As mulheres e o ministério

Postado em
1

blog_dentro_joaoA Bíblia fala que Jesus era servido por um grupo de mulheres. Você tem consciência disso? As mulheres não foram nomeadas em nenhuma posição de autoridade como os apóstolos, mas estavam apoiando, inclusive com as suas ofertas, o ministério de Jesus.

Há muita sensibilidade nas mulheres. A Bíblia diz que os homens baixaram Jesus da cruz e colocaram no túmulo, mas diz que Maria e as outras viram como eles o colocaram. Eles colocaram faltando alguma coisa aos olhos delas. Ou seja, você percebe que a mulher tem uma sensibilidade que difere dos homens?

Acho que aqueles homens pensaram: fizemos tudo. Mas, as mulheres viram como colocaram e, se elas trouxeram mais coisas, é porque essas coisas não foram consideradas por eles. Elas certamente disseram no coração: não está bem feito. Vamos voltar aqui depois para ajustar os detalhes.

A mulher tem uma sensibilidade peculiar e Jesus não as repreendeu por causa disso. Elas tiveram o privilégio de serem as primeiras a pregarem que Ele ressuscitou. Por isso, quando você vê alguém dizendo que não é certo a mulher pregar o evangelho saiba que é sim. Como não é certo, se foi Jesus mesmo que mandou?

Jesus disse ao ressuscitar: vá e diga para os meus discípulos. Isso significa o quê? Pregar o evangelho. O que é anunciar o evangelho? Anunciar boas notícias. Anunciar a ressurreição de Jesus. Você acha que isso era uma boa noticia?

Jesus poderia ter se poupado e deixado para se revelar somente a Pedro, por exemplo. Mas, não foi isso que aconteceu. Ele encontrou um grupo de mulheres diligentes.

Mulher, não deixa o diabo e nem ninguém diminuir seu valor. Não deixe que sufoquem isso. Você é o que Deus diz que você é, você pode o que Deus diz que você pode e você tem o que Deus diz que você tem.

Essa idéia que o mundo tem passado que a mulher ocupa um lugar inferior não é bíblico e nem é de Deus. Jesus não fez essa acepção.

Se olharmos o Velho Testamento, nós entenderemos que Deus estava lidando parcialmente com a humanidade pela condição que eles se encontravam. Eles não eram nascidos de novo, estavam debaixo da influência do pecado e debaixo dessa influência tinham muitas coisas que Deus não poderia resolver plenamente.

Então Deus atuava superficialmente para mantê-los e conservá-los ate que chegasse a plenitude dos tempos. Na plenitude dos tempos, que é esse tempo que estamos vivendo, o tempo da graça, o tempo onde Deus nos alcançou através dessa condição do novo nascimento, não existe mais essa deficiência. Nós não vamos encontrar mais nada na Bíblia a não ser um texto que as pessoas citam fora de contexto dizendo que a mulher não pregue na igreja.

Você tem que ver a que se refere aquilo ali. É uma coisa que só se vê em uma carta (Corintios) e tinha a ver com a desordem que existia no culto, naquela comunidade de Corinto. Havia muitos costumes que atrapalhavam a pregação da palavra e quando dizia: “a mulher fique calada na igreja e se necessário pergunte ao seu marido…”, era por causa do tumulto comum naquela região. Não é que ela não poderia pregar, porque em outros textos você não vê Jesus falando sobre isso.

As doutrinas principais teriam que ter algo que Jesus falou sobre esse assunto. Que base bíblica se tem para dizer que a mulher é inferior ao homem? Tem algum versículo nos evangelhos? Não.

Quando Jesus disse vá e avise aos meus discípulos, essa mulher foi o canal que Deus usou para poder anunciar o evangelho. Ela fez por ordem de Jesus, não por desobediência. Jesus disse vá e conte aos meus discípulos e depois Ele disse: “Ide por todo mundo e pregai o evangelho a toda criatura”.

Aquelas mulheres tinham diligência, zelo, apego para servir a Deus acompanhando a Jesus e servido a Ele.

Nos dias de hoje as mulheres desempenham um papel de grande importância na igreja local. Como seria uma igreja com apenas homens fazendo as coisas? Era um pouco estranho. Acho que teriam algumas pinturas pretas meio estranhas. Talvez não tivesse muita beleza.

A minha esposa, Jannayna, é uma mulher de Deus. Ela pastoreia junto comigo aqui em Campina Grande e me ajuda muito por ver coisas que eu não vejo. Também me sinto livre e despreocupado em dar o pulpito para ela ministrar, sem receios, porque sei que há uma unção de Deus sobre a vida dela.

Deus usa as habilidades que ele colocou em cada um. Como Deus vê a mulher? Como algo mais fraco? Não. Ele vê como algo mais frágil. Essa fragilidade aqui não é de fraqueza, mas de algo mais fino. Você deve ser feliz por Deus ter lhe levantado assim.

O homem é o cabeça, e cabeça é a parte mais pesada, mais grosseira; ser submissa é parte fina, é a elite do corpo, é segurança para você. Mulher, seja sábia, submissa e diligente cumprindo o chamado de Deus para sua vida.

 

1 COMENTÁRIO

  1. Oi Pr. João Roberto, descobri hoje as pregações do senhor que são escritas, que alegria pois amo demais a palavra que sai da sua boca, são claras e diretas. Então, eu queria saber por quanto tempo elas permanecem no site para que eu possa de alguma maneira copia-las, aguardo uma resposta .

DEIXE UMA RESPOSTA