A Conferência Nacional de Homens Verbo da Vida 2018 teve continuidade na noite deste Sábado, no Centro de Convenções do Garden Hotel, em Campina Grande-PB.

Durante a tradicional “apresentação de caravanas”, os mais de mil homens presentes, vindos de várias partes do Brasil, celebraram bastante quando o nome de sua cidade era chamado pelo pastor Ricardo Nascimento, coordenador do evento. Várias caravanas também estavam com camisas personalizadas.

Na mensagem da noite, o pastor Jorge Bizoni ministrou sobre saúde, falando da importância dos homens preservarem o corpo físico, para que possam viver bem e terem longevidade sobre a terra. “Deus não quer que morramos cedo”, disse ele.

Com algumas exortações duras, mas bastante sábias e sempre baseadas na Palavra de Deus, Jorge conscientizou os conferencistas acerca da necessidade de ter bons hábitos e disciplina pessoal. Ele abordou três pontos necessários para uma vida saudável: Atividades físicas, boa alimentação e tempo para descanso.

Clique aqui para ler o resumo desta mensagem

No fim, ele orou por homens que foram à frente, atendendo o seu convite, assumindo que precisavam de ajuda, mas que desejavam uma mudança radical nessa área. “Existe uma graça para lhe ajudar. A unção pode facilitar esse processo. Você só precisa querer e fazer a sua parte, tomando as decisões certas”, disse o pastor.

ORDEM E PROGRESSO

Depois da mensagem, o Ap. Guto Emery tomou a palavra para fazer algo que estava como direção divina em seu coração. Ele expressou que nos últimos dias tem recaído sobre ele um clamor pela nação brasileira, e naquele momento estava apenas com vontade de chorar e interceder.

Todos se uniram a ele, em um grande clamor pela nação brasileira. Gemidos inexpremíveis, choros e risos eram ouvidos, os homens se entregaram ao Espírito em profunda intercessão. No fim, o apóstolo Guto começou a bradar: “Ordem e Progresso”. E profetizou: “Em 2019, começará um novo tempo em nossa nação, principalmente no cenário político, no qual as palavras na nossa bandeira serão uma realidade”.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA