PORTUGAL: “Princesas ” foi tema do Culto de Mulheres na Igreja em Lisboa

Postado em
0
206

Recentemente, aconteceu na Igreja Verbo da Vida em Lisboa, Portugal, o Culto das Mulheres com o tema “Princesas”. O evento foi realizado pelo departamento feminino liderado por Margarida Falçony e Taís Aguiar. Este culto teve o propósito de levantar a auto- estima das mulheres celebrando o seu valor para o reino celestial. 

Já na decoração da igreja, no ensaio dos ministros de música, na roupas das princesas e da rainha, até a preparação de um belo jantar era visível a graça de Deus com a justa cooperação de cada parte. A unidade e grande unção marcaram este evento.

Mais de 60 mulheres prestigiaram este momento preparado especialmente para elas. Logo na entrada, cada mulher era recebida por irmãs vestidas de princesas e lhes era entregue uma coroa. A realidade da eternidade em Cristo foi o alvo deste culto.

A ministração da Palavra foi impactante. A diretora do Rhema local, Anna Carla, ministrou destacando a história bíblica da Rainha Ester. Sua ministração traçou um percurso pelos momentos na vida de Ester que foram marcados pelos seus atos de submissão. 

A  pregação iniciou com a leitura do texto de I Pedro 3. “ As mulheres sejam submissas ao seus próprios maridos..” e trouxe a ênfase para o que fazia Sara , que chamava Abrãao de senhor. Mostrando que “a submissão não é concordar com todas as ordens do marido, ou não está somente em dizer a palavra ‘senhor’ mas, em se submeter a vontade de Deus”, disse ela.

A ministra através da passagem bíblica de Gênesis…  explicou que Sara se submeteu a vontade de Deus mesmo expondo uma vontade contrária a de Abraão: Neste caso, desejando que “a escrava saísse de sua casa”. A Rainha Ester por sua vez passou por vários momentos que teve a oportunidade de não obedecer ao seu primo Mordecai, seu cuidador, por parecerem ordens tão simples, porém, essas mesmas ordens simples lhes fizeram ser um grande instrumento de Deus para livrar o seu povo da morte sumária.

Os atos de submissão da Rainha Ester, mesmo quando os anos se passavam, mesmo quando tudo ao seu redor não era favorável, servem de exemplo para que cada mulher seja rainha, princesa e principalmente submissa ao Rei dos Reis.

Coroando este tempo duas jovens foram à frente e entregaram suas vidas ao Senhor.

Este culto foi marcado por grande alegria, comunhão, muitos visitantes e um maravilhoso jantar que contou com a participação dos maridos que foram convidados a estarem com suas esposas.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA