Texto: Dione Alexsandra

Certa vez, ouvi algo que me marcou: “Gratidão é a memória do coração…”

Permitam-me fugir do normal, assinando essa matéria. Por se tratar de uma experiência empírica a ser contada. Eu tive a honra e a grande oportunidade de participar de todas as 19 edições da Conferências de Mulheres, desde 1998, quando a primeira foi realizada na Federação das Indústrias do Estado da Paraíba (FIEP), sob a  coordenação de Jannayna Albuquerque que ousou começar esse evento com 300 mulheres participando. Lembro que nesse primeiro evento Jan Wright, Jannayna Albuquerque, Sayonara Delorve e Marizete Garcia ministraram palavras tremendas.

Sabemos que grande parte dos membros das igrejas é constituída por mulheres e elas não se contentam apenas em congregar, mas são extremamente atuantes nos departamentos da igreja local. Por vezes, são incansáveis nas atividades profissionais, do lar e ainda no ministério. Essas conferências promovem edificação, descobrem e levantam chamados na vida dessas mulheres e com isso, todos são abençoados.

Em uma de nossas edições, a Conferência Nacional de Mulheres teve a presença da querida Celinha Batista, ex Fat Family e até hoje mantemos contato. Aproveitei que estava fazendo essa matéria especial e entrei em contato com ela que prontamente deixou um recadinho especial:

O tempo passou e a Conferência cresceu muito adquirindo estrutura e porte ao ponto de se tornar um dos maiores eventos do Ministério Verbo da Vida, conseguindo reunir mais de 4 mil mulheres. Consolidado e aos cuidados da coordenação feminina daqui do Ministério, assumindo e dando um importante suporte, o evento que – ao longo desses anos salvou, ensinou, exortou e aconselhou – já ergueu muitas mulheres com cura através de palavras específicas. É muito precioso reunir mulheres no mesmo lugar, pois existem unções a serem compartilhadas só com elas.

Nessa notícia tratarei, especificamente, das edições de 2009 a 2013. Trazendo informações sobre as preletoras, alguns momentos marcantes e curiosidades. Além de imagens dos melhores momentos. 

Jannayna Albuquerque expressou um pouco de sua gratidão pelo crescimento da Conferência Nacional de Mulheres Verbo da Vida

 

2009

Nessa Conferência já se via o aumento do público e contou com muito mais mulheres envolvidas, seja como conferencistas ou equipe de trabalho. Durante os três dias, teve manifestações do Espírito, muito ensino e libertação na vida das participantes. Mais de mil mulheres participaram mostrando o crescimento e avanço da visão que é alcançar mulheres de todo o Brasil.

Na oportunidade, Jan Wright, Elia Nicholas, Vânia Ramiro e Vânia Nascimento ministraram a Palavra de Deus. Cada uma com suas particularidades mostraram quanto essas mulheres são amadas do Pai.

CURIOSIDADE 
Em uma das edições da Conferência de Mulheres, a líder de louvor da Igreja Verbo da Vida Sede em Campina Grande, Cristiane Stephanie, compôs uma canção especial para as Mulheres, a canção é “Edificadoras” que fez parte do seu CD “Sou da fé”

Abaixo veja um vídeo e relembre a música:

TESTEMUNHO 
Cristiane Stefani (ministra de música)

“A primeira conferência de mulheres aconteceu na FIEP e eu estava lá. Sim, cumprindo meu ministério de socorros junto com os irmãos Francisco Brasileiro, ( Brasil) , tecladista e Patricia Alves. Eu nem tinha dimensão do que já aconteceria naquele evento que era da igreja Sede.

Tudo estava meticulosamente organizado, na proporção do que se tinha disponível para se usar naquele momento: seleção de músicas, músicos, ministros, local…uma grande valorização por parte da organização de Jannayna Albuquerque para que se fizessem muitos registros com fotos. Era um marco inicial merecia um registro consistente, mas nem todos sabíamos disso e eu era uma delas. Até que com o passar dos anos o evento, que na verdade se tornou um vento de Deus sobre as mulheres começou a soprar sobre mim, me ensinando a ministrar canções com um olhar de misericórdia sobre as mulheres, ate que em 2003 veio a letra da musica Edificadoras.

Certo dia, Deus me falou: “Quem edifica sempre o faz debaixo de muita adversidade. Precisa ser forte, resistência porque sempre haverá o calor do sol para fadigar e força do vento pra nos deixar instável. Observo que de forma natural, hoje em nossa cidade, existem muitas edificações. Próximo ao local que moro há várias, mas uma em especial requereu vários anos e muito investimento, para que até então estivesse pronta e linda, quase um cartão postal da cidade! Assim é a vida de todas nós, Edificadoras, que ao longo desses anos tivemos nosso caráter forjado por Deus na Conferência de Mulheres Verbo da Vida. Temos nos trabalhado em Deus, para que Ele, Ele mesmo tenha um lindo “Edifício” (Famílias) para exibir diante de todos homens!”

2010

Nesta conferência Jan Wright, Jeanie Steadman, Rossana Lira, Lucia Veras, Vânia Nascimento. As solteiras foram edificadas através das ministrações de Jeanie Steadman, Rossana Lira.

Nessa edição as mulheres receberam palavras específicas e certamente as que ousaram crer e dá passos de fé, estão colhendo hoje bons frutos dessas sementes plantadas há quase 10 anos. 

2011

Milhares de mulheres de várias partes do Brasil estiveram presentes na Conferência de 2011 e lotaram a Igreja Verbo da Vida Sede em Campina Grande (PB). Nessa edição as preletoras foram: Jan Wright, Jeanie Steadman , Jannayna Albuquerque, Rossana Lira e Shirla Lacerda que ministram palavras preciosas alcançando o coração das mulheres.

FATO MARCANTE: Esse foi certamente um ano diferente. Foi um marco para o Ministério Verbo da Vida, para a Igreja Sede e, em especial, para a família de Sylvia Lima, pois no dia 21 de outubro de 2011 seu esposo Gilson Lima partiu para estar com o Senhor. O velório aconteceu dentro do evento que parou para todas as mulheres participantes unirem-se a dor que a esposa e família sentiam naquele momento. Compaixão, saudade, mas certeza de salvação eram sentimentos presentes nesse dia. Gilson Lima, doou-se ao Ministério de maneira intensa e nos seus últimos anos de vida, ainda mais intenso. Sylvia Lima, coordenadora do evento, recebeu apoio, carinho e conforto em um momento de dor e perda. Vimos a humanidade exposta diante de nós e uma certeza: Gilson estava em um lugar muito melhor.

Foi um ano inesquecível para todos nós, equipes de trabalho, caravanas de várias cidades e liderança do Ministério. Usufruímos da graça de Deus e vimos como Deus nos ama e se importa conosco. O evento seguiu até o domingo com Deus se mostrando forte no dia difícil. Podendo provar para aquelas mulheres que Ele é um Pai presente em todos os momentos da nossa vida.

2012

Pela primeira vez, a Conferência teve Sâmia Rocha e Neuza Chaves como preletoras. O chamado profético teve um espaço durante as pregações aconselhando, exortando e consolando as milhares de mulheres que decidiram dedicar três dias para serem influenciadas com essa unção. Além delas, Jan Wright, Jannayna Albuquerque ministraram no evento trazendo conselhos preciosos para muitas que atuam de forma direta no ministério auxiliando seu esposo nas igrejas pelo Brasil.

Inovamos com entrevistas e você pode conferir um vídeo especial feito no evento dos melhores momentos:

2013

Em 2013, Jan Wright, Sylvia Lima, Wagneide Menezes, Vânia Nascimento se revezaram nas ministrações impactantes, alcançando as mulheres em suas necessidades e muitas ainda lembram de cada palavra recebida naquele ano. Mais uma vez a unção profética teve importantes momentos com palavras especificas que certamente salvaram a vida de muitas dessas mulheres que se dedicam e juntam valores para investir nesse evento anualmente.

O evento tomou proporções tão grandes que as igrejas locais abraçaram a visão e hoje realizam suas conferências de mulheres locais, sempre buscando a excelência que é uma marca do evento. 

CURIOSIDADE: Ministrações Marcantes
Algumas ministrações marcantes estão até hoje na mente das mulheres que foram influenciadas e impactadas com essa Palavra. Quem não lembra da inspiração de Vânia Nascimento com a mensagem  “Armadas e perigosas”?  Não conhece? Pergunta a alguma mulher que esteve nessas edições. Deus foi preciso nas palavras através delas. Após os cultos realizamos entrevistas com as preletoras. Confira as entrevistas:

FATO MARCANTE: O poder do abraço 
Já sabemos que em uma de nossas Conferências, Mama Jan, em sua ministração, contou uma experiência sobre o poder do abraço e, logo em seguida, chamou mulheres que precisavam ser abraçadas. Logo, uma multidão se formou para receber esse abraço acolhedor, sabemos o poder do abraço e por mais de uma hora foi isso que vimos no templo da Igreja Sede. Esse episódio foi destaque na primeira matéria especial do portal publicada semanas atrás e hoje trago na íntegra o depoimento de Mama Jan falando desse momento:

“O abraço é algo que transmite o amor de Deus. Deus é amor e o amor quer nos pegar. Eu tive uma experiência marcante em 1980, logo depois de receber o batismo no Espírito Santo. Eu estava dentro de um ônibus e tive um momento inesquecível com o Senhor, enquanto viajava. Lembro que falei o nome de Jesus, levantei as minhas mãos. Depois disso, não me lembro de mais nada. Foi uma viagem de uma hora e meia e eu não consigo lembrar desse percurso. Quando a gente chegou no estacionamento da igreja, eu senti que estava sentada nos braços do Pai e o amor d’Ele estava me alcançando. Foi Ele quem me ungiu para abraçar outras mulheres. Especialmente nas Conferências, quando abraço as mulheres, sinto aquele mesmo amor que senti quando Ele me abraçou. Aquilo mudou a minha vida e sei que liberta muitas mulheres que precisam. Algumas falam ‘obrigada Senhor”, outras caem por causa do poder de Deus e até eu já caí com elas (risos). É um abraço que acolhe, cuida e protege. É de Deus, por isso, funciona!” disse Mama Jan.

Enquanto fazia a matéria, entrei em contato com Sâmia Rocha que hoje reside em Portugal e ela nos enviou um depoimento sobre os 20 anos da Conferência

Estamos em 2019 e esse ano a Conferência Nacional de Mulheres completa 20 anos de atuação em Campina Grand (PB).

Você é nossa convidada especial. A nossa querida Zuleica Messias tem uma mensagem especial para você:

 

CHEGOU A SUA VEZ!

Se você já participou de alguma dessas edições da Conferência Nacional de Mulheres e tem algo marcante para nos contar, escreva abaixo nos comentários. Queremos saber de suas experiências no evento.

 

Saiba mais informações sobre a realização da Conferência de Mulheres de 2019 clicando aqui.

Acompanhe o especial “Conferência de Mulheres 20 anos – duas décadas, muitas histórias”, clicando abaixo:

ESPECIAL: Conferência de Mulheres nos primeiros cinco anos vai além de números

ESPECIAL: Variedade temática da Conferência é um de seus diferenciais

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA