Sendo Um com Ele

Postado em
0

por Raphael Frota

Lembrando das palavras do Pastor Bud, “quando essa igreja estiver totalmente pronta, uma grande glória caíra sobre esse lugar“. Tem algo do Espírito de Deus acontecendo em nosso meio. Devemos ter gratidão. Lembra da mulher que derramou o perfume nos pés do mestre? Adoração! Ela trabalhou um ano para comprar esse perfume. Judas perguntou: “para que esse desperdício?”, Jesus respondeu: “deixa, ela está me preparando para minha morte”. Jesus ainda acrescentou, “aonde o evangelho for pregado, essa mulher será lembrada”. Mas de Judas, quem lembra? E se lembra, o que lembramos dele? Apenas coisas ruins.

Você está no lugar certo, na hora certa. Algo bom vai acontecer por você hoje. Venha para esse lugar com essa expectativa.

“Não crês tu que eu estou no Pai, e que o Pai está em mim? As palavras que eu vos digo não as digo de mim mesmo, mas o Pai, que está em mim, é quem faz as obras” (João 14.10)

Jesus começa consolando Pedro. Ele diz que está indo preparar lugar para nós. Mas, na continuação, os discípulos pediram para Jesus mostrar o Pai.

Sabe irmãos, isso é maravilhoso, alguém querer conhecer a Deus. Mas, Jesus corrige a atitude de Felipe. A nossa satisfação sempre está ligada aquilo que eu enxergo. Jesus o respondeu: “Se você me vê, vê o Pai. Olhe para mim e veja o Pai. Creia pelo menos por causa das minhas obras”. Continua no versículo 12, “aquele que está em Mim, fará ainda obras maiores”.

Jesus se esvaziou da Sua glória, veio como homem, mas Ele fala algo interessante: “as palavras que Eu digo, digo porque ouço o Pai dizendo”, ou seja, “eu faço obras, porque o Pai está em mim, e eu estou no Pai”.

Deus ungiu o homem JESUS de Nazaré com o Espírito Santo e com poder, o qual andou destruindo as obras do diabo. Jesus veio e dizia que veio para fazer o que o Pai o enviou para fazer.

Existe um tempo em nossas vidas que captamos as Palavras de Deus e começamos a fazer as obras do Pai. Jesus fazia, porque o Pai estava Nele e Ele no Pai. E por que eu posso fazer alguma coisa? Porque Jesus está em mim e, eu em Jesus.

Quando eu começo a entender essas coisas, eu deixo de fazer as minhas obras e passo a fazer as obras do Pai.

O propósito da igreja é dar continuidade às obras de Jesus.

Por que razão devemos fazer as obras que Jesus fez? Porque você é um multiplicador das obras de Jesus.

Ele deixou as obras disponíveis para todo aquele que crê. Aquele que crê em mim vai fazer as obras que Eu faço e ainda maiores, porque Eu vou para junto do Pai.

Jesus está junto do Pai intercedendo por nós. Porque Ele acredita no que você tem. Não existe razão para você não acreditar em si mesmo, se Ele acredita.

Jesus disse que era melhor para nós que Ele fosse. Jesus quer estar com a igreja. Ele não queria o momento breve de separação da igreja. Mas, era melhor para nós que Ele fosse. “Porque se Eu não for o consolador não virá”.

Tinha algo que Ele só podia destravar sobre nós quando fosse assunto aos céus. Que benção! Jesus foi e liberou o Espírito Santo sobre nós.

A unção vem sobre nós por causa da obra do Espírito Santo e, a partir desse momento, você pode fazer o que Deus lhe pedir, porque a unção de Deus está sobre você.

A unção vai fazer por você, algo que você não pode fazer por si mesmo. Deus quer que você comece a produzir obras que não dizem respeito às suas habilidades. É estupidez rejeitar a obra do Espírito Santo. E como a gente rejeita? Não mantendo a atenção, o foco naquilo que Ele quer fazer. O Espírito Santo quer se mover mais do que a gente pensa. Eu preciso valorizar a obra do Espírito Santo. Portanto, não rejeita, não acha que você sabe o suficiente.

Adoração não depende da vontade do meu corpo, é algo relacionado ao espírito. No capítulo três de João, Jesus fala sobre Nicodemos.

Qual o interesse de Nicodemos em vir falar com Jesus. Era saber o seu segredo. Jesus qual é o seu segredo? Ele disse: “tem que nascer de novo, Nicodemos“. Aquele homem tinha uma mentalidade carnal, como pode ser isso? Jesus continua ensinando a ele sobre o espírito e a realidade espiritual.

E Jesus diz depois, “como pode você sendo um mestre da lei não entender essas coisas? Como poderá entender coisas maiores?“.

A cultura humana e a mente humana quer explicar tudo. Mas, não tenha vergonha da sabedoria de Deus. Jesus disse: “não é com o seu corpo, não é carnalmente, é algo espiritual“.

O espírito do homem é a lâmpada do Senhor. O Senhor nos guia com o seu Espírito. Nós precisamos estar mais conscientes das coisas espirituais, do que das coisas que estão ao nosso redor. Quando Deus criou o homem a sua imagem e semelhança não estava falando de algo natural, mas estava falando de algo maior, o homem sendo como Ele mesmo.

É a partir do ambiente do Espírito que vamos dominar o restante. Precisamos reconhecer o ambiente espiritual. O reconhecimento da obra do espírito.

Depois da queda mudou a ordem, o homem passou a ser guiado por sua alma, mas quando nascemos de novo, voltamos a ser guiados pelo Espírito e, assim, cuidamos bem da nossa alma e do nosso corpo.

“Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito. Porque a lei do Espírito de vida, em Cristo Jesus, me livrou da lei do pecado e da morte. Porquanto o que era impossível à lei, visto como estava enferma pela carne, Deus, enviando o seu Filho em semelhança da carne do pecado, pelo pecado condenou o pecado na carne; Para que a justiça da lei se cumprisse em nós, que não andamos segundo a carne, mas segundo o Espírito. Porque os que são segundo a carne inclinam-se para as coisas da carne; mas os que são segundo o Espírito para as coisas do Espírito. Porque a inclinação da carne é morte; mas a inclinação do Espírito é vida e paz. Porquanto a inclinação da carne é inimizade contra Deus, pois não é sujeita à lei de Deus, nem, em verdade, o pode ser. Portanto, os que estão na carne não podem agradar a Deus. Vós, porém, não estais na carne, mas no Espírito, se é que o Espírito de Deus habita em vós. Mas, se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é dele. E, se Cristo está em vós, o corpo, na verdade, está morto por causa do pecado, mas o espírito vive por causa da justiça. E, se o Espírito daquele que dentre os mortos ressuscitou a Jesus habita em vós, aquele que dentre os mortos ressuscitou a Cristo também vivificará os vossos corpos mortais, pelo seu Espírito que em vós habita. De maneira que, irmãos, somos devedores, não à carne para viver segundo a carne. Porque, se viverdes segundo a carne, morrereis; mas, se pelo Espírito mortificardes as obras do corpo, vivereis”

(Romanos 8.1-13)

A sua benção está condicionada a um lugar e, esse lugar é Cristo. Ele está falando sobre duas leis aqui nesse texto, a da morte e a do Espírito de vida em Cristo Jesus e, essa lei nos livra do pecado e da morte. Quando nascemos de novo, a lei do Espírito de vida precisa exercer domínio completo sobre nós. Essa lei nos livra de sofrer diversas coisas que poderíamos sofrer.

Há uma lei do Espírito de vida em Cristo Jesus que pode me livrar de qualquer lei de destruição desse mundo.  

Andar em espírito também significa andar em amor.

Agora, eu tenho a opção de não seguir a minha carne, porque há uma nova lei que está operando sobre mim, que pode me livrar de qualquer domínio desse mundo.

O Espírito Santo quer comunicar as palavras de Deus direto ao meu coração. Tem sabedoria de Deus dentro de você. A pessoa do Espírito Santo é a sabedoria de Deus dentro de você. Ele diz em Ezequiel que vai colocar o Seu Espírito dentro de mim para me conduzir. Não se trata de ser bom ou ruim, de ter boa ou má vontade, se trata de seguir o Espírito Santo.

Você é um espírito, mas não um espírito só, é um espírito mais o Espírito de Deus, que é um espírito só. Têm dinamites dentro de você para explodir qualquer problema que se levante contra sua vida, agora esse poder precisa ser ativado.

O Espírito do Senhor nos assiste em nossas fraquezas. Assistência é socorro na hora da necessidade. Puxar, agarrar e puxar para Si. Ele está pronto para lhe puxar de uma situação e lhe puxar para Si.

Eu preciso entrar nesse ambiente onde Ele pode me ajudar. O Espírito Santo é o meu parceiro de oração, é aquele que conhece a Deus. Ele veio para lhe fazer uma pessoa que será capaz de ajudar outras pessoas.

O que você precisa para cumprir o plano de Deus? Há um suprimento do Espírito Santo para você. Deus vai lhe usar para concordar com alguém que esteja desejando que Deus faça alguma coisa por ele. A gente só precisa concordar com as pessoas.

Comece a reconhecer, você não é um pedaço de carne. Você vive aqui para cumprir os propósitos de Deus e o propósito de Deus são obras maiores.  Não é na carne, é pela obra do Espírito Santo.

*Trechos da mensagem de Raphael Frota na Igreja Verbo da Vida Sede em Campina Grande-PB, em Novembro de 2018.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA