Ajustes necessários

Postado em
1

Uma pessoa meio convicta, pode se considerar na fé. Mas não é o que Bíblia diz. A palavra nos mostra que para receber é preciso estar plenamente convicto. Citar um versículo é bom, é uma forma de exercitar a piedade. Mas não é tudo. Tem pessoas que param no aquecimento. Mas o aquecimento é só preliminar, é só o início. É igual a fé. Você precisa levar sua fé para o estado de plenamente convicto. Fortaleça sua fé dando glória a Deus.

Tem coisas que nós fazemos no culto que atrapalham os outros. Dar “glória a Deus!” é lícito, gritar na hora adequada também. Mas, as vezes, minha liberdade de comportamento é irresponsável. Atrapalha outros de receber. Se a minha adoração faz com que todas as fileiras do meu lado parem de adorar a Deus, precisamos rever nosso comportamento. A Bíblia diz o que devemos fazer em um culto. Um tem salmo, outro hino, mas tudo é feito para edificação. Andar em amor faz parte dos valores que Deus espera encontrar na nossa vida.

Existem coisas que Deus precisa fazer. Para Ele fazer, precisa de fé. Um coração contrito e sincero, plenamente convicto Ele não despreza. Há recomendações para mulheres no início da gestação, para que o bebê não seja penalizado. Assim são as promessas de Deus. Cultivamos com ações de graças, levando aquela promessa até uma estrutura mais forte. Se não chegamos as manifestações dessas promessas, é porque temos abortado. Tem algumas coisas que você precisa descartar e lançar de novo, porque você não foi guardião das sementes desde o início.

“Vede que não rejeiteis ao que fala; porque, se não escaparam aqueles que rejeitaram o que na terra os advertia, muito menos nós, se nos desviarmos daquele que é dos céus;” (Hebreus 12:25)

Deus pode fazer abundantemente mais, mas nós sabemos apenas da letra. Tem julgamento por ouvir a palavra de forma relaxada. Nós não sabemos muitos sobre essas questões. O julgamento pode vir no dia a dia. Se nós desprezamos quem fala, chega um momento que Deus nos entrega a ambientes de confusão, de falta de fé.

Meu cuidado conosco, nós que estamos debaixo da palavra revelada é que a gente não comece a ser julgado por tanta advertência. Às vezes, não reconhecemos Deus porque não reconhecemos as pessoas. Se a advertência vem da boca de quem quer seja, não importa o autofalante que é usado, precisamos saber que vem do céu. O que é ser entregue? Quando o agir de Deus não está sobre nós. Pecamos, fazemos loucura, a gente desiste, foge. Não queira estar onde o agir de Deus não te alcance.

“Nos quais o deus deste século cegou os entendimentos dos incrédulos, para que lhes não resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, que é a imagem de Deus.” 2 Coríntios 4:4

Condicionamento. Ao que você está condicionado? O diabo tentou Jesus porque viu possibilidade. Ele não desiste porque você se converte. A forma que o diabo age é constante. Pense sobre a vida abundante que Deus oferece.

Você está alheio a algo dessa vida? Se estamos alheios, a ação do diabo está fazendo efeito na nossa vida, de alguma forma. O diabo tem propósito de sufocar a palavra que você recebe. O mundo está infectado disso! Uma pessoa que demonstra um comportamento ativo sobre as coisas de Deus, essa pessoa está acordada. Se você vive um nível de relaxamento, você vive um nível de irresponsabilidade com a palavra.

Paulo preso foi mais eficaz do que aqueles que estavam soltos. Eles não estava alheio a vida de Deus. Mesmo preso, ele continuava evangelizando e pastoreando as igrejas.

O evangelho é o poder de Deus. O papel de satanás é fazer você ficar cego para isso. Ele tem medo que você acredite de fato que o evangelho é o poder de Deus. O diabo se diverte nos fazendo pensar que temos um isqueiro na mão, quando temos uma bomba atômica. O evangelho é o poder de Deus para a salvação. Se estamos alheios, estamos à quem a vida de Deus.

Quando a Bíblia fala sobre buscar o reino e sua justiça, sobre manter a palavra diante dos olhos, é para não ficarmos alheios a vida de Deus. Quando estamos iluminados, satanás não é páreo para nós. Quando você está iluminado, você enxerga as circunstâncias de forma diferente. Se estamos alheios, estamos enxergando de forma turva, o nosso entendimento está confuso.

“E se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a minha face e se converter dos seus maus caminhos, então eu ouvirei dos céus, e perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra.” (2 Crônicas 7:14)

O se humilhar tem um poder muito grande. Muitas pessoas não estão se encaixando ao plano de Deus porque são rígidas. O primeiro ponto desse verso é se humilhar. Se humilhar está no amor. Se faz necessário para o envolvimento de Deus o se humilhar.

Estamos pedindo força porque não nos humilhamos mais. Não é primeiro orar, é se humilhar. Você pode orar o dia todo sem o coração correto. Há um passo a passo nos versos. Você nasce de novo uma vez e se converte todos os dias. É ter o entendimento de algo errado e soltar, mudar de direção. O converter é constante. Se humilhar, orar, buscar e se converter, um passo a passo.

Deus é santo e deu provas disso. Deus não é místico, não acrescenta por mágica. No velho testamento, Deus enfatizou a santidade. A santidade envolve responsabilidade. Hoje em dia, vivemos a vida gospel de forma relaxada. Não temos mortes, mas tem frieza que é julgamento. Para eu não ser carnal, Deus precisa me favorecer. Eu preciso estar debaixo do guarda-chuva da proteção de Deus.

A unção despedaça o julgo.Se você não se expõe as condições dispostas por Deus, não há graça. O bem que você quer e não consegue fazer é por falta de graça. Você pode sair da condição de resistente para adorador. A unção quebra o comportamento vicioso de querer fazer algo e não conseguir, porque a unção quebra o julgo. As promessas são consequências de obediência. O caminho do cumprimento das promessas é a obediência. Você vai chegar nesse cumprimento e nem perceber quando obedecer.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA