Dignifique o seu ministério!

Postado em
0

por Guto Emery

Eu sou muito grato pelo que Deus tem promovido e feito, acredito que essas ministrações foram como um diapasão para afinar nosso ministério. Meu avô era músico e ele usava o diapasão para afinar seus instrumentos.

Paulo falou no livro de Timóteo sobre as qualidades que o homem de Deus precisa ter. Irmãos, uma coisa é você está qualificado para entrar no ministério, pessoas vão olhar para sua vida para ver se você está apto. Eu tenho falado sobre as vinte qualidades que o homem de Deus precisa ter, tratadas por Paulo. Pra mim essas qualidades são como um índice para quem quer ir às Olimpíadas, se você não alcançou o índice necessário não estará adequado para participar. Paulo, também, fala em Timóteo que, às vezes, a gente mesmo desqualifica a função para qual fomos chamados.

“Meu desejo para você é que você cresça e se fortaleça, muito mais, você não está representando apenas a sua igreja, o seu ministério, você está representando Jesus.”  

Paulo deu um modelo para Timóteo. Nosso modelo é preparar pessoas para o ministério e tenho a honra hoje em licenciar e ordenar vocês para o nosso ministério.

Que incumbência, irmãos! Que responsabilidade! Quanta coisa Deus preparou para nós! Eu não quero fazer de qualquer jeito, de qualquer forma. 

Queridos,  eu fui paraquedista e tive um instrutor, de Fortaleza, que era muito sério. Ele me dizia que nós tínhamos alguns obstáculos e precisávamos estar sempre muito atentos, ao abrir o paraquedas era preciso olhar para identificá-los, eram galpões, fios de alta-tensão, estradas e, ele nos dizia que quando dobrasse o paraquedas não deixasse nada para fora, se deixasse ele não deixava saltar. 

E como eu gostava demais de saltar e tinha muito medo da minha dobragem, eu tinha muito cuidado irmão, com isso, passava quase 50 minutos dobrando o meu, enquanto os meus colegas faziam isso em cerca de 20 minutos. E era tão emocionante o salto, que as pessoas queriam saltar de todo jeito, mas se não estivesse com a dobragem perfeita meu instrutor nos tirava do salto.

Certa vez, ele foi conferir nossos paraquedas e viu um colega nosso com o paraquedas com uma aba de fora, ele não o deixou saltar. E o que ele disse, nesse dia, eu nunca esqueci: ele disse que não queria ninguém com problema na dobragem porque era da sua  responsabilidade dar todas as instruções. O meu colega que foi tirado do salto ficou com raiva, xingou a mãe do instrutor com muitos nomes, e meu instrutor disse que preferia um inimigo vivo, do que um amigo morto. Irmãos eu guardei essa palavra até hoje. 

Se nós não abraçarmos o que temos que fazer com responsabilidade, nós estaremos prejudicando pessoas.

Outra vez, um oftalmologista que sempre dava festas em sua casa, quando dava dez horas da noite ele ia dormir, justamente, no auge da festa. Quando as pessoas perguntavam a ele porque ele fazia isso, ele respondia que fazia cirurgia e precisava dormir bem já que, no dia seguinte, ele não podia fazer cirurgia com a musculatura tremendo.

O que eu quero lhe dizer é que as pessoas vão assistir sua vida e observar se o que você prega condiz com o que você vive. Eu faço isso com tanto amor, com tanto respeito que tenho certeza que você não vai se desviar de seu caminho. Eu declaro que você vai manifestar a vontade de Deus! São estas as palavras que eu tenho para vocês, nesta manhã. 

Dignifique o seu ministério, meu irmão! Acredito que Deus vai lhe abençoar, sobremaneira! Sua vida irá na direção  que você seguir!

 

*Transcrição da mensagem do Ap. Guto Emery em Junho 2019 em Campina Grande-PB.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA