Ministrando à Deus, ministrando às pessoas!

Postado em
2

Eu sempre tenho a oportunidade de ministrar em vários lugares do Brasil…

Hoje, eu atuo como pastor em Florianópolis. Amo cuidar das pessoas que Deus me deu. Ao mesmo tempo, sempre eduquei a igreja que o meu chamado também é para o corpo de Cristo. Sendo assim, pelo menos uma vez ao mês eu viajo e ministro um fim de semana, em alguma igreja.

Foi em Porto Alegre que eu tive a alegria de compor a música “Tá Tudo Bem”. Estava dando aula no rhema em 2011, e nesse dia em específico estava ministrando a Palavra em um culto de oração. Me lembro com carinho a mensagem: Acerca dos dons espirituais. Baseado em 1 Coríntios 12, ministrei sobre a importância de não sermos ignorantes acerca dos dons, aprendendo a discernir o culto, a unção. Ensinei sobre descobrir o seu lugar dentro do corpo de Cristo, entendendo que cada um é importante nessa idéia de Deus chamado “Igreja”.

No fim da pregação, me veio a inspiração de fluir com palavras inspiradas, cânticos espirituais, salmos, hinos! Foi aí que veio a frase: Vamos sair por aí dançando, vamos sair por aí sorrindo, vamos sair por aí dizendo: Tá tudo bem!

Foi muito especial aquele dia. Eu me lembro que um mês antes, eu havia recebido a notícia que o meu pai havia tido um AVC, e como eu estava ausente fisicamente dele, ( minha família mora em Natal ) essa notícia foi difícil de ser administrada emocionalmente. Mesmo assim, decidi manter a minha paz e alegria. Tirei aquela canção de dentro do meu espírito, pela fé, pois uma das características de quem ministra a música e a palavra é manter as suas convicções, firmeza e segurança, mesmo em meio às dificuldades.

Foi lindo! Guardo com carinho as imagens daquele dia. Alegria manifesta em forma de riso, choro, corridas, gritos, quebrantamento, e gratidão pelas palavras inspiradas. Todas as vezes em que canto essa canção, ( Tá tudo bem ) eu ainda recebo um retorno do público em forma de gratidão. Cada um tem uma história com uma determinada canção.

Isso me faz pensar na responsabilidade que nós temos de transmitir a palavra de Deus segundo a força que Deus dá. O meu alvo como ministro de evangelho é primeiramente agradar a Deus. Isso envolve uma vida de integridade, crescimento espiritual e progresso na fé. Envolve também você discernir o culto, o ambiente, discernindo as reais necessidades das pessoas. O meu alvo também é motivar as pessoas por meio do ensino, pregação, música, mas, principalmente com a minha vida!
( 1 Pedro 4.10 )

Se esse for o seu propósito, com certeza você ministrará a Deus, ministrando e servindo às pessoas.

E que venham mais cultos inspirados, palavras inspiradas, canções inspiradas!!!

Abraços,

André Martins

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA