Consciência da presença de Deus

Postado em
0


“Porque a tua benignidade é melhor do que a vida, os meus lábios te louvarão.
Assim eu te bendirei enquanto viver; em teu nome levantarei as minhas mãos”. (Salmos 63.3-4)

Deus tem provado para nós esses dias o quanto Ele tem cuidado de nós.

Diante das coisas que tenho visto acontecer tenho pensado: “Senhor, quem pode medir o tamanho do seu amor?. Como é grande a sua bondade, misericórdia,  graça e o seu poder.”

Você não tem ideia do quanto Deus é amoroso e cuidadoso conosco. Ele tem cuidado da sua vida todos os dias e talvez você só saiba disso quando chegar ao céu. Ele tem te livrado do homem maligno, tem evitado que o mal chegue sobre ti, sobre a tua casa e nós precisamos ter gratidão em nosso coração. Precisamos reconhecer a presença que está em nós.

Existe algo que destrói a nossa vida espiritual e nossa intimidade com o Senhor, o costume. O costume destrói a sua fé, ele acaba com o seu fervor e com a força de Deus que existe dentro de você

“Examinai-vos a vós mesmos, se permaneceis na fé; provai-vos a vós mesmos. Ou não sabeis quanto a vós mesmos, que Jesus Cristo está em vós? Se não é que já estais reprovados”. (II Coríntios 13.5)

Ele manda examinarmos a nós mesmos, para ver se de fato, estamos andando na fé.  Fé em Deus é a base da nossa vida cristã. As vezes, estamos vivendo na igreja, em meio aos irmãos em Cristo, mas não estamos com a consciência da sua presença dentro do nosso coração.

Algumas pessoas ficam na igreja porque gostam da música, outras se sentem bem porque estão no meio de pessoas agradáveis, porque se sentem amadas, porque são bem recebidas, as vezes, estão pesadas, desencorajadas e se sentem animadas lá, algumas se sentem tão leves quando estão na igreja. Sabemos que podemos ouvir a Palavra até sermos aliviados por ela, podemos gostar das músicas e de estar perto dos irmãos. Podemos até fazer a obra de Deus, mas a nossa vida pode estar reprovada na fé.

O que nos livra de errar e pecar, de viver uma vida de costume é a consciência da presença de Deus em nós e isso é algo ativo e constante. Tenha a consciência do por que está fazendo as coisas.

Em tudo o que for realizar tenha a motivação certa. Qual a sua motivação em cantar, evangelizar e pregar?

Isso te manterá afogueado. Muitos vêm e vão e não se mantém porque não tem essa consciência. Elas não conseguem ser fervorosas de espírito, porque lhes falta essa consciência.

Deus não nos chamou para viver uma vida de costumes. Quando lemos sobre a história de Elias e Eliseu tem uma passagem em que eles perguntaram: Onde está o Deus de Elias? E nós sabemos que houve uma manifestação e operação sobrenatural e eles viram onde estava o Deus de Elias.

Mas, nessa geração nós somos os Elias de Deus. Eu te pergunto: onde estão os Elias de Deus? Quem são as pessoas que irão manifestar o poder? Quem vai ativar e liberar o avivamento que está pronto para acontecer?

Existe uma unção disponível para nós manifestarmos a presença de Deus onde estivermos. Destravando coisas, situações e condições por causa da presença que elas carregam. Onde estão essas pessoas que vão condenar as obras do diabo?

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA