Cultivando mudanças

Postado em
1

por pastor João Roberto

Nós estamos vivendo em um mundo louco. Não sei se você tem percebido que em nossa sociedade, não há bons referenciais, há várias referências distorcidas e a cultura disponível no mundo não serve mais. Devemos ter a consciência de que é nossa responsabilidade ser a luz para esse mundo, as boas referências. 

Não vamos nos esconder da nossa responsabilidade como cristãos. Existem muitos cristãos no mundo, e isso é bom, mas há muitos cristãos escondidos e até agindo com covardia.

Há duas características que fazem parte do homem de Deus: ser forte e corajoso.

Em 1 Reis 21.2-7 está escrito: “Então Acabe falou a Nabote, dizendo: Dá-me a tua vinha, para que me sirva de horta, pois está vizinha ao lado da minha casa; e te darei por ela outra vinha melhor: ou, se for do teu agrado, dar-te-ei o seu valor em dinheiro. Porém Nabote disse a Acabe: Guarde-me o Senhor de que eu te dê a herança de meus pais. Então Acabe veio desgostoso e indignado à sua casa, por causa da palavra que Nabote, o jizreelita, lhe falara, quando disse: Não te darei a herança de meus pais. E deitou-se na sua cama, e voltou o rosto, e não comeu pão. Porém, vindo a ele Jezabel, sua mulher, lhe disse: Que há, que está tão desgostoso o teu espírito, e não comes pão? E ele lhe disse: Porque falei a Nabote, o jizreelita, e lhe disse: Dá-me a tua vinha por dinheiro; ou, se te apraz, te darei outra vinha em seu lugar. Porém ele disse: Não te darei a minha vinha. Então Jezabel, sua mulher lhe disse: Governas tu agora no reino de Israel? Levanta-te, come pão, e alegre-se o teu coração; eu te darei a vinha de Nabote, o jizreelita!”.

Há probleminhas que têm tirado o nosso bem-estar, e isso não pode fazer parte da nossa vida, quando há uma graça disponível, não importa se passamos pelos momentos mais difíceis, não seremos atingidos e nada irá tirar o nosso ânimo.

Eu imaginava o fim dos tempos como algo terrível, e não gostaria de passar por ele, mas depois eu entendi que estava do lado certo da história e não, do lado da tribulação, eu estava do lado da glória e da vida eterna.

A vida eterna traz uma condição de vida além das paisagens.

Nós já temos a condição de provar do melhor desta terra. Não vamos abandonar a possibilidade de sermos bem-sucedidos. O Espírito Santo nos possibilita caminhos de vitória, ouvir os seus ensinamentos é entender que o melhor está disponível. Vamos seguir os ensinamentos do Pai para sermos servos referenciais para quem precisa. O mundo precisa da nossa luz.

O que Deus tem para nós é medida cheia. Todos são chamados para a perfeição, a perfeita varonilidade.

Não podemos compor uma geração que está fragilizada. Uma geração que não serve para ser um referencial. Muitas vezes, negociamos com a loucura desse mundo. E isso é inaceitável, a palavra de Deus é clara e os seus ensinamentos nos mostram como devemos agir, não há espaço para um entendimento distorcido. A Palavra é a fonte de um verdadeiro bom caminho. Se desejamos servir a Deus nesses últimos dias, devemos ir mais profundo, sermos reais homens de Deus.

Às vezes, administramos um tipo de pressão, mas não estamos preparados para o outro. O Espírito nos prepara para tudo. Devemos nos conectar com Ele e provar de um preparo único.

Em muitas oportunidades, não estamos prontos para servir ao Senhor, pois não reconhecemos as nossas fraquezas e buscamos justificativas. Há exemplos na Palavra que mostram pessoas reconhecendo suas fraquezas e, mesmo assim, permanecendo nos planos de Deus. Não procure justificativas, não seja um covarde, que age com covardia, que não reconhece as suas falhas e não busca corrigi-las. Seja um homem que avança, que evolui e que está aberto para as transformações do Espírito Santo.

A área que você foi tido como fraco será a área na qual você resplandecerá, pois o teu coração esteve disposto ao Espírito Santo, para que você se tornasse alguém forte e corajoso.

Seja aquele que está disposto a ouvir os ensinamentos que vêm do céu. Nós precisamos transformar este mundo pela Palavra. Somos referenciais daquilo que é bom. Somos fortes e corajosos. Homens intrépidos com o coração voltado para o Senhor, nosso Deus.

*Trecho da ministração do Pr. João Roberto na Conferência de Homens 2020

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA