O papel do homem e da mulher

Postado em
0

por Sylvia Lima

A mulher é uma força de trabalho e elas fazem tantas coisas… Você pode observar que tem mulher em todo lugar. Elas são força, mas também são o cuidado, a atenção aos detalhes, são aquele “pente fino”. As mulheres costumam dar forma, zelar, e trazer a característica da maternidade para o que faz.

A mulher é detalhista e a peneira dela é muito fina. Ela vê coisas tão pequenas e que poderiam ser consideradas insignificantes, mas que se deixarmos passar, vai fazer toda a diferença e ser muito mais difícil. A mulher é facilitadora, ela é estratégica sabe se mover em todas as esferas. São características comuns entre elas. As mulheres sabem estar em um lugar bem arrumadas, sorrindo, e ao mesmo tempo sabem colocar a mão na massa e fazer acontecer.

As mulheres são capazes e aptas.

Tendo falado isso, é bom refletirmos que os homens e mulheres não são iguais. Temos o mesmo acesso, o mesmo direito e a mesma benção através da Palavra e diante do Senhor. Neste sentido, somos iguais, mas temos papéis diferentes. Não existe necessidade de que nós queiramos ser iguais a homens, no sentido de medir a capacidade, querer o mesmo espaço ou fazer as mesmas coisas. Não é que não sejamos capazes de fazer, pois se precisar, podemos fazer. 

Não há inferioridade, mas nós temos papéis diferentes dentro do plano de Deus.

Quando a mulher sai daquilo que Deus lhe chamou para ser, se torna pesado. É como alguém que tenta cumprir um chamado que não é o seu. As coisas se tornam pesadas e dificilmente haverá acerto. A orientação é sempre para você não ser o que você não é. Em relação ao chamado, assumir o que não é seu, abre brechas até mesmo para espíritos enganadores. Creio que é assim com relação ao papel do homem e da mulher. Quando você está fazendo aquilo que você não é criado para fazer, você vai dar lugar a estes mesmos espíritos, colocando uma carga sobre si mesmo.

Vejo mulheres querendo ocupar cargos que não são para elas, mas a mulher não é o homem. Existem coisas que precisamos deixar os homens fazerem. Vejo que as mulheres estão nessa luta para serem iguais a eles e fazerem tudo o que fazem, mas elas estão confundindo direitos com papéis. Já temos todos os direitos, mas não podemos nos retirar do papel especial que temos. 

Claro que sei que existem mulheres que criam os seus filhos sozinhas, precisam ser a mulher e o homem da casa muitas vezes, o Senhor as sustenta para assim o fazer. Mas, estou abordando aqui de forma geral.

Existe um poder importantíssimo na mulher, que é o de construir seres humanos e instruir pessoas. Formar lares e conduzir pessoas é algo muito grande e não é uma tarefa inferior. 

A mulher é uma articuladora (no bom sentido). Sabe fazer tudo com graça e sabedoria e isso não é fraqueza, é força. Se buscamos sabedoria, temos as palavras certas para falar, por exemplo. A mulher sábia tem o poder de construir coisas. As palavras terminam as guerras e começam as guerras. Se temos a inteligência de Deus, podemos fazer muita coisa mudar e essa é a maior necessidade que se tem. 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA