Evangelismo em tempos de pandemia

Postado em
0

por Luana Mayara

Hoje quero apresentar duas mensagens inspiradoras. Primeiro vou compartilhar algumas coisas que estão no meu coração e algumas ideias desenvolvidas no Projeto Ressurreição pelo . Depois minha convidada, Karine Passos, também vai contar a sua experiência de evangelizar através das redes sociais. Confira!

Há quase quatro meses, vivemos uma pandemia, reclusos em nossas casas, distante dos abraços, sem a rotina que sentimos falta. Essas palavras que são reais não são para desanimá-lo. O fato é que eu e você estamos em casa, e podemos aproveitar esse tempo para orar mais, ler mais a Bíblia, reavaliar a nossa vida. Esse período já está terminando, eu e você, mais uma vez, estamos na vantagem, porque tempo livre para o crente é a oportunidade de avivar as verdades eternas da Palavra.

Agora, eu fico pensando nas pessoas que estão no mundo, e quero que você pense comigo também sobre isso. Elas não conhecem a Palavra, então, é normal que o desespero, a tristeza e ansiedade venham sobre elas, e seja uma constante. Estão confinadas em casa, sofrendo de medo. Mas, sabe irmãos, nós carregamos o que elas precisam, nós precisamos nos lembrar sobre a nossa missão:

Pois, em Cristo, Deus estava reconciliando consigo o mundo, não levando mais em conta os pecados das pessoas. Agora, portanto, somos embaixadores de Cristo; Deus faz seu apelo por nosso intermédio. Falamos em nome de Cristo quando dizemos: “Reconciliem-se com Deus!” (2 Coríntios 5.19,20).

Nossa missão não é falar da doença, do Covid, dos governos, problemas temporários. NOSSA MISSÃO É RECONCILIAR O MUNDO COM CRISTO! É tempo de nos movermos em oração, para que como Igreja, como filhos ungidos tenhamos sabedoria, inspiração divina para pregar o evangelho. Uma palavra vinda do céu, uma ideia extraordinária pode mudar a vida de alguém para sempre.

O evangelho é o remédio que o mundo precisa, é o passaporte para o céu na terra, e a vida eterna com Cristo!

É possível pregar em tempos de pandemia? Com toda certeza, temos as redes sociais para divulgarmos a Palavra, o WhatsApp para lembrar de alguém e mandar uma mensagem! Podemos colocar as máscaras, o álcool em gel e doar alimentos, roupas, produtos de higiene pessoal. Isso é evangelismo? Evangelismo é anunciar as boas novas em Cristo, e alimentar as pessoas, com pães e peixes, é uma ferramenta para anunciá-las, que Deus não esqueceu delas.

Quero destacar duas ideias, uma é do projeto Ressurreição, grupo de evangelismo que tenho alegria de liderar aqui em Campina Grande. Recomendo que você assista ao vídeo abaixo. Os integrantes no início da pandemia oraram para que o Senhor lhes desse uma ideia para alcançar pessoas, um dos componentes recebeu uma inspiração de escrever cartas para os pacientes que estão reclusos nos hospitais, com Coronavírus, e outras doenças, que neste período não estão recebendo visitas. Escrevemos as cartas e enviamos, o resultado é que muitas pessoas foram abençoadas nos principais hospitais de Campina Grande. A outra ideia é do casal, Paulo Arquelino e Rosa Cristina, integrantes do discipulado do Verbo da Vida Sede, durante esse período eles pregavam a Palavra da calçada de sua casa para seus vizinhos. Veja o depoimento e as fotos abaixo:

“Tudo começou durante a pandemia, no mês de abril, com fechamento do comércio e das igrejas… Daí, ficamos preocupados, sem congregar. A gente ficava em casa lendo a Palavra, orando. Minha esposa, Rosa Cristina, teve uma visão enquanto orava, na qual o Espírito Santo lhe mostrou, adorando e louvando o Senhor na nossa rua, em frente a nossa casa. Então começamos a orar, e o Senhor nos direcionou para iniciarmos um trabalho de evangelização no local, Deus inclusive levantou pessoas para confirmar essa direção!

Foi então que formamos um grupo no WhatsApp, tivemos a ideia de imprimir os dois louvores que seriam ministrados e eu fui entregar de casa em casa, e avisar sobre o dia e a hora do culto na calçada. 

O dia chegou! Oramos, louvamos e abrimos para Palavra e testemunhos! Estamos até hoje, já faz 4 meses, desde o início da pandemia, todos os sábados, temos nosso momento com Deus. Toda a rua tem sido alcançada, pessoas curadas, reconciliadas. Muitas pessoas de outras religiões participam e recebem a Palavra da Fé!” (Paulo Arquelino).

Conforme citei acima, segue o texto “Evangelismo em tempo de crise”, de Karine Passos, da Igreja Verbo da Vida Benfica, em Fortaleza (CE), contando sobre sua experiência de utilizar suas redes sociais para compartilhar a Palavra inspirada por Deus. O ponto é “Você carrega o Espírito Santo, ele é criativo e tem ideias que podem alcançar pessoas através da sua vida, desenvolva a comunhão e seja inspirado!”:

“Há quem pense que é um excelente tempo para igreja se manifestar mais forte e ousada, e de fato isso deve acontecer. Mas será que temos aproveitado bem a situação com sabedoria, equilíbrio e amor?

É tempo sim de evangelizar!

O apóstolo Paulo diz que em tempo e  fora de tempo, devemos pregar a Palavra. O evangelismo tem que estar nas veias espirituais dos nascidos de novo, dos filhos se Deus. Isso não é algo separado aos missionários ou a um grupo capacitado dentro da igreja.

Evangelizar é o que mais Jesus fez. Até mesmo mais que curar, podemos ver o quanto Jesus pregava para as pessoas incansavelmente. O maior intuito de Cristo era anunciar o Reino de Deus, porque ele sabia que só o reino introduzido dentro das pessoas, seria capaz de trazer uma vida e uma expectativa diferente da realidade que elas tinham.

Precisamos desenvolver uma vida onde anunciamos a Cristo, constantemente, no nosso cotidiano. Costumo dizer que mais vale aquele que se disponibilizar do que o que tem talento, mas esconde e não multiplica.

Tenho visto no decorrer desses anos, como filha de Deus, Deus me usando de forma muito especial na escrita. Na verdade, desde que vim para o Senhor, uma das primeiras coisas que pude ouvir dele foi “Eu lhe dou as redes sociais como púlpito. Pregue para eles!”

Tenho visto Deus me inspirando e levando Cristo a uma multidão de pessoas que não posso mensurar. E digo isto, porque foi isso que Deus me disse, quando ainda lá no começo eu só recebia pedradas! E isso tudo, porque lá no início eu disse sim para o Senhor: “Use-me a mim Senhor!”

Aprendi com esses anos como me comportar de forma equilibrada para não escandalizar o evangelho. E Deus tem derramado de sua sabedoria a cada frase, texto, vídeo. Quer seja como ele deseje me usar. Mas sabendo que Cristo tem que ser a essência de cada mensagem, porque cada mensagem deve ser a oportunidade de salvação. Lembro-me bem de quando Deus disse: “Apague. São os seus sentimentos. Você está aqui para pregar a minha Palavra!”.

Temos direitos a ter sentimentos. Mas devemos ser responsáveis com uma vida que exale louvor e a adoração a Deus. Suas redes sociais devem ser de Deus tanto quanto você diz ser d’Ele.

Sim, estamos em um tempo que podemos e devemos fazer mais para o reino de Deus. E é sim, é totalmente possível você ganhar corações para Cristo, a partir do momento que você estiver disposto a servi-lo de todo coração.

‘Pregue a palavra, esteja preparado a tempo e fora de tempo, repreenda, corrija, exorte com toda a paciência e doutrina’ (2 Timóteo 4.2).”

Portanto, como você pôde perceber, todas as experiências aqui, compartilhadas, apontam para a seguinte conclusão: 

“Você carrega o Espírito Santo dentro de si, ele é criativo e tem ideias que podem alcançar pessoas através da sua vida, desenvolva a comunhão e seja inspirado!”

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA