O segredo

Postado em
2
529

BLOG-FERNANDO-TOPO-580x156Estamos no ministério itinerante há alguns anos e, nesse tempo, pudemos presenciar  desafios, recompensas, decepções, recepções adequadas, outras não,  porém, a nossa alegria,  ânimo e desejo de cumprir a vontade do Senhor sempre esteve firme. Podemos afirmar como Paulo, em Filipenses 4:11: “EU APRENDI O SEGREDO de não estar perturbado em qualquer situação”.

Acredito que este é um ponto importante para aqueles que têm um chamado para viajar a fim de alcançar o corpo de Cristo em várias partes com o dom que receberam: “NÃO ESTAR PERTURBADO”. É necessário observarmos que Paulo escreveu isso baseado em suas próprias experiências, pois ele tinha uma vida ativa dentro do ministério itinerante. Ao refletir nesse contexto, podemos ver que a vida do itinerante não só é regada de elogios ou de viagens, mas também surgem situações desagradáveis, e é justamente nesse ponto onde muitas  pessoas  não estão preparadas e logo se desanimam, sentem-se frustradas com algumas situações que não estão de acordo com a sua expectativa.

É necessário se manter firme e, principalmente, preparado para as experiências desagradáveis. Não estou querendo ser pessimista, porém, pessoas entram em novas fases na sua vida, achando que tudo sempre será um mar de rosas, sem se prepararem para o inevitável,  para os desafios que vem juntamente com qualquer nova fase.

Jesus disse, em Lucas 14.28 “Qual de vocês, se quiser construir uma torre, primeiro não se assenta e calcula o preço, para ver se tem dinheiro suficiente para completá-la?”. É justamente nesse ponto que quero chegar, o preço para se estar no ministério itinerante, os fundamentos e estruturas que precisam ser forjados antes de assumir esta responsabilidade.

Eu e minha esposa, ultimamente, temos viajado muito. No momento, completamos  1 ano e 8 meses de casados, período no qual as viagens se intensificaram. Agora mesmo estamos fora da nossa cidade (rsrsrs). Quando era solteiro, eu já tinha um ritmo de vida intenso dentro do ministério itinerante, e o propósito dessas viagens era ensinar no Rhema e ministrar em Conferências por diversas regiões do Brasil e fora dele. Porém, ao casar, minha esposa, Miriam, teve que entrar nesse ritmo, e isso nos exigiu “calcular o preço”.

Antes de nos casarmos, conversamos muito durante o ano que antecedia o nosso casamento, para entrarmos nessa fase já preparados, sabendo que teríamos que administrar a vida a dois junto com o ministério itinerante, o que não foi sempre fácil e divertido, porém, a graça de Deus nos assistiu em todo tempo. Nos casamos no inicio do ano passado e, depois de poucas semanas, já tínhamos alguns eventos. Muitas coisas foram vividas de forma leve pelo fato de que, por dentro, havíamos criado estruturas para aquelas experiências. Tudo o que estamos vivendo hoje é glorioso e estamos convictos de que nascemos para fazer isso, de que não existe outro lugar, nós fomos chamados para funcionar onde exatamente estamos, porém,  foi necessário sermos realistas e formarmos em nós as estruturas para suportar algumas pressões em meio as viagens.

Esse é o meu incentivo a todos vocês que estão ou que desejam entrar no ministério itinerante, casado ou solteiro, calcule o preço de cada nova fase, invista tempo nos fundamentos, nas bases. Se você entrar em novas esferas com os seus fundamentos danificados,  toda a sua estrutura será comprometida. Também perceba o tempo de Deus para entrar em novos caminhos, não entre porque alguém entrou e está fluindo, cada pessoa tem seu tempo e a sua estação para entrar em novos limiares. Seja bem resolvido , estruture suas emoções e desfrute do ministério de uma forma leve e saudável, entendendo cada fase e também estando preparado para os desafios que as mesmas trazem.

Nós enfrentamos muitos desafios, ficar longe de casa praticamente durante todo ano, longe da família e dos amigos, está sempre dormindo em camas diferentes, tendo que se adaptar ao contexto de cada local onde ficamos hospedados, etc. Mas, o importante de tudo isso é:  ESTAR PRONTO! Isto não quer dizer que você vai saber de tudo, erros vão acontecer, eles fazem parte, no entanto, existem erros desnecessários que podem ser evitados quando estamos no ministério, e a forma de evitar esses erros é ser consciente dos preços e dos imprevistos que podem surgir na caminhada, como Paulo bem escreveu: ”SEI ESTÁ HUMILHADO, COMO TAMBÉM SEI ESTÁ EXALTADO. Aprendi o segredo de viver contente em toda e qualquer situação”.

Acredito que muitos podem está insatisfeitos ou decepcionados no ministério, por não terem entendido esse poderoso princípio de se manter em um mesmo posicionamento, estando em situações boas ou ruins. Viajar por vários lugares é maravilhoso e muito recompensador,  mas estar fazendo a vontade de Deus é estar no melhor lugar.

Se preparar antes vai lhe livrar de muitos danos. Uma das formas inteligente de conduzir a vida é saber se adaptar facilmente as mudanças. Se você está no ministério itinerante, essa deve ser uma de suas metas. Então, eu lhe encorajo a seguir em frente, entendendo que Deus é o seu alvo e a sua força. Se alguma situação desagradável surgir, simplesmente passe por cima e avance. Seja rápido para andar em amor e, principalmente, em guardar o coração. Quando acontecer algo que venha gerar desconfortos, não deixe aquele momento afetar toda a trajetória, deixe o que para trás ficou e avance para o que está diante de você, aproveitando cada tempo e oportunidade, sabendo que Deus está no controle de todas as coisas.

2 COMENTÁRIOS

  1. Texto excelente! Gostei muito da proposta do blog, é um tema bastante necessário e interessante! Avancem, amo a vida de vocês, e sei que falam com propriedade a respeito deste assunto!

  2. Tremendo, nisto nota-se bem a diferença entre os espirituais e os carnais, há palavras que só os que estão na Comunhão são levados a transmitir, Glória a Deus.

DEIXE UMA RESPOSTA