Missionários na França relatam a rotina da sua família na quarentena

Postado em
0

O mundo foi abalado com essa pandemia e temos buscado falar com pessoas do Verbo da Vida em várias partes do mundo para sermos edificados com relatos de força e fé.

Hoje, traremos informações de como Luciana e Ronnie Princi, com suas filhas Maria e Julia, vivenciaram o período de quarentena na França, confinados por mais de 50 dias. 

Luciana Princi concedeu uma pequena entrevista, à equipe do Portal, e relatou para o quadro “Eu e minha casa” suas experiências. 

PORTAL: Como aconteceu o isolamento na França?

Luciana: Ficamos 56 dias em quarentena. Oito semanas de confinamento. No dia 11 de maio, iniciamos o desconfinamento, mas antes só tinha mercado e farmácia abertos, só podia sair com justificativa para trabalho, compras essenciais, um pouco de tempo para passear com o cachorro e exercícios (mas apenas caminhada de 1 km de casa).

PORTAL: Como está sendo a rotina da família?

Luciana: Estamos todos em casa o dia todo, eu, Ronnie e Maria trabalhando on-line e Julia estudando on-line. Hoje depois de 57 dias sem sair, pela primeira vez elas puderam sair para ver os amigos.

PORTAL: O que fazem em família juntos?

Luciana: Fazemos cultos on-line e elas participam, montamos quebra cabeça, olhamos filmes e séries juntos e estamos mudando armários e móveis, na casa, juntos. Durante a quarentena eu tive meu aniversário e comemoramos os quatro juntos, graças a Deus, estamos bem! Eu e o Ronnie ministramos através da página no Facebook da Word of Life Europe. Normalmente ministramos em francês.

PORTAL: Quais as expectativas para o retorno da vida “normal”?

Luciana: Hoje a realidade do desconfinamento ainda não é total, abriram as lojas mas não abriram os shoppings nem restaurantes, cinemas e teatros. Na escola esta semana voltam os pequenininhos, em 15 dias o colégio, e o ensino médio talvez não voltem, vai fazer on-line até o fim. As viagens estão ainda limitadas a 100 km, e as fronteiras vão ficar fechadas, provavelmente, até o final de junho. Mas, aos poucos, a vida vai retornando ao seu normal. 

PORTAL: Quanto tempo durou a quarentena aí na França?

Luciana: Em distanciamento social, durou 56 dias, mas aos poucos as coisas serão reabertas.

PORTAL: Você tem duas filhas adolescentes. Qual a idade das suas duas filhas?

Luciana: Julia tem 17 e  a Maria 23. Elas são parcerias e estamos sempre juntas

PORTAL: Como está Paris?

Luciana: Paris está em zona vermelha ainda, então está mais controlada, no metrô em horário de pico tem que mostrar uma justificativa de trabalho ou leva multa de 135 €.(euros). O povo tem colaborado muito, e são bem disciplinados, na sua maioria, a curva está bem controlada, mas como o tempo de internação na UTI é mais longo que o normal (de 3 a 4 semanas no lugar de 1 ou 2), ainda tem muita gente internada. No Rhema tivemos 2 alunos contaminados em estado grave, outros perderam parentes, na igreja tivemos 4 contaminados, mas não foi grave.

Estamos bem, tivemos momentos difíceis, emocionalmente, mas a fé nos mantém de pé!

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA