Lidando com a Ingratidão

Postado em
1
1454

BLOG-FERNANDO-TOPO-580x156É fácil encontrarmos pessoas debaixo de ressentimento por terem experimentado ingratidão de alguém.

Às vezes, é o fato de ter ajudado o individuo em fases complicadas de sua vida, mas depois que o mesmo se restabelece, simplesmente abandona quem o ajudou. Talvez você já vivenciou algo desse tipo ou no momento estar vivenciando.

A ingratidão realmente é um golpe, nunca estamos preparados para ela, porque sempre vem de pessoas que nos doamos e investimos muito de nossa vida e tempo. Mas creio que quando ajudamos os outros debaixo de uma motivação correta, vamos lidar com esse tipo de atitude de forma leve e não deixar essa experiência ruim ser um motivo para criarmos muros ao ponto de nos isolarmos. Esse é um posicionamento enganoso e sugerido pelo diabo, que quando agirmos com esses posicionamentos, automaticamente estaremos impedindo de sermos influências e as mãos de Deus para alguém.

Jesus experimentou de forma traiçoeira a ingratidão, pois naquela noite que Ele serviu a última ceia, momento de grande significado de amor e comunhão, uma reafirmação da sua aliança para com os Seus discípulos, estava entre os doze o que iria lhe trair e Jesus estendeu seu amor genuíno e compromisso com Judas quando  ofereceu o pão e o vinho, e Judas fingiu compromisso aceitando o pão e o vinho, sendo infiel aquele pacto e fatalmente falho com seu compromisso.

“O traidor havia combinado um sinal com eles: “aquele a quem eu saudar com um beijo, é ele prendam-no e levem-no em segurança”. Marcos 14:44

Traindo Jesus com o beijo foi uma atitude reprovável e era o nível mais baixo que uma pessoa poderia ir. Era como dizer: “ Você e eu somos amigos para sempre. Agora por favor vire suas costas para que eu possa afundar um punhal em você. ”

Você já experimentou a ingratidão em algum lugar ao longo de sua caminhada de um amigo ou parente, alguém que pensou que seria verdadeiro e leal sempre, no entanto, mais tarde você descobre que ele ou ela não eram o que você imaginava que fosse? Você pensa: Como poderia esta pessoa se comportar assim depois de estarmos juntos por tantos anos?

Essas experiências sempre podem acontecer, porém ela pode não se tornar algo devastador quando os seus olhos estão fixos em Deus e sobre Sua palavra, porque as pessoas mudam, hoje quem gosta de você, amanhã pode mudar de ideia, mas quando se trata de Deus, Ele é o mesmo ontem, hoje e será sempre o mesmo. Se você decidir tomar uma decisão de tudo que faz para alguém, fazer para o Senhor, você não será afetado pela armadilha da traição.

“Tudo o que fizerem, façam de todo o coração, como para o Senhor, e não para os homens, sabendo que do Senhor a recompensa da herança”. CL 03: 23,24

Um fato importante também é termos uma maior sinalização para com as pessoas que nos doamos. Quando alguém se torna um traidor, você pode estar certo de que ou a pessoa nunca foi o que você pensou que ela fosse ou você sentiu que algo não estava certo, mas permitiu ir em frente com a relação de qualquer maneira.

Algo estava evidentemente errado no relacionamento desde o início. Talvez inconscientemente, você sabia que algo estava errado, mas você amou a pessoa tanto que você não quis ver o que o seu coração estava lhe dizendo. Ou talvez você realmente estava cego para o que estava acontecendo bem debaixo do seu nariz.

Será que qualquer um destes cenários descrevem você? Você foi traído por alguém que você confiava? Se você permitir que essa mágoa apodreçadentro de você, ela só vai torná-lo amargo e lento em seu destino.

É hora de você perdoar e deixar de lado a ofensa para quevocê possa seguir em frente com sua vida. E nunca crie muros por causa de uma experiência ruim, deixe sempre Deus ser o juiz de qualquer situação e permaneça ajudando pessoas e creia que o Senhor vai te trazer pessoas de honra e leais que serão uma grande soma sobre sua vocação.

1 COMENTÁRIO

  1. Mensagem muito abençoada , muitas vezes acontecem fatos na nossa vida que realmente se sentimos magoados com atitudes que nunca esperávamos de pessoas que apostamos todas as nossas fichas.
    Mais temos que ter o foco em Deus e deixar ele cuidar de nós , e não deixar que essas atitudes nos atrasem na vida com Deus.

DEIXE UMA RESPOSTA