Tradicionais com a revelação

Postado em
1

blog_dentro_joaoO propósito de Deus é que tenhamos uma comunhão verdadeira com Ele. O culto não é uma ideia, mas a necessidade de congregar é bíblica. Precisamos estar juntos.

Foi Deus quem estabeleceu os cinco dos ministeriais tendo em vista o aperfeiçoamento do corpo. E sabemos que é nos cultos que as unções ministram ao corpo. Você pode receber uma visita, ter comunhão, mas esses ajuntamentos, nos quais a unção coletiva sempre estará disponível, é propósito de Deus. Com isso, você deve vir aos cultos com expectativas de encher os seus reservatórios.

Quero destacar hoje o cuidado que devemos ter com o costume. Muitas vezes, um bom costume se torna uma tradição, isto é perigoso. Uma tradição tem força até mesmo para invalidar a Palavra de Deus. Jesus disse que por causa da tradição a Palavra era invalidada (Marcos 7:13).

Às vezes, fazemos distinção de “igrejas tradicionais” e “igreja renovadas”. Mas, há muitos renovados tradicionais. Ou, há muitos tradicionais com a Palavra revelada. Alguns já alcançaram conquistas, mas agora se tornaram um tradicional, defendendo doutrinas, porém desvinculados de uma comunhão viva, ativa e permanente com Deus.

Muitas pessoas dizem: “eu oro todos os dias”. Mas, existem orações tradicionais que você ora para cumprir uma obrigação com a sua consciência. Nem por isso quer dizer que a comunhão está acontecendo.

Há leitura da Bíblia por tradição também. E nem por isso quer dizer que você está recebendo revelação. Mas está apenas cumprindo uma obrigação. Avalie se a sua busca por Deus está viva. Como está você na sua vida? E quando falo sua vida, me refiro a sua vida espiritual.

Você se considera alguém ativo espiritualmente? Você é alguém que está agindo e fazendo as coisas acontecerem ou alguém que está parado e esperando que elas aconteçam?

A característica de quem está esperando é estar parado, sem manifestar nenhuma iniciativa. Quem espera, espera.

Seja alguém que faz!

Muitas vezes, o vir à igreja, estar presente nos cultos, ainda não caracteriza uma ação de fé ou ação espiritual. Pode ser um tradicionalismo.

Alguns justificam como “maturidade”, a atual falta de intensidade e de envolvimento com Deus e com a Sua obra. Mas, maturidade não diminui a intensidade da vida cristã, mas a aumenta! O que diminui a intensidade é a tradição. Quem é maduro, de verdade, é fervoroso! Se o que você faz em um culto e no seu dia-a-dia é em função de obrigações ou é por causa dos homens, você é um tradicional mesmo tendo a revelação.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA