Desenvolva o autocontrole

Postado em
3

BLOG GUTO EMERY-04Acredito que Deus nos encoraja através de outras pessoas que passam por circunstâncias nas quais precisam se agarrar somente a Palavra. Alguns relatos delas nos animam e impulsionam a nossa vida de fé. Atualmente, eu tenho percebido em nosso meio uma grande necessidade de termos domínio próprio, o qual deve ser uma característica do cristão, um fruto do nosso espírito. O autocontrole do cristão é essencial para uma vida bem sucedida na terra.

“Mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, DOMÍNIO PRÓPRIO. Contra estas coisas não há lei” (Gálatas 5.22-23)

“E todo atleta em tudo se DOMINA; eles o fazem para alcançar uma coroa corruptível; nós, porém, uma incorruptível. Pois eu assim corro, não como a coisa incerta; assim combato, não como batendo no ar. Antes subjugo o meu corpo, e o reduzo à servidão, para que, pregando aos outros, eu mesmo não venha de alguma maneira a ficar reprovado” (I coríntios 9.25-27)

Essa palavra “domina” significa autocontrole. Essa é uma das qualidades que um ministro deve ter. O que eu acho mais interessante é que Paulo falava muito sobre domínio próprio. Temos que ter autocontrole, dominando as nossas emoções. Afinal, as emoções não podem nos dominar e governar. As Escrituras nos fazem resistir às circunstâncias lidando com as nossas emoções.

Existem pessoas que se esforçam pra serem justas e andam corretamente, mas, de repente, são injustiçadas, são acusadas de algo que não fizeram. Com isso, perdem o controle, ficam iradas, dando espaço aos sentimentos de justiça própria. Porém, “a ira do homem não produz a justiça de Deus”.

Alguns homens de Deus já pagaram um preço alto porque não tiveram domínio próprio. Moisés é um deles. Ao invés de falar a rocha, ele bateu nela, por causa da ira, devido a reclamação do povo. Tal atitude o privou de entrar na terra prometida.

Muitas coisas vêm para nos tentar dominar, mas temos que ter domínio próprio. Circunstâncias que acontecem conosco podem sim nos desanimar e entristecer por um momento, mas se nos lembrarmos e ficarmos atentos ao que o Senhor diz, uma Palavra de ânimo vai “saltar” no nosso coração. O apóstolo Paulo, quando estava na prisão, ouviu do Senhor uma palavra que fez toda diferença: CORAGEM!… Ele é um exemplo de alguém que enfrentou diversas circunstâncias difíceis e, em muitas delas, Deus deu graça a ele para passar por elas em paz, mesmo que elas existissem e estivessem lá diante dele todo tempo.

Quando colocamos a nossa fé na mudança das circunstâncias e não na nossa mudança, eu acho que erramos. Porque nem sempre elas mudam, mas nós devemos mudar em relação a elas. Às vezes, Deus não tira as circunstâncias da nossa vida, mas Ele lida conosco, nos dando força para que possamos lidar com as circunstâncias ainda que elas permaneçam. Então, elas não nos afetam!

Você, mesmo perseguido, deve dominar a si mesmo e avançar. Talvez, você pense: “Mas, o que fazer quando tudo parece estar perdido?” Devemos ter domínio próprio para dominarmos os nossos pensamentos.  Sabemos que pensamentos de derrota chegarão, mas e possível construirmos bons pensamentos por cima deles. Não medite em pensamentos negativos,  porque isso vai acabar carregando seus sentimentos também.

Não aceite pensamento de fracasso. Aprenda a ter controle sobre eles. Domine a sua mente. O diabo usa pessoas e circunstâncias para sugerir coisas em nossa mente e, muitas vezes, acolhemos e carregamos os nossos sentimentos com isso. Aquilo enraíza por dentro ao ponto de minar a nossa fé.

Sabemos que o pensamento errado pode chegar, mas não acalente aquilo, não o aceite como uma verdade de Deus.

Por exemplo, quando estamos passando por uma situação de doença, já percebeu que sempre vem alguém nos dizer: “Eu conheço uma pessoa que morreu com essa doença…”? Muitos de nós ao ouvir isso começamos a ver a morte diante de nós e tiramos o foco da Palavra. Tem pessoas que estão doentes e conseguem ter domínio próprio ainda que os corpos delas não estejam reagindo, mas a Palavra é como uma âncora para sua alma. Os ventos sopram, mas a alma delas não sai do lugar.

Muitas pessoas passam por coisas difíceis, estão doentes, buscam os médicos, fazem exames e começam a crer que o exame não dará nada de errado, mas o exame é aquilo que elas não queriam e elas desmaiam na sua alma, porque estavam colocando toda esperança nos exames, mas não vivemos pelo que vemos e sentimos, mas pelo que cremos. A sua fé não pode mudar diante das circunstâncias, você precisa crer e meditar na Palavra.

A fé construída e arraigada por dentro vai fazer seu corpo reagir independente do que você sente ou vive no momento. Pense em vitória, estabeleça sua meta dentro da Palavra. Ainda que outros não creiam. Porque a grande maioria não crê, de fato, mas elas não podem lhe influenciar por pensamentos de fracasso. Não desista! Tenha um espírito excelente e uma atitude diferente.

Cuidado com os pensamentos negativos. Saiba que depois que você acolhe um pensamento errado, uma síndrome entra em sua mente, ou seja, uma reunião de fatores errados entram. Isso vai minando as suas forças a ponto de você cair diante das circunstâncias. Isso o torna amargo por dentro e, conseqüentemente, lhe deixará assim por fora também. Não construa pensamentos de derrota e fracasso. Se deixe levar pela Palavra. Eu sempre procuro pensar o melhor possível em relação às pessoas.

A Palavra é meu balizador e ela me guia em todo momento. A Bíblia diz que se pensarmos corretamente não iremos fracassar. Existem duas bases em nossa vida cristã: Fé e amor. Devemos viver atentos a isso. Essa é a vida mais confortável que existe no mundo.

É muito importante ter domínio próprio. Eu já vi muitas pessoas com mágoa e amargura paralisando seu ministério.  E esses sentimentos surgem do nada muitas vezes, mas prejudica sua vida e pode até lhe matar aos poucos. No ministério, terá grandes possibilidades de se tornar uma pessoa amargurada se pensar de forma errada e esse sentimento pode lhe perturbar levando-o a um lugar errado.

A frustração, a angústia e a amargura andam juntas. Meu irmão, a verdade é que somente você pode paralisar o plano de Deus em sua vida. O diabo já e um inimigo vencido. Ainda que coisas aconteçam para lhe fazer parar, você terá sempre a Palavra de Deus lhe animando a caminhar um pouco mais.

Não importa aonde você está servindo. Conserve seu coração leve para fazer o que Deus quer. Quando conseguir crescer em Deus e no seu ministério, se proteja nos sentimentos para não se tornar soberbo e orgulhoso.  Isso é segurança para sua vida.

O nosso maior e melhor exemplo de humildade é o apóstolo Bud Wright, ele é um homem que vive de forma simples, porém ousada. É a nossa referência de fortaleza construída pela Palavra.

Você tem ouvido a Palavra, mas isso não quer dizer necessariamente que você já possui a fé arraigada em seu coração. Cuidado com o assentimento mental, somente concordar com a mente sobre a informação recebida de Deus não é fé. É preciso deixar a meditação construir uma certeza da vitória. Isso é fé, a certeza que lhe dá força diante dos desafios que surgirem, deixando suas emoções controladas. Você descansará em Deus, firme no que Ele já falou sobre a sua vida. E será assim!

Há pessoas que não são destruídas pelas circunstâncias, mas pelos seus próprios pensamentos. E isso as faz tomar atitudes negativas em relação a Palavra de Deus.  Incredulidade é pecado. Agarre a Palavra da fé. Você  só fracassa se desistir. Mas, eu creio que você não vai desistir. Deixe-se ser conduzido pela Palavra. Mesmo que se passem dias, semanas, meses e até anos, as coisa irão acontecer no tempo certo, confie em Deus, controle-se e será como Ele lhe já disse.

3 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA