Seguindo o plano de Deus

Postado em
1
431

por Manoel Dias

*Transcrição de trechos da mensagem dele na Conferência de Ministros Verbo da Vida Nordeste 2017

Paulo chegou ao fim da sua carreira e disse: “acabei a carreira e guardei a fé“. É muito importante termos um comportamento constante durante a carreira, para podermos dizer isso quando chegarmos ao fim.

Mesmo estando no ministério, nós ainda temos uma carne para dominar. Precisamos nos posicionar diante das ofertas de satanás. E quanto mais cheio do Espírito da verdade eu estiver, mais estarei fortalecido para não ser enganado pelo diabo.

É importante a empolgação na largada, mas é importante concluirmos com a mesma intensidade.

A nossa vida cristã já é uma carreira. Mas, o que Deus tem proposto para nós ministerialmente?

Hoje, é o momento para você queimar as coisas do passado e, avançar nas coisas que Deus tem para você.

“Dou graças a Deus, a quem desde os meus antepassados sirvo com uma consciência pura, de que sem cessar faço memória de ti nas minhas orações noite e dia; Desejando muito ver-te, lembrando-me das tuas lágrimas, para me encher de gozo; Trazendo à memória a fé não fingida que em ti há, a qual habitou primeiro em tua avó Lóide, e em tua mãe Eunice, e estou certo de que também habita em ti. Por cujo motivo te lembro que despertes o dom de Deus que existe em ti pela imposição das minhas mãos”. (II Timóteo 1.3-6).

Às vezes, pensamos no ministério como uma coisa só nossa. Mas, quanto mais o evangelho entra em mim, mais o egoísmo sai.

Não é interessante que Deus levante pais e mães espirituais em momentos específicos da nossa vida? Deus levantou Paulo para fazer Timóteo alçar voos mais altos. Nunca se esqueça das pessoas que lhe ajudaram, não deixe o sucesso e glória roubar a simplicidade de Deus na sua vida. Não deixe aquilo que você faz ou algo que você tem roubar o adorador que tem dentro de você.

Não se conforme com o mundo, com a mesmice que tá de fora, reaviva o dom de Deus!

Não tem como olharmos para frente, sem olharmos para trás e ver as pessoas que Deus um dia usou. Nós estamos debaixo de um mover de gerações.

A nossa obediência afetará o destino de vidas, famílias, nações. Então, não podemos tomar isso como um coisa simples, leve.

Vamos ouvir as pessoas falarem perto de nós assim como falaram de Paulo e os discípulos: “Quem são esses que têm sacudido as cidades?”.

Não é só porque você já descobriu o seu chamado que o plano de Deus acabou para você. Tem muito mais para Deus revelar-lhe.

Existem três atitudes que não podem sumir da nossa vida: humilhação, adoração e quebrantamento.

Nós vamos encontrar na Bíblia, cerca de 10 a 12 vezes, Davi dizendo: “Esperei com paciência no Senhor”. Davi tinha unção para ir para as guerras, ele sabia usufruiu da unção ministerial, mas ele dizia que preferia um dia na presença do Senhor do que mil em qualquer outro lugar.

Jesus se humilhou até a morte e morte de cruz. Se a gente não se humilhar a soberba começa a crescer em nosso coração. Isso pode afrontar o plano de Deus na nossa vida.

É possível alguém mais maduro espiritual entender coisas do plano de Deus para a sua vida, que você nem viu ainda. Existe uma unção sobre esse ministério para despertar vocacionados. Quem estiver perto de nós vai ser despertado a cumprir o chamado de Deus.

Três inimigos: o mundo, a carne e o diabo. Três atitudes: quebrantamento, humilhação e adoração.

João naquela visão percebeu que havia um livro que ninguém abriu  e, um ancião se levanta e diz que o cordeiro é o digno de abrir o livro. Jesus se humilhou e Deus o exaltou. Existem livros no trono de Deus sobre a sua vida que ainda não foram abertos. Sobre cidades, sobre igrejas, sobre nações…

Deus não vai se mover no que não nasceu no coração dEle.

“Quem é como o sábio? E quem sabe a interpretação das coisas? A sabedoria do homem faz brilhar o seu rosto, e a dureza do seu rosto se muda. Eu digo: Observa o mandamento do rei, e isso em consideração ao juramento que fizeste a Deus. Não te apresses a sair da presença dele, nem persistas em alguma coisa má, porque ele faz tudo o que quer. Porque a palavra do rei tem poder; e quem lhe dirá: Que fazes? Quem guardar o mandamento não experimentará nenhum mal; e o coração do sábio discernirá o tempo e o juízo”. (Eclesiastes 8.1-5)

Fico pensando sobre nós, nós da palavra da fé. Se tem um povo que vai ser julgado com mais severidade quanto a ser guiado pelo Espírito, seremos nós. Porque fomos muito bem instruídos sobre o assunto. Muitos de nós podemos ensinar sobre isso, mas a questão é: você está sendo guiado?

Não é o seu ministério é o ministério do Espírito Santo através da sua vida.

Aprenda a se mover na unção que Deus tem sobre a sua vida. Se consagre para ela aumentar.

A Bíblia falar sobre vigiar quanto ao inimigo, mas que tal vigiar a Deus? Subir na torre de vigia. Ter uma sintonia tão profunda com Ele que isso será normal para você.

Às vezes, as pessoas estão olhando para nós e elas não querem ver o nosso conhecimento, eles querem ver se somos adoradores, quebrantados por dentro.

Quando nos humilhamos, nos encontramos nesse lugar de simplicidade, assim ficamos flexíveis nas mãos de Deus.

Transcrição da mensagem de Manoel Dias na Conferência de Ministros Nordeste 2017.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA