Em oração pelo Brasil

Postado em
0

por Fernando Leal

Estamos em uma fase de muitos desafios, na qual muitas pessoas estão sendo confrontadas, debaixo de pressão e de medo. Nós sabemos que podemos fazer muitas intervenções por meio da oração.

Em I Timóteo 2.1-3 diz que: Antes de tudo, pois, exorto que se use a prática de súplicas, orações, intercessões, ações de graças, em favor de todos os homens, em favor dos reis e de todos os que se acham investidos de autoridade, para que vivamos vida tranquila e mansa, com toda piedade e respeito. Isto é bom e aceitável diante de Deus, nosso Salvador”.

A Bíblia nos traz uma recomendação do que devemos fazer primeiro em oração. Existe um papel nisto que a Igreja precisa desempenhar, principalmente, em meio a tudo que temos vivenciado. Os nossos governantes precisam estar cercados de uma sabedoria e de uma serenidade adequada para todas as decisões que precisam ser tomadas em meio a esse tempo. 

Nós podemos ver exemplos no Antigo Testamento daqueles que oraram por cidades, daqueles que intercederam por nações, como por exemplo: Abraão, que foi  intercessor de Sodoma e Gomorra, cidades que estavam debaixo de um forte peso de pecado. Abraão conversava com Deus e oração é isso, uma conversa, uma intercessão. Abraão, em meio a todo aquele caos, em Sodoma e Gomorra, perguntou ao Senhor se caso houvesse 10 justos naquelas cidades, se Ele as destruiria e Deus disse que não. Se houvesse 10 justos lá, Ele não destruiria (Gênesis 18.32). Perceba que aquela intercessão de Abraão estava promovendo uma porta de livramento para aquele povo.

Nós também podemos ver no livro de Ezequiel 22.30Busquei entre eles um homem que tapasse o muro e se colocasse na brecha perante mim, a favor desta terra”. Aqui está um exemplo de alguém que deveria ter se posicionado em favor de uma nação. É exatamente isso que faremos nesta noite, vamos tomar uma posição referente a nossa nação e a todo esse contexto que nós estamos vivenciando.

Por que Abraão tinha essa liberdade de se colocar na brecha por Sodoma e Gomorra? Porque ele tinha uma aliança com Deus. Se ele pôde, mediante a aliança que era feita com sangue de animais, ter um acesso para interceder por aquelas cidades, muito mais nós que temos uma aliança no sangue de Jesus que está baseada em superiores promessas. Nós podemos nos colocar na brecha, assumir nosso papel.

O papel da Igreja nesses dias precisa estar no foco da oração. Eu sei que nesses dias você pode assumir um papel na carne, expor suas críticas ou assumir um papel de oração.

Chegamos a um ponto que só o sobrenatural poderá operar.

Um homem de Deus, chamado John Wesley, disse: “Deus só pode fazer algo na terra através de alguém orando”. Nós vamos mover o mundo espiritual para a terra e cremos que o poderoso rio de Deus vai se mover no nosso meio. Quando estamos nessa atmosfera de oração, estamos num ambiente onde o rio de Deus trabalha por nós. Não sei se você já presenciou pessoalmente ou viu na TV um rio invadindo uma cidade. Ele move coisas pesadas, coisas que deveriam estar no chão, carros, casas… é dessa forma que o rio de Deus vai mover coisas e nos levará ao ponto que precisamos chegar. 

Não vamos orar aqui por partido A ou B, estamos seguindo uma instrução bíblica, de orar por aqueles que estão constituídos de autoridade, pelo governo do Brasil, pelo governo do Estado da Paraíba, pelo governo da cidade de Campina Grande e cremos, irmãos, que na medida em que nós nos colocamos na brecha, haverá uma intervenção de Deus para que essa pandemia perca força. Por mais que pareça que os números estão aumentando, temos que nos colocar numa posição de fé.

Algo sempre acontece quando pessoas de fé se reúnem para orar. Quando nos colocarmos na brecha em oração por nossa nação, haverá uma intervenção de Deus que vai socorrer a sua casa.

Em I Timóteo 2.1-2 lemos qual seria a consequência de nos reunirmos para interceder, em primeiro lugar, por aqueles que estão constituídos de autoridade: nós vamos ter uma vida tranquila e mansa. Oração é como aquele atirador de elite cuja especialidade é atingir alvos que estão distantes, longe dele, seja por metros ou quilômetros. Nesse momento de oração, nós vamos atingir alvos que estão distantes de nós, porque no reino do Espírito não há distância. Eu declaro que essa atmosfera de paz, piedade e de mansidão vai fluir sobre o seu lar. Eu declaro que pessoas que estão debaixo de perturbação, pressão ou qualquer tipo de crise desfrutarão de uma atmosfera divina que vai invadir seus lares, nesta noite, e nós vamos passar para um próximo nível.

O Brasil é uma nação escolhida por Deus. Homens e mulheres profetizaram sobre a nossa nação acerca de avivamento, cremos que nada que o diabo levante poderá interferir no propósito divino que está estabelecido sobre nós. Eu o incentivo a assumir o seu lugar.

Na Bíblia lemos que estamos assentados com Cristo nas regiões celestiais (Efésios 1.3). Por mais que pareça que o mal está no controle, eu lhe digo que ele não está. A Igreja de Cristo ainda está sobre a terra. Da mesma forma que Abraão intercedeu pelos seus naquele momento com Deus, essa é uma hora na qual nós vamos interceder entendendo que somos o sal da terra e a luz do mundo. O diabo pode ser o deus deste mundo, mas ele não é o meu deus e nem o seu deus.

Cremos que o poder de Deus sempre irá superar o do diabo.

Nós estamos nessa expectativa da intervenção de milagres. Quando todo esse tempo passar, nós não seremos encontrados em escassez e em falta, mas teremos o testemunho de uma assistência divina e sobrenatural que vai estar cercando a sua vida. A Bíblia garante que Deus saciou o povo de Israel com o pão do céu (Salmo 78.24) e, nessa ocasião, eles estavam no deserto, que é um ambiente desfavorável de qualquer assistência divina.

Eu lhe digo: nós estamos em meio a uma situação na qual parece que coisas estão desfavoráveis. Talvez você foi afetado no seu emprego ou na sua saúde, mas eu sei que vai vir uma assistência divina sobre nós esta noite. Enquanto nos conectamos em oração, haverá uma resposta dos céus e nós entraremos num novo tempo espiritual.

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA