Chegou o mês de agosto e com ele um dia muito esperado para o nosso Ministério: o Dia Verbo da Vida de Missões. Esse dia foi marcado para celebrarmos a história do início do Verbo da Vida com a chegada do Ap. Bud e Jan Wright no Brasil, em 1983. Desde essa data, Deus tem feito grandes coisas no nosso país e no mundo, muitas pessoas estão sendo alcançadas a partir da obediência desse casal.

Por isso, para que você conheça um pouco mais como tudo começou, iniciamos hoje uma série de matérias especiais durante este mês. A cada sexta-feira, você vai ver fotos, fatos e história sobre a visão missionária do Verbo da Vida. Abaixo, confira a primeira matéria da série falando sobre a I Conferência de Missões

TUDO COMEÇOU EM “USHUAIA”
Talvez, você nunca tenha ouvido, lido, pronunciado… Realmente, o nome é diferente, curioso para alguns, estranho para outros, mas inspirador para o Ministério Verbo da Vida. A cidade que fica no extremo-sul do continente americano, na patagônia argentina, está no plano de alcance dado para a igreja: levar o evangelho aos confins da terra. Ushuaia entrou no coração missionário do nosso ministério em 1999, e este é o tema do Dia Verbo da Vida de Missões 2020.

Há mais de duas décadas, Simon Potter trouxe a localização do “fim do mundo” durante uma de suas ministrações na I Conferência de Missões Verbo da Vida em Campina Grande. Ushuaia foi a porta de entrada para um mundo de possibilidades, um mundo não alcançado. Até mesmo a palavra “missionário” não era compreendida para as pessoas que iniciaram o ministério.

“Eu já tinha algumas coisas despertadas no meu coração, só que eu não sabia sobre missões. Até hoje aquelas ministrações marcaram minha vida e a vida desse ministério. (Suellen Emery)

Até aquele momento, poucos cultos com a temática de missões tinham sido realizados na igreja, muito menos com um missionário que estava em campo. Por conta disso, a expectativa era grande quando foi divulgado que viria um missionário inglês que eles tinham conhecido na Conferência de Ministros, em Natal (RN), meses antes.   

“Quando a gente conheceu Simon, ele era aquele viajante, era um missionário que já tinha visitado vários países, já tinha ensinado em algumas escolas. Ele tem experiência em alguns países e que são perseguidos. Eu lembro que ele contava cada história e a gente ficava sonhando com esses momentos, que nós pudéssemos experimentar.” (Suellen Emery)

Os ensinamentos trazidos sobre missões se baseiam em Atos 1.8, quando Jesus subiu deixando o mandamento do ide para a igreja. O missionário britânico Simon Potter começou a ter a revelação deste versículo, não lendo a Bíblia, mas assistindo à televisão. Ele acompanhava um documentário sobre uma fábrica de refrigerantes que tinha chegado ao fim do mundo, em Ushuaia, antes mesmo da igreja. Anos depois, surgiu no coração dele o desejo de fazer alguma coisa. 

I CONFERÊNCIA DE MISSÕES – 1999

Simon ministrou em todos os dias da Conferência: 4,5 e 6 de setembro daquele ano. Cada um dos dias, ele trazia um despertar criativo de como era missões, de como fazer missões. Relatos de quem participou contam que o inglês mexeu com a igreja de uma forma impactante.

“Foi um boom missionário, algo inovador, surpreendente, despertador… foi fantástico.”
(Jadeilton Almeida)

A unção que estava na vida de Simon, naqueles dias, afetou a vida de quem participou e não foram poucas pessoas. O espaço ficou lotado! Os diáconos precisaram colocar cadeiras extras e, mesmo assim, não tinha mais espaço para as pessoas sentarem. Momentos que ficaram na memória e pavimentaram o futuro missionário de muitos.

“Eu recordo que ele pediu para pessoas que tinham algo no seu coração, com relação a missões, ficarem de pé. Eu sabia que precisava ficar de pé, mas naquela hora eu fiquei nervosa… Eu disse: Pai, eu estou sentada, mas por dentro eu estou de pé.”
(Suênia Emery)

LEGADO
As transcrições daquelas ministrações viraram livro, em 2018, pela Editora Rhema Brasil Publicações: “Ushuaia, até os confins da terra“. Os ensinamentos e paralelos sobre missões incentivam a sair do lugar, da zona de conforto da igreja local, do idioma e ir para outro lugar, outra cultura. É o que o Verbo da Vida tem feito: estamos indo, o nosso chamado é para os confins da terra. Começamos na América do Sul, mas estamos indo para todas as nações e no próximo dia 30 de agosto todas as igrejas Verbo da Vida estarão juntas no Dia Verbo da Vida de Missões.    

“Eu vejo a importância de trazer, constantemente, essa visão diante da igreja. Eu vejo neste dia, a oportunidade de expor ao mundo o coração de Deus. Eu estou com a expectativa grande.” (Simon Potter)

DATA
O Dia Verbo da Vida de Missões é celebrado, anualmente, no último final de semana de agosto, data aproximada da chegada do Ap. Bud e Mama Jan no Brasil. A cada ano, além de retratar essa história, um tema distinto sobre este legado missionário recebe enfoque. Em 2020, o tema é “Ushuaia”, com a missão de levar o evangelho até os confins da terra.

Clique aqui e saiba mais sobre o Dia Verbo da Vida de Missões 2020.

13 COMENTÁRIOS

  1. […] Desde 2009, ano no qual o Ap. Bud recebeu uma palavra do Senhor de que o Verbo da Vida iria para todas as nações, o desejo e a direção da nossa liderança  tem sido alcançar até todos os povos, até os “confins da terra“. Foi por esta razão, que o tema escolhido para este ano foi “Ushuaia“. (Saiba mais sobre o tema clicando aqui). […]

  2. Gloria a Deus por essa visão alcançando o mundo, nosso ministerio fincará a bandeira em todos os lugares do mundo, onde houver vidas o senhor levantara homens e mulheres de Deus que ingressaram no chamado para alcançar os povos linguas e naçoes. Nosso ministerio e fruto de um casal que renunciaram suas vidas para se dedicar ao ministério da Palavra. Hoje o manto apostolico que estava na vida do apostolo Bud, esta sobre a vida do nosso apostolo Guto, homem de Deus, e esta sobre muiitos ministros do nosso ministerio tais como: Humberto, Joselito , Edilson de Lira, Edimilson Nunes, Pastor Janduir, Darrem, Marcelo Carvalho, Elieser Rodrigues. Vejo que nesse dia de Missões essa tocha vai contagiar muitos ministro para avançar cada vez mais com essa visão

  3. Esse dia é um dia de muita alegria para nós que fazemos parte dessa familia, temos gratidão em nosso coração por essa visão, e pela vida do apostolo guto, Mama Jan, que juntamente com a diretoria tem honrado o legado deixado pelo nosso apostolo Bud, um grande homem de Deus , que o espirito do senhor venha sobre cada ministro, cada pastor, cada professor, para cada integrante desse ministério, com a visão de mundo. Eu sei que na sua partida o seu manto apostólico veio sobre muitos ministros do nosso ministério, que honraram a vida daquele homem. Já está sobre o nosso Apostolo Guto e veio, sobre humberto, sobre Darren, sobre Edilson Lira, sobre Elieser, sobre Janduir, sobre Edmilson sobre Joselito e vai contagiar os demais com muita veemência, esse ministério fincará a bandeiro em cada lugar do mundo

  4. Gloria a Deus pelo Ministerio Verbo da Vida, o apostolo Bud levantou os sucessores que estão dando continuidade ao avanço da obra do senhor. Louvamos a Deus pela vida do nosso apostolo Guto juntamente com toda a diretoria, na continuidade desse legado, legado esse que levantará milhares e milhares de homens e mulheres que ingressaram na visão que Deus estabeleceu para esse ministério. Sou grato a Deus por essa visão está alcançando o Mundo.

  5. Quão formosos são, sobre os montes, os pés do que anuncia as boas novas, que faz ouvir a paz, do que anuncia o bem, que faz ouvir a salvação, do que diz a Sião: O teu Deus reina!

    Isaías 52:7

    É muito gratificante ver o engajamento de missionários que enfatizam o amor a palavra de Deus e o resgate de vidas, até os confins do mundo, como o Senhor nos ordenou.
    Fazemos parte de um ministério que nasceu de obediência, a uma visão pautada na palavra e no amor.
    Podemos ver o exemplo de nosso apóstolo Bud, deixando sua terra natal, sem idioma e sem o costume do país anfitrião, veio e mudou nossa história, seguimos adiante homens e mulheres sendo formados dia após dia, sendo encorajados, ousados e envolvidos com o IDE.
    Gratidão é a palavra que temos pela a vida do apóstolo Bud, Jan e por centenas de missionários que estão em diversos lugares do mundo, levando a palavra da fé.
    Somos filhos obedientes e continuaremos ouvindo e fazendo as mesmas coisas que o nosso Senhor nos comissionou.

DEIXE UMA RESPOSTA