Instruções e exortações marcaram a manhã deste domingo no Acampamento 2018

Postado em
0
535

O Acampamento nesse domingo começou com um tempo precioso de oração liderado pelo líder dos jovens, Welder Mendonça, juntamente com muitos irmãos que logo cedo estavam no templo. Em oração, eles geraram uma atmosfera de louvor, adoração e instrução para esses dias. O louvor foi liderado por Anderson Leal e o grupo da Igreja Verbo da Vida do Cruzeiro. O culto foi dirigido por Manoel Dias.

A primeira ministração da manhã foi de Guto Emery que instruiu a todos com muitos conselhos e exortações trazendo uma consciência de temor ao Senhor, sejam em palavras, pensamentos ou ações.

Veja trechos da ministração:

“Existe em Deus uma força maior para que você faça a sua  vontade. O diabo não é mais poderoso do que Deus. Essa intimidação que o diabo joga em sua mente, provoca um receio em seu coração.  

Não é normal um crente ficar frio na medida que o tempo passa. Eu conheço alguns crentes que eram firmes e influentes na palavra e esfriaram de tal forma que hoje sequer vem a igreja.

Precisamos entender que a nossa carne não determina o que devemos fazer, somos nós quem determinamos o que ela deve fazer. Lembre-se de que você precisa ser seletivo nas amizades que tem, nós livros que lê e nos lugares que vai. Seja seletivo com aquilo que será um alimento para a sua vida espiritual. Irmão, lembra que o Diabo não gosta de você, ele fará de tudo para lhe resistir e, por vezes, ele usará pessoas para isso.

Guto relatou várias experiências do tempo que esteve ao lado do pastor Bud e de como o apóstolo o provocou a crescer em Deus. “Muitas vezes eu viajei com o pastor Bud apenas para acompanhá-lo, mas na hora do culto ele dizia: “você vai pregar!” Como essas experiências me ajudaram…” disse ele.

Encerrando sua pregação, como  um pai aconselha seus filhos, ele advertiu sobre tagarelice: “se você não faz parte do problema e nem da solução, não precisa falar nada. Fique calado e isso o protegerá.”

Clique aqui e leia a mensagem

Após o intervalo Simon Potter ministrou mais uma palavra poderosa sobre sinais e prodígios. Ele começou sua pregação exaltando o Nome de Jesus.

Ele destacou: “Na mensagem do primeiro dia falei de “quebrar a caixa”, mas hoje quero falar sobre “quebrar o queixo”. Avivamento vai quebrar queixo, porque Deus fará maravilhas.”

Veja trechos da ministração:

“Deus de maravilhas quer fazer algo novo e diferente e quando isso acontecer vai causar um impacto semelhante a uma bomba e vai quebrar o queixo de algumas pessoas. O avivamento quebra queixo porque é algo fora do comum, Deus gosta de “perturbar” a nossa rotina. Desde o início da Bíblia até o fim nosso Deus tem prazer em quebrar queixo. Vamos ter cuidado para não tratar as coisas santas como coisas comuns.” Disse Simon.

Ele falou sobre a diferença entre sinais e prodígios, dizendo: “Um sinal está apontando, mostrando algo. Jesus fez sinais, Ele mostrou que era o Messias com sinais. Mas também temos prodígios. Um prodígio vem para espantar, é uma maravilha que vem para sacudir, assustar. Às vezes, pensamos: qual o propósito de um dente de ouro? Podemos entender que Deus faz prodígios e sinais, essas coisas vão pegar a atenção do mundo. Estamos vivendo em um tempo de filmes sensacionalistas com super heróis, poderes, mas de certa forma, chegou a uma banalidade no mundo coisas maravilhosas, mas Deus ainda sabe como assustar o mundo, Ele sabe fazer coisas fora do comum e do padrão. Vamos nos preparar para o quebra queixo de Deus, é muito doce. A grandeza e o poder de Deus quebra o queixo de muitas pessoas.”

Simon Potter disse: “Esse avivamento vai bagunçar os nossos planos, nosso tempo, é algo que vai mexer com a nossa incredulidade e nossa timidez”.

O culto foi encerrando com um tempo de louvor e celebração ao Senhor.

O Acampamento segue à noite com culto começando as 19.30 horas

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA