Falando aos ministros

Postado em
0

Hoje quero direcionar meu texto aos líderes. Talvez vocês tenham dificuldades em delegar responsabilidades, talvez tenham  dificuldades de definir com clareza as atribuições dos seus liderados.

“Olhe eu quero que você me ajude fazendo isso”.

Essa pode parecer uma coisa simples, mas nisso podemos estar negligenciando e isso pode comprometer significativamente os resultados que desejamos alcançar.

Se não administramos bem a nossa casa, não administraremos bem o nosso ministério. Isso é quase 100% de certeza.

Paulo fala que se não governamos bem a nossa casa, como é que vamos cuidar bem da igreja de Deus?

Nós como pais precisamos dar responsabilidades aos nossos filhos e a nossa esposa. Eles precisam saber qual o nível de contribuição que eles têm na família.

Quando você aprende não só a dar responsabilidades em casa, mas também a monitorar e acompanhar, você fará na igreja da mesma forma.

Hoje em dia, é desafiador fazer tudo isso na família bem mais do que era antigamente.

Antes, o filho herdava a profissão do pai. Você não tinha que direcionar seu filho profissionalmente. Não precisava monitorar o boletim e nem o que ele via na TV porque era tudo muito mais tranqüilo.

Da mesma forma que hoje a nossa família exige mais, o ministério exige mais.

Você está pronto, tem as ferramentas em Deus para poder funcionar de forma excelente. Você só precisa acionar essas ferramentas e então, fazer uso delas. Porque você foi chamado e qualificado para fazer as coisas de forma excelente.

Deixa-me te dá uma boa notícia: Você não está sozinho!

Você tem pessoas ao seu redor para te ajudar,  acompanhar,  treinar e orientar. Aproveite esse apoio e essa estrutura que está disponível para você caminhar bem.

Sabe por que não crescemos na mesma velocidade em que outros ministérios crescem? Porque a gente não levanta as pessoas de qualquer jeito. Isso significa que você não foi levantado por acaso. Você não caiu de pára-quedas no ministério.

Para levantarmos pessoas precisamos conhecê-las no caráter e procedimento. Claro, que são pessoas que ainda têm muitas coisas a serem desenvolvidas, como qualquer um de nós.

Eu considero um privilégio para nós, termos a estrutura que temos em nosso ministério.

As coordenações, departamentos e supervisões foram criadas para te ajudar em todos os aspectos e em todos os níveis que você precise. Então, aproveite e desfrute disso.

Cada reunião que a liderança convida, cada evento, que a liderança do Ministério tem com os ministros, é uma oportunidade de crescimento. É sempre um tempo precioso em que coisas são transmitidas e, essas coisas irão ajudar vocês.

A Conferência de Ministros tem um propósito, a Reunião de Pastores tem outro propósito, as Conferências de Homens e Mulheres têm propósitos diferentes. Nada é feito por acaso.

A gente não faz eventos apenas para ocupar as pessoas. Os eventos são com propósito e acontecem por causa de uma visão que nós temos.

Existem coisas que precisam estar dentro dos nossos ministros, coisas que sabemos que você precisa se munir, orientações que irão puxá-lo para cima.

Esteja envolvido nesta estrutura, não negligencie, pelo contrário, valorize, faça questão de participar.

Nós temos interesse que você esteja perto de nós e que você cresça, floresça e que possas produzir tudo o que em Deus você foi chamado para produzir.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA