Como será a sua Segunda-Feira?

Postado em
0
211

por Guto Emery

O apóstolo Paulo era organizado, ele tinha uma equipe de trabalho que auxiliava a vida dele. É interessante como ele envolvia a igreja na visão que ele tinha. Ele era efetivo na comunicação, efetivo em deixar clara a visão que Deus compartilhou com ele (Rm 15.33).

Todas as palavras que recebemos aqui nos mostra o potencial que temos em Deus. Eu gostaria de chamar sua atenção para o que está acontecendo no Brasil. Como igreja e como corpo precisamos estar conectados ao que está acontecendo agora. Em Outubro, teremos as Eleições. Nós temos responsabilidades como cristãos, oramos e também agimos. Quero apresentar para vocês o nosso projeto: “O Verbo na Vida – Uma atitude diferente muda tudo”.

“Se o Brasil não vai bem, nossas igrejas também não vão bem”

Luciano Subirá disse que a oração não é só o meio pelo qual recebemos coisas de Deus, mas também pelo qual Deus recebe coisas suas.  Se o Brasil não vai bem, nossas igrejas também não vão bem. Não é questão de se envolver na política, mas de votar de forma consciente.  Vamos transformar essa nação que tem pessoas que precisam de um alento do governo e não estão recebendo por causa da corrupção.

Vamos orar, vamos fazer um barulho santo, faça grupo de orações sobre isso na sua igreja. Vamos transformar essa nação com oração e com atitudes diferentes.

O Pastor Bud além de ser uma inspiração, ele nos ensinava a Palavra e nos cobrava a prática todos os dias. Nós não tínhamos tanto acesso aos materiais a respeito da palavra da Fé naquela época. Então, eu lia o livro do irmão Hagin, gravava e ficava ouvindo aquelas fitas para transformar minha maneira de pensar.

Passamos por problemas e enfrentamos circunstâncias. Todo missionário vai passar por isso, assim como Pastor Bud passou no começo, quando veio para cá. No entanto, com a palavra nós conseguimos passar por isso.

Há pensamentos que são como verdades para nós e a nosso respeito. Precisamos de ousadia para mudar isso, para vencer esses tabus e ativar o poder de Deus em nosso coração.

Uma mentalidade encruada na cabeça pode parar você. Precisamos tirar o “será” da nossa boca. Se Deus mandou, você vai conseguir! Há uma graça de Deus para isso.

Não devemos nos mover na unção um dia e no outro achar que a unção da noite anterior passou e ficar somente com as lembranças (II Cr 20.20). Na segunda-feira, você vai se deparar com e mesma rotina, os mesmos desafios. E como você vai enfrentá-los? Murmurando novamente? Permitindo aquele diálogo interno que lhe desanima?

Josafá trouxe a memória do povo aquele mesmo ambiente de fé que os fizeram celebrar. Não desista das Palavras que recebeu esses dias. Você precisa sair diferente, enfrente as coisas pela fé.

As palavras têm poder para lhe despertar ou lhe desanimar. A Palavra mostra que Dalila afetava sansão com palavras, algumas versões dizem que ele ficou angustiado até a morte.

O que você está conversando com você mesmo? Seus olhos estão fixos na circunstancias? Nos sintomas de enfermidade? O diabo não precisa ter uma pessoa para falar para você. Ele lança sugestões na sua mente e o pior é que soa como se fosse você mesmo falando.

Na guerra do Vietnã os inimigos dos EUA, os vietnamitas não estavam com roupas de guerra, mas se vestiam como camponeses e alvejam o exército americano. Eles perderam a guerra porque não sabiam reconhecer o seu inimigo.

O seu inimigo não é o seu irmão, o seu líder, o seu pastor, o seu inimigo é Satanás.

 

Não permita que uma mentalidade de perdedor se instale em você. Declare paz, prosperidade, ousadia e intrepidez sobre a sua vida para manifestar a vontade de Deus. Somos um povo forte, não desistimos nunca. Existe uma palavra sobre nós e nós vamos cumprir.

Se você desistir ou fraquejar Deus não vai poder fazer o que Ele gostaria de fazer. Gostamos dos “de repentes” de Deus, mas não podemos depender deles. Precisamos viver pela fé. Se eu consegui, eu tenho certeza de que você vai conseguir. Não existe limites para nós. Vamos avançar, o tempo da colheita chegou.

Eu quero despertar você. Você faz parte desse avivamento e dessa transformação que o Senhor tem para essa geração. O que foi dito aqui precisa ser um alvo para você, mesmo quando você voltar para a sua casa e se deparar com as mesmas coisas.

Um exercício pode lhe ajudar, pegue um papel e anote os problemas que está enfrentando, em outro papel escreva os versículos que garantem a sua vitória sobre esses problemas. Depois jogue o papel com seus problemas fora e ande somente com a Palavra que garante a sua vitória. Ande com esse papel, quando um pensamento vier leia incansavelmente.

Não importa o tempo, o que importa é o que você está construindo em você. As suas decisões na segunda-feira podem ser baseadas nas sementes que você recebeu esses dias. Se levante forte para fazer a diferença. O Verbo da Vida vai para o mundo inteiro e vamos fazer isso com a mesma essência da Palavra.

Eu amo e desejo ver milagres, mas o que me impressiona mais é quando uma vida é transformada pelo poder da Palavra. Construa isso em você, independente do tempo que levar, seja o que Deus lhe chamou para ser e como ele lhe chamou para ser.

Permita que as pessoas vejam em você a Palavra. Permita que elas vejam em você uma vida que elas querem viver, uma vida de prosperidade, de saúde divina.

Expresse o evangelho em você através da sua vida.

Alguém disse que 99% das pessoas vão ler a bíblia, mas 1% vai somente olhar a vida de um Cristão. Paulo pregava e vivia pela palavra da fé, ele chamou a responsabilidade para si dizendo “sede meus imitadores” (I Co 11.1). Paulo assimilou tanto a Palavra que mesmo mediante a situações difíceis ele decidia não desistir. O poder de decisão está com você. Pela fé construímos a vida que queremos viver.

 

*Trechos da mensagem na Conferência de Ministros Verbo da Vida Nordeste 2018.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA