios para avaliação das fichas de pré-inscrição. Com essas pré-inscrições fazemos uma filtragem para ver se o graduado está qualificado para entrar na escola. Estando com tudo em ordem, ele é liberado para fazer a sua matrícula. O graduado além de preencher essa ficha, precisa ser associado a Alumni Rhema, que é a associação de graduados do Rhema

PORTAL: Quais ferramentas a escola pode agregar na vida dos alunos?

SYLVIA LIMA: A Escola de Ministros abre a visão do aluno para tudo o que diz respeito ao serviço no ministério. Ela qualifica o aluno para servir ao ministério com excelência. O próprio Jesus falou que muitos seriam chamados, mas poucos escolhidos. E nós entendemos que essas pessoas que não são escolhidas na verdade, são pessoas que não estão qualificadas, são pessoas que não foram aperfeiçoadas, trabalhadas para estar servindo ao Senhor no ministério.

Na palavra de Deus vemos que existem exigências para que o ministro esteja habilitado, bem preparado e treinado para estar cuidando das pessoas, porque quando nós estamos no ministério, vamos cuidar das pessoas. O ministro precisa saber o que precisa fazer e ser preciso nisso. O ministro precisa ter clareza sobre o que é chamado, entender sobre excelência; o ministro precisa ter uma vida íntegra, um caráter aprovado, qualificado e inatacável, para estar apto a servir no ministério.

As pessoas não vão se expor e nem estar debaixo de uma liderança sem confiança. É necessário habilidade para lidar com o coração das pessoas. A EMR é um centro de ensino para o ministério e lá o aluno vai adquirir ferramentas importantes e preciosas para seu chamado ministerial ser desempenhado com excelência, levando a visão, através de conteúdos preciosos. Os módulos irão aperfeiçoar a visão, firmar propósitos e fortalecer as estruturas para o cumprimento do chamado.  

PORTAL: A Escola esse ano funcionará apenas na Sede em Campina Grande. Assim, o desafio será ainda maior. Fale-nos sobre isso.

SYLVIA LIMA: A escola foi fundada em 2001. Em 2007, começamos a avançar por outras cidades e regiões com as turmas itinerantes. Nesses lugares, a cada ano, a escola abre e fecha naquele mesmo ano. Isso já aconteceu em várias cidades no país. Chegamos a ter 6 unidades funcionando no mesmo ano. A Escola Sede, que fica em Campina Grande, é a única unidade fixa que funciona todos os anos. Essa é a visão que o ministério tem e a forma de funcionamento que entendemos que é viável, adequada e nosso desejo é fazer sempre um bom trabalho alcançando mais pessoas.

Normalmente, as escolas de ministros têm turmas grandes e esse ano, muitas pessoas virão estudar aqui em Campina Grande. Entendemos que é o momento de fortalecer ainda mais a escola local. É o tempo de trabalharmos na base e essa foi uma orientação da diretoria do Ministério Verbo da Vida.

PORTAL: Como está sendo o planejamento da EMR para receber os alunos de outras cidades? Fale-nos sobre a equipe de trabalho.

SYLVIA LIMA:  O ano de 2020 foi um ano muito desafiador. Seja desafio para as escolas ou para os alunos. Ainda tivemos 3 unidades itinerantes e foi sobrenatural a forma como Deus alcançou a vida das pessoas através das aulas, nós vencemos e esse ano tenho a percepção que é tempo de fortalecer a base. Será um tempo de conexões divinas para a escola e para as muitas pessoas que estão vindo. Essas pessoas receberam uma bagagem essencial para o ministério, poderão obter a influência da nossa liderança e das pessoas que estão aqui na base do ministério. Com certeza vai ser um tempo poderoso. A escola está sendo reformada, treinando uma equipe disposta a servir, estamos vendo a provisão de Deus. 

PORTAL: Como será a programação da EMR esse ano? Aulas extras, aulas de campo, consagração, atividades extras…

SYLVIA LIMA: Teremos os 34 módulos como base, mais o Ministrando a Palavra. Esses módulos acontecem semanalmente com aulas as segundas e terças-feiras. Em dias específicos estaremos marcando atividades extras como: Seminários, oficina de família, aulas de consagração, workshops, que é uma novidade para esse ano. Com a demanda da internet, dos cultos on-line, nós vimos a necessidade de compartilhar com os alunos um pouco do conhecimento nessa área. E com isso, dar um suporte as igrejas. Temas como: mídia, redes sociais, transmissão de culto, filmagem, sonoplastia, edição… Vamos ter instruções relacionadas a tudo isso. O pessoal da comunicação do ministério está preparando aulas que irão ajudar muito os alunos. Teremos muitas instruções excelentes, muitas igrejas precisam aperfeiçoar o trabalho na área de comunicação. Esses workshops não são obrigatórios, mas certamente servirão muito aos ministros e eles levarão esse conhecimento para a igreja local.

PORTAL: Como será a aula de campo em 2021? Muitas expectativas já que em 2020 ela não foi realizada?

SYLVIA LIMA:  Teremos muitas programações esse ano e também a nossa famosa Aula de Campo, que acontecerá em Agosto. Ano passado, por causa da pandemia, não fizemos, mas cremos que tudo está sendo normalizado, teremos aulas edificantes e com certeza será precioso. Sobre a aula de campo de 2020 que não foi realizada será feita esse ano. Ela não será obrigatória, mas desejamos de coração que os nossos alunos cultivem o desejo de participar da aula e permaneçam com esse desejo para 2021. Essa aula de campo é um marco, um divisor de águas, essas aulas abrem a visão quanto ao cumprimento do chamado.  É ver na prática o que aprendem em sala de aula. Desejo receber os graduados de 2020 em nossa aula de campo. Se organize e prepare-se!

PORTAL: 2021 é marcante para a Escola de Ministros. São 20 anos da EMR. Esse será um ano de comemorações?

SYLVIA LIMA: Ao longo desses 20 anos graduamos 7.793 pessoas. Começamos em 2001. Até 2006 tínhamos apenas a unidade sede de Campina Grande. A partir de 2007 nós começamos a trabalhar com a primeira escola itinerante em Recife (PE). No segundo ano de escolas itinerantes tivemos em Pinheiros (SP). Já no terceiro ano tivemos em Aracaju (SE). Depois do terceiro ano, começamos a expandir abrindo mais de uma uma unidade itinerante. Chegamos a ter 6 escolas itinerantes funcionando simultaneamente no mesmo ano. Cinco itinerantes e a escola sede em Campina Grande.

Têm sido desafiador, emocionante, poderoso e quero dizer que eu estou pronta para os próximos 20 anos, mas creio que nem vai mais dar tempo, porque Jesus vai voltar antes. A missão de estar trabalhando nessa escola me traz a lembrança a responsabilidade que nós temos de espalhar a Palavra. A minha oração é: Senhor, move pessoas desejosas de todos os cantos e as traga com todo o coração, desejo que Deus traga muitas pessoas porque nós temos um propósito e uma visão a cumprir.

Ouça o áudio dessa resposta completa clicando abaixo!

IMPORTANTE

As Pré-Inscrições On-line estão abertas até do dia 31 de janeiro e as pré- inscrições presenciais estarão abertas até o último dia do Acampamento na Igreja Sede em fevereiro. 

Os alunos que já fizerem as pré-inscrições e forem aprovados, já podem se matricular!

1 COMENTÁRIO

  1. Mulher de Deus admirável, um exemplo de caráter, diligencia, fé, amor e compromisso com a obra de Deus!!!

    Sempre sou muito abençoado pela vida dela e também com as ministrações!!

    Amamos a sra!!!!

DEIXE UMA RESPOSTA