A força da comunhão

Postado em
0

Por: João Roberto

A sua força está na comunhão com Deus!

A Bíblia nos diz que ser apenas ouvinte da Palavra não é o suficiente, aquele que ouve e não pratica é semelhante a um louco. Porém, para pratica-la precisamos entendê-la; e para isto, o nosso coração deve estar favorável. Além disso, compreensão da Bíblia somente acontece com a unção nos ajudando.

A total dependência de Deus traz a graça daquilo que está sendo ensinado, toca o nosso espírito com sabedoria e revelação da parte de Deus. E a fé precisa estar envolvida no momento que se houve a Palavra, e esta fé em operação gera resultados. Desta forma, a Palavra precisa ser fecundada no nosso espírito, para poder gerar resultados.

Nossa vida precisa estar arraigada na fé, assim como Paulo disse em Gálatas 2:20: Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a pela fé do Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim. Ou seja, que a nossa vida seja para glorificar a Deus, não mais as nossas satisfações e vontades.

Assim, diligência cada vez maior vos será necessário para entrar no Reino Eterno. E por não cumprir essa direção, muitos não tem desfrutado da vontade de Deus. Quando fazemos a opção por Deus, perdemos a liberdade de fazer uso do nosso livre-arbítrio como quisermos! Viva para responder a Deus, ao ponto de ao acordar pela manhã, pergunte: Senhor o que queres de mim? Fazendo isso, deixaremos de apenas assistir a outros tendo vida plena com Deus.

Muitas pessoas têm sentido os sintomas de fraquezas em sua vida espiritual, e se faz necessário identificar a raiz do problema, não tratar apenas os sintomas. E no quesito comunhão com Deus, esta é a base para ter a “saúde” para ter vida. No culto, a igreja tem a finalidade de dar continuidade ao que conquistamos com o novo nascimento.

Mas, isso é apenas o começo, porque a Bíblia diz que devemos conhecer e prosseguir em conhecer ao Senhor. Pois é no conhecimento d’Ele que encontramos a força necessária para a continuidade. E o que levanta a sua vida é a comunhão com Deus. Assim como Jesus, sendo perfeito, teve plena comunhão com o Pai e nos ensinou em tantas coisas para cuidarmos em não cair, nem perdermos a nossa força.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA