ENTREVISTA: Nativa fala sobre avanço do cristianismo no Cazaquistão

Postado em
1

CONHEÇA O CAZAQUISTÃO

De acordo com o Missão Portas Abertas (Organização que apoia cristãos perseguidos) o Cazaquistão está na Lista Mundial de Perseguição (LMP) de 2020, ocupando o 35º lugar. No ano de 2019, o país estava na 34ª posição. Para essa instituição, houve um pequeno aumento de pressão social, acontecendo dentro da esfera familiar, comunidades, nação e igrejas, se percebendo uma deterioração da situação dos cristãos no Cazaquistão. 

O site Joshua Project, relata que 52% da população professa o islamismo como religião, 32,5% se identificam como não religiosos, e 14,8% como cristãos. A respeito da liberdade religiosa, o governo do país tem procurado aumentar o controle sobre a sociedade, realizando mais vigilância, ataques a reuniões e prisão de cristãos. Por meio da ameaça do islamismo radical o governo restringe mais e mais esferas da vida.

“O Cazaquistão é um país situado na Ásia, tendo se tornado independente em 1991. O país fez parte da União Soviética. O idioma oficial é o cazaque, mas devido a influência da União Soviética no período da Guerra Fria, a maioria de seus cidadãos também falam russo. O país ainda traz uma variedade étnica, com tártaros, uzbeques, bashkires, uigures e ucranianos”. (Fonte: Internet)

Com o intuito de conhecer melhor sobre a realidade dos cristãos, no Cazaquistão, fizemos uma entrevista com Maria, uma cristã natural dessa nação. Vamos usar um nome fictício para preservar sua identidade.

Confira na entrevista: 

Quando você se converteu ao cristianismo?

 Eu nasci em um lar cristão e fui criada por minha avó que se tornou cristã em 1996.

Como foi para a sua avó decidir tornar-se cristã na época?

A minha avó frequentava os cultos da igreja, no domingo, de maneira escondida do seu esposo. Ela temia que se ele descobrisse a colocaria para fora de casa.

Ela decidiu por Cristo quando meu irmão, ao nascer, tinha problemas de saúde, e uma cristã lhe falou que apenas Jesus era a solução. No começo, ela pensava que não ia funcionar muito. Mas depois, ao ver que Jesus curou meu irmão, ela decidiu ter um compromisso sério com a Palavra de Deus.

Qual era a religião da sua família anteriormente?

Minha família seguia uma tradição de culto aos antepassados. Mas, às vezes, eles costumavam contactar alguém de uma mesquita que pudesse ler uma oração muçulmana.

Qual a religião predominante em seu país?

A maioria das pessoas do país é muçulmana. O discurso oficial do governo é de respeito a todas as religiões, mas a religião dominante é a muçulmana.

O que acontece se você declara que é cristão no Cazaquistão?

A perseguição não será oficial, de colocar na prisão, mas sim de assédio moral, ou não tratar muito bem. Não ser aceito em alguns lugares. É possível que não se consiga emprego. Mas, existem pessoas que respeitam, contudo não querem se aproximar do cristão. A maioria não quer conviver ou se aproximar dos cristãos.

É permitido orar ou pregar o Evangelho nas ruas?

Sim, por lei é permitido, mas culturalmente não é muito aceito. Primeiramente, você precisa abordar, explicar quem é você, se você chegar e falar que deseja orar em nome de Jesus, as pessoas não vão aceitar. É preciso ser mais comedido, por questões culturais, respeitando o espaço dos demais.

O grupo de jovens da igreja já realizou um culto convidando amigos não cristãos, mas sem tentar envolver pessoas que não faziam parte daquele evento.

O preconceito maior também está entre os mais idosos, porque eles acreditam que o cristianismo é uma religião trazida pela Rússia, pela Igreja Ortodoxa. Pois, o país foi massivamente ocupado por russos durante o período da União Soviética e, por esse motivo, rejeitam Cristo porque entendem que ele representa a cultura que tenta oprimir a sua.

Se algum cazaquistanês, com traços físicos do Cazaquistão, fala que é cristão, eles acham que essa pessoa está rejeitando a própria cultura.

Na sua percepção, existem mais muçulmanos ou cristãos no seu país atualmente?

Existem mais muçulmanos, porque os jovens estão mais interessados em ir às mesquitas, praticar as orações, antes, embora fossem muçulmanos, não praticavam.

Ore pelo Cazaquistão por (fonte: Prayercast):

– Orar para que os cristãos do Cazaquistão evangelizem imigrantes da Ásia Central que cheguem ao seu país.

– Orar para que famílias possam conhecer a esperança que têm em Cristo e serem libertas das práticas religiosas de sua nação. 

– Orar para que líderes sejam levantados e bem treinados nessa nação.

1 COMENTÁRIO

  1. Nossa, que matéria maravilhosa! Por estarmos num país, graças a Deus, de livre circulação e propagação de cristãos e da Palavra de Deus as vezes não temos dimensão do que irmãos nosso passam em países em contexto opressor ao cristianismo. ORAÇÃO: Que essas famílias cristãs povoem esse país com filhos cheios do Espírito Santo, que missionários da Palavra de Deus cheguem aquela nação pregando o evangelho, que autoridades políticas facilitem a aceitação do cristianismo, que empresas com donos cristãos prosperem ao ponto de alcançar aqueles que ainda não receberam cristo, que aqueles que se converterem sejam guiados pelo Espírito de Deus a alcançar multidões, em Nome de Jesus!!!

Deixe uma resposta para Cleison Pereira Negreiros Cancelar resposta