Manhã diferente: “Missões” foi o foco desta Quinta-Feira de Conferência

Postado em
0
2128

cd4daba1-5e14-4833-9a74-887e0e30b79bNesta Quinta-Feira, a Conferência de Ministros teve uma manhã missionária. No início, todos usufruíram de um tempo precioso de oração dirigido por Manoel Dias. Durante a oração alguns motivos foram levantados, como a propagação da Palavra nas nações.

Ele reforçou ainda que “a gratidão é um lugar que a nossa fé é fortalecida”. Em seguida, houve um tempo de louvor e adoração liderado pelo Ministério de Música local.

MOMENTO MISSIONÁRIO

Nós somos um ministério missionário. Vamos alcançar o mundo com a Palavra da fé através dos nossos missionários”, assim começou a coordenadora da Agência de Missões Verbo da Vida, Suellen Emery que dirigiu o momento especial juntamente com o seu esposo, o Ap. Guto.

Eles contaram inicialmente com a participação dos missionários em preparação que estão estudando na Escola de Missões Rhema, bem como, alguns missionários que já estão no campo.

Suellen Emery falou um pouco sobre a importância da Escola de Missões: “Essa escola é para os nossos missionários. Nela existe um treinamento específico para eles. Precisamos trabalhar em parceria com as nossas igrejas”.

ALUNOS DA ESCOLA DE MISSÕES

MVV_5057Ela destacou alguns alunos da Escola de Missões que estão estudando esse ano. Vinicius Simionato, Diego Levi e Valdéria Luna. Estes falaram da importância da escola para o aprimoramento do chamado. Cada um explanou sobre como está sendo esta experiência.

“Viajei alguns anos para ensinar no Rhema em 2015; casei e, ano passado dirigi a Escola de Ministros Itinerante junto com a minha esposa em Bauru. Após essa experiência, vimos a necessidade de vir à Campina Grande fazer a escola e sei que isso é um passo para as novas direções de Deus para a nossa vida”, testemunhou falou Vinícius Simionato.

Desde jovem missões sempre ardeu em meu coração e, mesmo sendo pastor isso permaneceu e chegou o tempo de vir fazer a escola. Sei da importância de estar aqui recebendo esse treinamento”,falou Diego.

Seguindo, Guto Emery falou um pouco sobre o valor do conhecimento, a importância de parar um tempo para se preparar, mesmo sendo itinerante como é o caso de Valdéria que é professora do Rhema e resolveu fazer a escola em 2017. Desta forma, o apóstolo aproveitou a ocasião e animou outros que têm o chamado missionário a valorizar o tempo de aprendizado na escola.

A escola superou as minhas expectativas. Se você é professor do Rhema e dá aulas de matérias como Atos, História da Igreja, etc, recomendo que dê uma passada na escola, você será enriquecido pelo conhecimento”, destacou Valdéria Luna.

Guto Emery falou a respeito dos ministros discernirem as estações e tirar, muitas vezes, o “chapéu” de autoridade por um tempo, sentando para aprender um pouco mais, visando o aprimoramento através do estudo na Escola.

MISSIONÁRIOS

4318d603-422f-48f4-9417-939e96de03c6

Jorge e Iranice Barroso, que estão liderando a obra em Moçambique, falaram um pouco sobre o trabalho. “Nasceu! Nasceu! Nasceu a obra em Moçambique e está crescendo. Estamos muito felizes. Vamos avançar. Continuem orando, porque a oração é essencial e o apoio que precisamos”, exclamaram eles.

A igreja está funcionando há três meses, mas o casal já está em Moçambique há mais de um ano. Obedecendo ao IDE do Senhor.

Marcio e Lisiane Butilheiro, líderes da obra em Porto, Portugal, residem na cidade desde 2015. Eles iniciaram a igreja em sua casa e, hoje, já funcionam em um local próprio.

Jussara falou sobre o trabalho na escola que ela dirige no Camboja. São 490 crianças recebendo a Palavra de Deus, muitas delas já foram batizadas. Ela disse que está orando por uma Igreja Verbo da Vida no Camboja.

MATT E JULIE BEEMER

MVV_5321No primeiro momento de ministração, Julie Beemer deixou uma breve mensagem na qual destacou baseada em Isaías 1.19 “Esse é um versículo tão simples, ouvido muitas vezes por nós. Nós temos sido bons em obedecer. Mas a parte importante do versículo está em ‘querer’”, enfatizou ela.

Algumas vezes, a gente se permite ter férias mentais desejando estar em outro lugar, quando Deus está nos chamando para este lugar. Quando tiramos férias mentais acontecem, reclamações e descontentamento começam a acontecer. Se você obedecer e ‘quiser’, vai comer o melhor desta terra. Sua mente precisa estar no lugar que Deus tem para você. Segredo para a sua igreja crescer: queira, seja obediente! É uma promessa de Deus: tudo o que a sua mão tocar prosperará.

Eu incentivo principalmente as mulheres: não deixe sua mente tirar férias, não pense: “como seria estar num lugar que fosse mais fácil”. Você pode mudar sua disposição rápido, fique feliz rápido. E eu creio que sua igreja crescerá mais rapidamente.”

Encerrando a manhã desta quinta feira Matt Beemer falou sobre como se viver livre de frustração.

Veja trechos da ministração:

MVV_5478Se você está frustrado ou deprimido no serviço a Deus: ou você está fazendo a coisa errada ou você está fazendo a coisa certa do jeito errado.

As vezes estamos fazendo a coisa certa, mas o jeito errado nos coloca no tempo errado.

Outro ponto que nos livra de frustração é aprender as nossas habilidades e talentos. Se tentarmos ser como outras pessoas, ficaremos frustrados. Preciso ser bom naquilo que eu faço, naquilo que Deus me chamou para fazer. Estar no lugar certo, fazendo a coisa certa, com as pessoas certas é maravilhoso.

Se você gastar tempo de oração e comunhão com a Palavra descobrirá o que Deus te chamou para fazer. Só porque você entrou numa estação, não significa que você vai ficar lá para sempre. Assim como na parábola dos talentos, sendo fiel em uma estação o Senhor te colocará em outra. Deus não tira uma graça e troca por outra, Ele acrescenta graça.

Algumas formas de se fazer a coisa de maneira errada: não andar em amor, não agir por fé.

Uma das formas de se fazer a coisa certa é começar a ver as coisas dentro da margem que Deus mostra. A Bíblia diz que a benção do Senhor alcançaria gerações.

Quando olhar para sua igreja em que você está pensando? Deixe um legado, uma influência para muitas gerações.

As gerações não tem que ir até a outra geração. Por isso precisamos ensinar sobre o mover do Espirito e também a respeito das coisas práticas.

Uma forma de se fazer a coisa certa é estar ligado a visão de Deus para a liderança no tempo em que se está vivendo. A atenção está para o Brasil, mas nós ouvimos que o ministério está olhando e enviando pessoas para os outros países.

Levantar equipes vai fazer com que os sonhos de Deus aconteçam.

Alguma das razões pelas quais não temos sido bons em desenvolver pessoas é porque estamos preocupados demais com a nossa reputação.

Sempre busque a excelência, faça o seu melhor, mas nunca a custo de não desenvolver novas pessoas. Tem muita gente esperando pelas pessoas que você irá desenvolver.

A Conferência seguirá à noite com reunião a partir das 18 horas.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA