Bons samaritanos

Postado em
0

Por: Klycia Gaudard

Tenho certeza que seu desejo é ser melhor a cada dia, avançar, agradar a Deus. Existem circunstâncias que acontecem comigo e meu pensamento é: eu posso fazer melhor. Por isso, lendo a parábola do bom samaritano em Lucas 10: 30-37 , fiquei refletindo sobre o nosso papel em relação às pessoas que precisam de ajuda.

Vamos imaginar a cena: Tem um homem caído na estrada, todo machucado, ferido e a impressão é que ele estava morto. Passam duas pessoas por ele, pessoas que tem conhecimento das leis de Deus, conhecidas naquela sociedade. Trazendo para nossa realidade é como se um fosse um diácono ou um ministro de louvor e o outro um professor da escola bíblica. Jesus está mostrando que passam pelo necessitado pessoas que são referências naquela comunidade, apenas olham e não tem nenhuma ação quanto a isso… Mas, eis que surge um samaritano, acolhe aquela pessoa machucada, cuida e a leva para uma pousada, deixando até dinheiro para cuidarem daquela pessoa enquanto ele estivesse fora.

Quem é o bom samaritano? São pessoas que podem não ter a mesma crença, fé, formação bíblica que a nossa, ou que não vão à nossa igreja e muitas vezes desprezamos, não queremos nem estabelecer relacionamentos ou vínculos de amizade, mas são eles que têm visitado, alimentado e cuidado dos que precisam.

Imagina alguém que você ama recebendo apoio destas pessoas? Podemos agradecer à Deus porque também são resposta de oração, afinal de contas os nossos estão sendo cuidados e supridos, mas onde estão os da fé? Que influência o cuidado que eles estão exercendo terá, inclusive, nas crenças do que está sendo assistenciado?

Esta foi minha reflexão ao ler a parábola. O que nós estamos fazendo?Como temos agido com as pessoas que temos convivido ou por aquelas que passamos direto por elas? Eu e você podemos ser usados por Deus, mas temos que agir e estar sensíveis para perceber as necessidades uns dos outros.

Tem momentos que eu fico perdida quando alguém me pede um conselho ou me conta uma história, sem saber o que dizer ou como ajudar. Porque o conhecimento de psicologia não trás sempre respostas, muitas vezes ela não é suficiente. Mas existe um poder e conhecimento dentro de nós que vem da vida zoe, ou seja, a vida de Deus dentro de nós, e é Ele que vai trazer a palavra certa para cada momento, porque foi Ele quem criou todas as coisas e Deus sabe exatamente como lidar conosco.

O conhecimento médico e psicológico é um fragmento muito pequeno diante da grandeza do conhecimento de Deus, porque Ele quem nos criou e sabe como funcionamos por dentro.

Como disse Davi  “ Tu conheces o meu sentar e o meu levantar; de longe conheces o  meu pensamento (…) sem que hajas uma palavra da minha língua, eis que , ó Senhor, tudo conheces” Salmos 139.2,4

Por quantas pessoas passamos direto essa semana e não demos a menor atenção ao que elas estavam passando e não percebemos que aquela pessoa estava com um semblante caído?

Podemos não ter dado atenção a alguém porque estávamos preocupados com a nossa própria vida ou pesando naquilo que queremos comprar, mas não pegamos aquele valor e suprimos algo para alguém.

Fico entristecida quando percebo que não fui rápida em suprir a necessidade de alguém e outra pessoa, sem o Espírito Santo, conseguiu fazê-lo. A nossa ausência de atitude não vai apenas deixar de abençoar as pessoas como vai deixar de influenciar na crença delas. Refiro-me à Palavra da fé, se aquilo não estiver sendo usado para abençoar as pessoas, de nada serve. (ver Tg 2.17)

Temos que ser conhecidos como o povo mais amoroso dessa Terra. Não deixe as pessoas perto de você se perderem. Eu não quero chegar atrasada na hora de abençoar alguém, porque o poder de Deus está dentro de mim para fazer com que eu perceba as necessidades das pessoas. Nós podemos fazer mais!

Quero lançar um desafio para você. Faça algo por alguém! Comece pelos de casa, observe as pessoas que passam por você. Sejamos bons samaritanos. Fique sensível e atento com as pessoas que estão necessitando de atenção, cuidados, oração, uma palavra ou de um abraço. Muitas pessoas poderão ser alcançadas e a Palavra será pregada através das nossas atitudes.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA