Irmãos foram edificados “Sobre a Rocha” em Mesquita-RJ

Postado em
2
973

A Igreja Verbo da Vida em Mesquita-RJ realizou o evento “Sobre a Rocha Edificando o Corpo de Cristo“, contando com a presença de Jannayna Albuquerque, como preletora.

Durante o evento, as mulheres tiveram um tempo especial separado só pra elas com o “Entre Mulheres”, elas desfrutarem de um tempo de comunhão e ouviram uma mensagem especifica pra elas através da irmã Jannayna.

E no domingo pela manhã, uma mesa redonda especial com a liderança da local. Momento no qual os irmãos ouviram da experiência da Jannayna como líder ao lado do seu marido, Pr. João Roberto, no Verbo da Vida sede em Campina Grande-PB como também a frente do Rhema.

ABERTURA

Na abertura, Jannayna trouxe uma mensagem baseando-se no texto bíblico de João 9.1-39, que fala sobre o homem cego de nascença que teve seus olhos abertos por Jesus. 

Ela afirmou que a Bíblia diz que tudo o que Deus é se revelou em Jesus, no período que Ele passou em exercício, que foi três anos e meio Ele teve que expressar o Pai em todas as coisas. Ele e o Pai são um, então o que Jesus manifestou era o que o Pai manifestava. 

ENTRE MULHERES

O “Entre Mulheres”, começou com um maravilhoso café da manhã. Seguindo, Jannayna pregou a Palavra com base no texto bíblico de Lucas 10.38-42. Ela citou alguns princípios e orientações de Jesus e, o que aconteceu com Marta e sua irmã Maria.

“Se Marta naquela época, mais de dois mil anos atrás, ela estava lotada de coisa, o que Jesus diria pra uma Marta de hoje? Pense sobre isso, ela só estava fazendo algo correto. Mas, é exatamente como acontece com a gente hoje. Marta ficou reclamando por estar trabalhando sozinha. Precisamos tomar cuidado com o que a gente deixa sair da nossa boca no momento da ira. Porque existe uma autoridade espiritual dos pais sobre os filhos, nós não temos consciência disso, mas satanás tem”, disse ela.

SEGUNDO DIA

No segundo dia, à noite, Jannayna trouxe uma mensagem através de I Coríntios 14.10-11. Neste texto o apóstolo Paulo fala sobre as muitas vozes que existem no mundo. Ela alertou que todas essas vozes possuem significados e nós precisamos estar atentos para saber como proceder

“Paulo diz que há muitas vozes no mundo e nenhuma delas sem significado, sem uma razão, um motivo, ela não tá ali a toa. Quando ele diz que há muitos tipos de vozes, ele tá falando de tudo que fala a nós o dia todo. A roupa que a gente veste comunica alguma coisa.  O que acontece é que ignoramos o sentido da voz. Não seja tolo, tudo está falando e nada está falando com você por acaso”, disse ela.

TERCEIRO DIA

Pela manhã, aconteceu uma reunião extraordinária com a diretoria e líderes da igreja local. Toda a liderança da igreja local participou de uma mesa redonda para ouvir as experiências, orientações e tudo que o Senhor preparou para ser compartilhado através da ministra Jannayna Albuquerque.

Ela falou sobre suas experiências à frente do Rhema, incentivou a união da equipe, preservação da família pastoral e, unidade na visão e no serviço.

Ao fim da reunião, ela orou por toda liderança e deu instruções específicas da parte do Senhor, na sequência houve um almoço maravilhoso e todos desfrutaram de um agradável tempo de comunhão. 

ENCERRAMENTO

No encerramento do evento, Jannayna pregou a Palavra de Deus sob o texto de Salmos 91.

Ela exortou os irmãos a não tratar o Salmo 91 como um amuleto, ele sozinho, aberto ali não vai expulsar satanás da sua casa. Na verdade, a Palavra só é viva e eficaz quando sai da boca de alguém que sabe o que está dizendo.

“Às vezes a gente é supersticiosamente religioso, supersticiosamente crente. Às vezes, nos cansamos e gastamos a nossa saliva dizendo: ‘Nenhum mal me sucederá, nenhuma praga chegará a minha tenda, vão cair mil ao meu lado, dez mil a minha direita, mas eu não serei atingido’. Você precisa habitar no esconderijo do Altíssimo, aprenda a descansar na sombra do Onipotente, porque quem habita e conhece ao ponto de descansar pode dizer do Senhor: ‘Ele é meu refúgio, Ele é minha fortaleza, Ele é o meu Deus em quem eu confio'”, concluiu.

“Ter a Jannayna conosco foi  a colheita de confissões que fizemos há alguns anos. Foi a realização de um desejo do nosso coração mesmo. Amamos a Jannayna e honramos a unção que está sobre a vida dela.Como sempre recebemos da unção que honramos, o Verbo em Mesquita foi ainda mais edificado SOBRE A ROCHA e, recebeu muito da vida e ministério dela nesses dias. Recebemos como um presente do Senhor. Como bônus, ainda foi possível contar com sua ministração no nosso ‘Entre Mulheres'”, disse Josiane Bernardino, esposa do pastor Marcio Bernardino, líder da igreja local.

2 COMENTÁRIOS

  1. Mesquita nunca mais será a mesma, assim como essa palavra mudou a minha vida certamente que o impacto dessa palavra, contagiará esse povo. Deus é bom.

DEIXE UMA RESPOSTA