Campina Grande-PB: Esposas de pastores participaram de reunião especial

Postado em
0

As esposas de pastores das igrejas em Campina Grande-PB e região se reuniram para um tempo precioso de comunhão e edificação na Igreja Verbo da Vida Sede. Na ocasião, Zuleica Messias esteve ministrando a Palavra.

Com instruções e conselhos preciosos ela falou sobre a importância de buscar sabedoria na fonte que é Deus:

Veja trechos da mensagem:

“Servindo sem perder a essência. A mulher é sempre muito ocupada e esposa de pastor ainda mais, porque além das atividades normais cuida de um povo. Mulheres, lembre-se de que nunca deixamos de ser ovelhas, independente de tempo de ministério, somos ovelhas, e com grande poder de influência sobre o rebanho.

Observe, por exemplo, que se a esposa do pastor faz mechas, muda o corte do cabelo, um monte de mulheres na igreja faz a mesma coisa. Mesmo sem querer temos esse poder. O nosso comportamento também tem essa influência. Costumo dizer para os ministros: ‘Bem vindo a vitrine!’

As pessoas esperam muito de nós e sempre estamos muito ocupadas. No meio dessa realidade temos que ter cuidado para não perder a essência do nosso chamado.

Qual é a essência? Aquilo que temos no coração no início de tudo.

Jesus chamou para si, os que Ele queria.

Precisamos continuar servindo sem perder a essência. Como estou hoje? Eu vou para o culto por quê? Porquê amo ao Senhor ou porquê tenho escalas a cumprir? O que me motiva a ir?

As coisas são sutis e, às vezes, trocamos o amor pela responsabilidade. Eu amo ao Senhor, eu amo congregar, amo servir aos meus irmãos. Mas, o tempo pode mudar muita coisa, mas não devemos mudar o nosso coração. Sempre estou me avaliando.

Ao ler a Bíblia vemos que Calebe se manteve 45 anos com entusiasmo e fervor.

O que nos mantém é o amor que sentimos pelo Senhor. Por causa das pessoas podemos desanimar, mas o entusiasmo, a garra, o fervor só mantemos, se estivermos ligados a fonte, como os eletrônicos.

Às vezes, esquecemos de nos carregar, com oração e comunhão com o Senhor.

O que impressiona Jesus o nosso pastor não é o que estamos fazendo, mas COMO estamos fazendo. Precisamos saber, nunca esquecer, que Tudo com Deus passa pelo coração e não pela casca, pela aparência.

Precisamos entender que tem um desânimo que é com o tempo, naquele lugar que chegou nosso tempo lá e um desânimo que é a bateria descarregada. Tem gente que não quer soltar algumas coisas e o tempo chega e vem o desânimo. Na oração, nossas baterias são carregadas. Na oração as baterias não acabam. Tudo que uma pessoa desmotivada quer é uma desculpa. A nossa garra e o nosso amor ao Senhor influencia as outras pessoas. Nunca esqueça, tudo com Deus passa pelo coração”.

Em sua ministração, Zuleica Messias pediu que as esposas de pastores dissessem há quanto tempo estavam no ministério com seu esposo e ressaltou que, com o tempo, o desânimo pode surgir, mas que elas deveriam se fortalecer no Senhor para seguirem sua caminhada.

A reunião foi encerrada com um tempo de comunhão entre elas e um delicioso lanche servido no final.

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA