Missionários na Argentina relataram atividades realizadas na quarentena

Postado em
0

Com alegria, compartilhamos as notícias do casal de missionários na Argentina, líderes da Igreja Verbo da Vida naquela nação, o pastor Leandro e sua esposa Cristiane Silva. Em sua carta, eles destacaram as principais atividades realizadas em 2020.

 

“Graça e paz, queridos!

É com grande alegria que enviamos notícias do campo missionário, pois neste mês de outubro, finalmente, depois de quase sete meses da quarentena mais restrita, em todo o mundo, pudemos voltar a fazer os cultos presenciais.

O protocolo do Governo de Buenos Aires autorizou a celebração de culto com no máximo 20 pessoas. A sensação que temos por dentro é a de “uma pequena nuvem do tamanho da mão de um homem”. Sabemos que este é o sinal de uma grande chuva.

A quarentena

No dia 19 de março, foi decretada a quarentena total e obrigatória, em que não se permitia a circulação de ninguém, a não ser que fosse encontrado no grupo de essenciais (sanitário e segurança). Os que fossem encontrados circulando, fora do perímetro de 500 metros da sua residência, sem o “permiso para circular” sofriam a possibilidade de multa e até prisão.

Os dias que antecederam o decreto foram bem desafiadores, pois havia formação de filas intermináveis nos supermercados, uma vez que as pessoas buscavam armazenar suprimentos, tendo em vista a história recente do país de que, em 2001, uma grave crise econômica provocou o desabastecimento total.

Diante de todo esse quadro, tivemos um grande desafio como igreja para não perder o vínculo com os irmãos. No entanto, o Deus que vê o fim desde o começo, nos deu um projeto no final de 2019, chamado “La Red”, que tem o propósito de consolidação e evangelismo.

A direção foi levantar 50 líderes, graduados ou cursantes do Rhema, que ficariam responsáveis por acompanhar 05 (cinco) membros da igreja. Assim, toda a congregação estaria recebendo atenção específica para qualquer necessidade de cunho pessoal ou espiritual.

À medida que o tempo foi passando, vimos que esse projeto foi uma resposta de Deus para o que estava por vir. Com a chegada da Pandemia, todos os nossos membros tiveram um acompanhamento em tempo real e de forma efetiva.

Também implementamos um projeto de assistência aos irmãos – Verbo Pan – onde mensalmente entregamos cestas básicas para suprir as necessidades daqueles que estavam passando por momentos difíceis. Foi maravilhoso poder ver o coração generoso das pessoas, de forma que ninguém ficou para trás.

Tivemos que readaptarmos e ampliar as transmissões dos cultos on-line pelo Instagram e Facebook, convidando ministros a cada semana para trazer uma Palavra fresca e motivar as pessoas a seguirem firmes. Foi poderoso ver a Palavra chegando a mais pessoas em mais lugares. O que parecia um retrocesso no natural, foi um grande avanço.

Nesse ano, mesmo na Pandemia, celebramos o avanço da obra no país, pois enviamos um casal para abrir um Ponto de Pregação na cidade de Rosário, a terceira maior cidade do país. Aloysio e Juliana têm feito um trabalho maravilhoso e muitas pessoas estão se chegando. Cremos que o Verbo de Vida Rosário crescerá cada dia mais.

O RETORNO

Para o cumprimento dos protocolos estabelecidos pelas autoridades locais, voltamos a fazer dois cultos no domingo e nas quartas-feiras.

Mesmo usando máscaras era perceptível ver a alegria no olhar dos irmãos que estiveram presentes. Uma Palavra poderosa foi pregada sobre recomeços, mostrando exemplos de pessoas nas escrituras que tiveram o favor de Deus disponível para recomeçar ou reconstruir suas vidas. Deus é o maior interessado em que possamos recomeçar ou reconstruir as áreas de nossas vidas que, por meio de erros ou circunstancias adversas, nos fizemos parar ou diminuir o ritmo. Quando Deus se envolve num recomeço é para manifestar maior glória do que jamais se viu antes.

Temos caminhado com a promessa de que este ano é um ano de favor, e realmente temos visto Deus cumprir a Sua Palavra.

Agradecemos ao Ministério Verbo da Vida por sempre nos inspirar a seguir firmes com a visão, aos nossos Supervisores Ap. Darren e Edma Wray, por todo apoio e incentivo, e a todos os parceiros que seguram as cordas para que possamos permanecer no campo missionário.

De tudo que nossa família tem realizado na Argentina, vocês têm parte e galardão.
Leo, Cris e Aninha

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA