Verbo em Monteiro realizou a 2ª edição da Conferência de Oração

Postado em
0

 

Deus colocou você nesta terra para reivindicar melhores condições e mudar tudo o que não está em linha com a Palavra d’Ele através da sua vida de oração”, essa foi uma das frases inspiradoras ditas por Shirla Lacerda na segunda edição da Conferência de Oração realizada no Verbo em Monteiro (PB). Estiveram presentes no evento pastores e membros das igrejas de Sumé, Zabelê, Campina Grande, do ponto de pregação em São Sebastião do Umbuzeiro, Paraíba, e da igreja em Afogados da Ingazeira, Pernambuco.

Antes do início de cada culto a igreja foi convidada pela líder da intercessão, Talita Monte, a levantar um clamor pela presença e manifestação do Espírito Santo durante os cultos e, em seguida, o grupo de música local iniciava a celebração com louvores que levava a igreja a uma atmosfera de adoração. 

Na abertura da conferência, Shirla apresentou Jesus como exemplo de oração e mostrou como Ele se relacionada com o Pai de forma a ser orientado a cumprir sua missão na terra: “Jesus obedeceu até a morte e não precisou errar para aprender; sua vida de oração trazia revelação do que Ele deveria fazer: Ele não tomava nenhuma decisão sem consultar o Pai e, todas as decisões que tomou, foram fruto do tempo de oração investido”, afirmou ela ao explicar que o cristão, através de uma vida de oração, tomará decisões acertadas.

Ela alertou para o perigo de deixar o tempo totalmente ocupado com as atribuições do dia-a-dia que podem roubar o tempo com Deus: “Jesus tinha uma vida ministerial intensa, mas mesmo assim não deixava de gastar tempo com Deus. Esse tempo foi fundamental para a escolha dos doze discípulos […] Se você está muito ocupado com muitas coisas, com o tempo você vai perceber que não serve”.

Na segunda ministração, na manhã de domingo, Shirla apresentou João Batista e a sua missão em anunciar a Jesus para os do seu tempo. “O papel que João desempenhou outrora foi passado a nós: trazer as boas novas de Cristo e ajudar pessoas a endireitar seus caminhos tortuosos”, afirmou, e continuou dizendo: “Você é um João Batista nesta terra, você foi levantado por Deus nessa geração para tocar pessoas, fazer com que seus corações se voltem para o Senhor. Você não nasceu para ter um vidinha: você foi chamado para mudar destinos e influenciar vidas”, de forma a motivar a igreja para cumprir seu papel de levar Jesus às pessoas.

A unção de Deus nas suas vidas não é para ser guardada, mas sim para tocar a vida das pessoas em diferentes esferas sociais, você nasceu para fazer a diferença nesta geração”, disse Shirla ao enfatizar que, assim como João, nós somos aqueles que inspirarão pessoas para o arrependimento. “O Espírito Santo já veio e agora somos os ‘Joões Batistas’ desta geração, proclamando o nome do Senhor em todos os lugares”.

No encerramento da conferência, Shirla ministrou sobre o desejo de Deus em retomar a comunhão com o homem, perdida através do pecado de Adão. “Não precisamos pedir permissão a Deus, pois temos livre acesso; nos foi permitida a intimidade para desfrutar de tudo o que nos pertence”, afirmou, lembrando-nos que Jesus, ao sair da terra, deixou o Espírito Santo para nos ajudar a orar e estabelecer a nossa comunhão com Ele e com Deus.

A preletora explicou que Jesus veio ao mundo sacrificar-se para eliminar o distanciamento entre o homem e Deus, e a oração é a ferramenta eficaz para aproximar-se do Pai, de modo a alcançar Sua misericórdia. “Quando você se aproxima do trono da graça você alcança misericórdia […] Ele se compadece de nós porque andou na terra como nós, por isso nos enviou o consolador”, afirmou.

O evento foi marcado pela forte manifestação do Espírito Santo, liberações de unções sobre a vida de profissionais liberais e pastores, intercessão pela nação e conversão de seis pessoas.

O pastor Francimar da Silva e Edna Tavares, líderes da igreja local,  avaliaram que a conferência foi um sucesso, principalmente pelo empenho da liderança em realizar 30 dias de intensa intercessão, pelas vidas que foram salvas e pelo manifestar do Espírito na igreja, além dos preciosos ensinos.

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA