Subir de nível

Postado em
0
1211

Por: Luana Mayara

Estamos vivendo os últimos dias, em breve nos encontraremos com Jesus nas regiões celestiais, por isso não podemos viver de todo jeito. Mas, precisamos atentar ao que está escrito na Palavra de Deus, colocando-a em prática independente dos sentimentos e da vontade humana.

Uma das coisas que percebo é que muitos de nós estamos nos embaraçando em coisas pequenas do dia a dia, especificamente na área de relacionamentos. Facilmente ficamos aborrecidos, guardamos mágoas, não liberamos perdão, não escolhemos o amor de Deus.

O diabo nem precisa usar as “grandes coisas” pra nos tirar do alvo, porquanto, cada um de nóscom as nossas escolhas diárias, estamos nos distraindo e perdendo o foco. A bíblia diz: “Apanhem para nós as raposas, as raposinhas que estragam as vinhas, pois as nossas vinhas estão floridas.” Cânticos 2:15

São as raposinhas, as coisas pequenas que estão DEVASTANDO as vinhas floridas da nossa vida privada, e do corpo de Cristo. Depois ainda nos questionamos por qual motivo a prosperidade de Deus não está nos acompanhando?

 Deve ser porque não guardamos nossa língua, “cortamos” todo mundo, nos ofendemos, não perdoamos, não andamos em compaixão, agimos por interesse e vaidade, etc. E infelizmente não nos arrependemos de atitudes carnais, vivemos fazendo de conta que está tudo bem quando, na verdade, não está.

Precisamos e podemos melhorar, nascemos de novo, carregamos em nosso espirito o DNA de Deus, somos como ELE é. Vamos crescer em Amor! O amor de Deus foi derramado em nossos corações pelo Espírito Santo, não foi gotejado, e sim derramado em abundância. Portanto, sejamos imitadores de Deus, como filhos amados, e vivamos em amor, como também Cristo nos amou e se entregou por nós como oferta e sacrifício de aroma agradável a Deus (Romanos 5.5; Efésios 5:1,2).

Se alguém foi ríspido conosco,não devolvemos na mesma moeda, senão nos tratou como acreditamos ser o correto, não ficamos ofendidos, simplesmente perdoamos.

A falta de unidade em nosso meio tem minado o Poder de Deus em primeiro lugar em nossa vida privada, em segundo no avanço do Corpo de Cristo aqui na terra. Uma igreja dividida, cheia de contendas e partidarismo não chama atenção do mundo perdido. As pessoas querem participar de um ambiente de paz, de descanso, de renovo, cheio do amor de Deus.

É uma infantilidade não recebermos a Palavra de Deus de uma pessoa porque não gostamos do jeito dela, ou porque tivemos uma experiência desagradável com aquela pessoa. Outra coisa também,não temos que ficar chateados se as pessoas não curtem nossas publicações nas redes sociais, não falam conosco direito, porque isso é tudo besteira.

Não propaguemos a experiência negativa que tivemos com uma determinada pessoa, irmãos.Aquela situação especifica foi conosco. Se divulgarmos,automaticamente iremos matar a influência daquela pessoa, iremos impedir uma amizade, uma conexão divina florescer.  Até porque se perdoamos como costumamos afirmar, não iremos falar mal, esse é um assunto encerrado, morto.

Irmãos, não faleis mal uns dos outros. Quem fala mal de um irmão, e julga a seu irmão, fala mal da lei, e julga a lei; e, se tu julgas a lei, já não és observador da lei, mas juiz. Tiago 4:11

Não somos tão “perfeitinhos” como acreditamos ser, às vezes tenho a ligeira impressão que nos achamos bons demais, e a verdade é que todos os dias estamos crescendo, nem sempre somos legais como aparentamos ser nas redes sociais.

Outra coisa também são como as pessoas vivem, o que elas publicam, fazem ou deixam de fazer não é da nossa conta. Então, vamos para de julgar, de criticar uns aos outros.  Estamos perdendo tempo dando atenção a um monte de bobagem,enquanto o mundo está lá fora sofrendo na escravidão do pecado.

Vamos ganhar tempo orando, estudando a palavra, usando as redes sociais para o bem e não para o mau.  Abandonemos um nível medíocre de vida, de comportamento, afinal,nascemos de novo para reinar em vida, dominando pensamentos e atitudes que pertencem ao velho homem.

Somos reis, e o nosso negócio é o crescimento do Reino. Vamos dar atenção aos assuntos que fazem o Reino avançar – a pregação da evangelho!

O que fazemos aqui ecoa na Eternidade, um dia iremos prestar contas a Deus pela forma que estamos vivendo, inclusive como tratamos uns aos outros no dia a dia. Portanto que o Amor de Deus seja nosso alvo, e assim quando tentados a revidar o mal com o mal, ofensa com ofensa, ao contrário, iremos abençoar (I Pedro 3.9).

Faça o bem a você, e a sua saúde.

Libere perdão, esqueça, não guarde mágoas.

Escolha o amor de Deus que acredita no melhor de todas as pessoas.

E pense da seguinte forma: todo mundo é gente, ás vezes fala demais, faz besteira, ofende as pessoas, não acorda com o melhor humor, não tem opiniões em comum, etc.

Quem nunca errou? Quem nunca feriu alguém?

Quem nunca se arrependeu de algo que pensou, falou, ou fez?

Se não somos perfeitos, não temos que esperar que as pessoas sejam perfeitas.

Vamos subir de nível escolhendo o amor de Deus!

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA