JPN 2020 cumpriu seu propósito: avivar chamados e cancelar as obras do diabo!

Postado em
0

Avivar milhares de jovens para “Cancelar as obras do diabo”. Este foi o propósito do Jovens Para as Nações 2020, ocorrido nos dias 24 e 25 de julho, em Campina Grande (PB). Em sua 13ª edição, o JPN foi realizado, pela primeira vez, nos formatos presencial e on-line. E mesmo com a capacidade da Igreja Verbo da Vida Sede reduzida, o evento conseguiu reunir e manter milhares de jovens conectados e focados para cumprirem seu chamado em Deus . 

 

Diferente de anos anteriores, em que caravanas, de várias partes do Brasil e de diversos países, vêm  para a Igreja Verbo da Vida Sede, em Campina Grande (PB), devido à pandemia, este ano, as caravanas foram virtuais. Jovens de várias igrejas se reuniram em seus templos e puderam assistir às ministrações, transmitidas ao vivo, pelo YouTube e Facebook

Cada culto, era antecedido por aqueles 30 minutos sagrados de oração, realizado com os jovens pela equipe do OreJPN“Este ano ainda não acabou, estamos começando esse evento em alto nível”, destacou o jovem Caio Alves, enquanto orava intensamente no Espírito. Júnior Chaves encerrou esse momento com uma oração de consagração por todos, pelas famílias e pelo evento: “Haverá um divisor de águas, antes e depois desses dias”.

Com a atmosfera pronta, Cinthya Miranda e o grupo de música envolveram  os jovens em um tempo precioso de entrega e adoração. Em seguida, uma peça teatral foi apresentada destacando o poder da internet através de uma live. Nela, o ator citou o livro de Perilo Borba “Deus curte. Eu compartilho”. Falou também do The Send mostrando que movimentos cristãos têm se levantado para influenciar as pessoas, fazendo a diferença, além de mencionar a compaixão pelas pessoas.

“Não permita que o medo permeie a sua mente, creia que tudo isso que está acontecendo está com os dias contados. Vamos crer em dias melhores. Vamos passar por tudo isso bem e sairemos sem sequelas.” disse ele.

Logo em seguida, o pastor Perilo Borba incentivou os jovens conectados a se envolverem intensamente com o evento. Ele destacou inúmeras cidades, no Brasil e em várias nações, onde outros jovens estavam participando do JPN através da internet. 

A primeira pregação foi realizada pelo pastor William Hinn, via internet, direto dos Estados Unidos. Ele começou falando sobre suas experiências com Deus. “Eu cresci na igreja, sou filho de pastor. Encontrei Jesus especificamente com 10 anos de idade e ali tive um encontro com o Senhor, entreguei a minha vida a Ele. No colegial, experimentei um pouco do mundo. Me envolvi com esportes e música. Nunca quis estar no ministério, disse aos meus pais que nunca seria um pastor, mas Deus tem seu jeito de estar no controle de todas as coisas. Vi milagres a minha vida toda”,  disse William Hinn.

William destacou: “Eu vi meu pai e meu tio pagando um preço pelo Evangelho. Se queremos ver um avivamento, isso terá um custo para a nossa vida. Antes mesmo de você nascer, Deus já o conhecia e Ele lhe deu um propósito. Eu encontrei o meu propósito quando parei de procurá-lo. A sua vida não é medida pelo que você faz, mas por quem você é”.

Clique aqui e leia mensagem completa.

Seguindo, Juliana Borba ministrou sobre os planos de Deus para os jovens. “Eu tenho no meu coração falar sobre o plano e propósito de Deus. Estou convencida de que o plano de Deus não está no piloto automático. Deus tem planos de paz para nós, mas se não fizermos nada, nada irá acontecer, simples assim.”

Ela destacou a importância da obediência, para que os planos e propósitos que Deus tem sejam realizados plenamente. “Eu quero ser a filha que agrada o coração de Deus, quero que Ele fale comigo apenas uma vez e obedecê-lO. Obediência é estar onde você talvez não queria estar, fazer o que talvez nem gostaria de fazer.” disse ela.

Clique aqui e leia mais da mensagem.

Assista também ao vídeo do evento completo:

 

SÁBADO MANHÃ

“Estamos cancelando ou estamos aceitando as obras do diabo?”. A pergunta do missionário Guilherme Ardilles levou os jovens para um profundo momento de reflexão. O pastor da Igreja Verbo da Vida em MontevideoUruguaiai, foi o primeiro preletor da manhã de sábado. Além dele, Perilo Borba, de Campina Grande (PB), e Sâmia Rocha, de Portugal, ministraram nessa manhã.

Mas antes, o OreJPN e o louvor de Euller Oliveira e Déborah Almeida preparam os jovens para receberem as mensagens de nossos ministros.

Assim, Guilherme Ardiles, que pregou via videoconferência, disse que encontrava dificuldade para achar como referência uma pessoa que não era jovem na Bíblia. Ele deu os exemplos de José, Davi, Daniel e Timóteo, que realizaram grandes feitos, mesmo sem o poder disponível para nós hoje.

Ele disse que essa força do jovem é a unção do Espírito cobrindo a sua vida, e não apenas a vitalidade da juventude. Guilherme destacou que “o Espírito é quem nos direciona a fazer coisas grandes para Deus”, baseando-se em I João 2.12-14.

“Como é que você vai cancelar as obras do diabo se você não colocar intensidade em descobrir quais obras cancelar. Que caminho seguir e por onde começar?”

Guilherme também fez um incentivo para realizarmos grandes obras. Segundo ele, servir na igreja é bênção, porém devemos atentar para o que está dentro de nós e para o nosso chamado. “O jovem que vai para nações tem um chamado para ir. O jovem que está aí na igreja local, tem um chamado para orar, para servir ao seu pastor, para realizar suas tarefas na igreja local.”

Leia mais esta mensagem aqui!

Ainda na manhã de sábado, houve a ministração do pastor Perilo Borba, coordenador de Comunicação do Ministério Verbo da Vida. De forma presencial, ele fez referência ao que o crente precisa ser nesta terra: luz do mundo, como diz em Mateus 5. “Todas as vezes que uma grande luz é vista, a voz de Deus será ouvida. Por tanto, a sua vida precisa ser exposta para que seja a luz do mundo e a voz de Deus”, afirmou o pastor.

“Aqui estão aqueles que são a voz, que são a resposta e que vão dar atenção.”

O pastor instruiu os jovens a se importarem com quem ninguém se importa e serem a voz de Deus, pois “a Palavra de Deus, na nossa boca, transforma a nossa voz em voz de Deus”, declarou ele. 

Perilo ensinou que não podemos ficar omissos com os erros dos outros, nem sermos cúmplices, sabendo que omissão é não se posicionar publicamente no que se acredita: “Deus não é um segredo para ser guardado, vamos torná-lO público”.

Leia a mensagem completa!

Encerrando as ministrações da manhã, Sâmia Rocha, direto de Portugal, trouxe princípios poderosos para cancelarmos as obras do diabo. Ela disse que precisamos estar expostos a 5 pontos cruciais.

“Corações famintos tiram de você coisas que nem você sabia que tinha.”

Segundo Sâmia, o primeiro ponto é ter a certeza de que estamos no lugar certo, na posição correta para fazer a vontade de Deus. Na sequência, estar com as pessoas certas, tendo em vista que associações podem alterar, decidir e definir onde vamos chegar.

Aliado a isso, ela disse que devemos fazer a coisa certa: “Talvez, a coisa certa nos tire da zona de conforto”. Entretanto, Sâmia explicou que precisamos fazer a coisa certa alinhando o coração com a motivação correta. Por fim, tudo deve ser feito no tempo certo: “Às vezes, a gente tem a tendência de completar a frase com o que Deus não diz”.

“Com essa base sustentadora precisamos ter em mente o que queremos produzir. Devemos não completar a carreira sozinhos, como diz em João 3.30”, disse Sâmia, concluindo com sabedoria as pregações da manhã.

Leia mais dessa palavra!

Assista ao culto de hoje completo no link abaixo.

 

SÁBADO NOITE

“O diabo que lute” foi o recado da noite de encerramento do JPN 2020. Uma lição a ser levada para toda vida por cada jovem. Foi uma noite plena de consciência do chamado, das transformações necessárias e de permanecer alerta.

“Que caia sobre nós a consciência de que a mudança do mundo começa com a nossa transformação interior”. Debaixo dessa direção do Espírito, o período de música foi dirigido por Filipi Rodrigues, que conduziu os JPN’s a uma atmosfera de adoração e intimidade no início da noite.

Na oportunidade, o casal líder dos Jovens Verbo da Vida, Welder Mendonça e Rafaella Guedes, conversou com Josué Arcanjo, que é missionário no Japão, e contou as suas primeiras experiências como filho de missionários que abraçaram essa visão.

Josué disse que acima de tudo devemos preservar a nossa identidade para que possamos testemunhar a verdade do Evangelho por onde passarmos.

Dando continuidade, o pastor Edilson de Lira, pastor presidente da Igreja Verbo da Vida Petrolina (PE) foi o primeiro preletor da noite. Ele respondeu a algumas perguntas e trouxe verdades poderosas para os nossos Jovens. 

“Uma águia não pode se relacionar com uma galinha, pois eles voam em níveis diferentes”, disse ele, exortando os participantes sobre a importância de ter relacionamentos alinhados com o seu propósito e chamado. “O diabo que lute, porque nós vamos continuar intensos”, reforçou em sua mensagem. 

Confira aqui mensagem dele!

Para encerrar o evento, nosso apóstolo Guto Emery trouxe uma mensagem repleta de entusiasmo. Bastante inspirado, ele se moveu com muita ousadia, ressaltando as palavras de Pastor Edilson: “O diabo que lute!”.

O apóstolo exortou todos a se colocarem em um lugar de despertamento. “Os alarmes dados pelo Espírito não devem ser ignorados, ou colocados em ‘stand by’, completou.

“Devemos nos envolver com os missionários que estão no campo, contribuindo, mas principalmente se preparando e vivenciando a sua experiência em lugares que o Senhor direcioná-los.”

O apóstolo trouxe um pouco das suas experiências e de como venceu o seu medo de altura, até o ponto em que se tornou paraquedista, mostrando que no momento em que nos posicionamos para vencer os nossos medos, eles cairão por terra. Finalizando, ele ressaltou que é tempo de despertarmos ousadamente e não há mais tempo para soneca: “não podemos adormecer diante das instruções divinas”.

Clique e confira a mensagem!

Finalmente, foi exibido um vídeo com os melhores momentos deste evento grandioso que tem marcado gerações.

A grande lição é que nossos Jovens para as Nações estão mais vivos e ativos do que nunca. Então, “o diabo que lute”, pois esta é uma geração chamada para cancelar as obras dele. O nosso JPN 2020 foi extraordinário! Que venham os próximos!

Assista ao vídeo do culto completo:

 

Fonte: Site Verbo da Vida Sede

 

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA