A necessidade de servirmos

Postado em
0
8

por Thiago Borba

“Mas, irmãos, escolhei dentre vós sete homens de boa reputação, cheios do Espírito e de sabedoria, aos quais encarregaremos deste serviço; e, quanto a nós, nos consagraremos à oração e ao ministério da palavra. O parecer agradou a toda a comunidade; e elegeram Estêvão, homem cheio de fé e do Espírito Santo, Filipe, Prócoro, Nicanor, Timão, Pármenas e Nicolau, prosélito de Antioquia. Apresentaram-nos perante os apóstolos, e estes, orando, lhes impuseram as mãos. Crescia a palavra de Deus, e, em Jerusalém, se multiplicava o número dos discípulos; também muitíssimos sacerdotes obedeciam à fé” (Atos 6.3-7)
 

Conhecemos este texto como sendo a instituição dos diáconos. Nesse contexto, a Palavra diácono significa serviço, ministério. Ele acontece ao menos 6 meses depois de Jesus ter ressuscitado. Depois que Cristo foi aos Céus, se passa uma semana e os discípulos são cheios do Espírito, passam a fazer aquilo que foram chamados para fazer.

Em um intervalo de 4 à 5 meses, a Igreja passa de 120 para 5 mil pessoas. Os discípulos lideraram esse movimento, mas eles não tinham experiência nenhuma no pastoreio, então os problemas começam a surgir. Algumas pessoas se sentiram desprivilegiadas, abandonadas e, com isso, os discípulos viram a necessidade de mais gente trabalhando.

Doze pessoas não era mais suficiente. Eles entenderam que precisavam envolver mais pessoas. Precisaram de mais gente para servir. O jeito de Deus resolver os problemas da Igreja é colocando gente para servir. Quero que você esteja motivado a servir na tua igreja local.

Servir é uma necessidade, primeiramente para nós.

Os discípulos estavam lá procurando pessoas, mas não qualquer pessoa, existiam características específicas. Muitas vezes, nós colocamos dificuldades demais para servir, mas por mais que existissem essas características, os cristãos de lá não tinham mais de 6 meses de crente. Por mais que existissem critérios, estes não eram tão rigorosos. Então mais pessoas começaram a se envolver com o serviço da igreja naquele período.Se você nasceu de novo, isso já é o suficiente para você servir.

A Bíblia diz que para Jesus se tornar servo, Ele teve que se tornar homem (Filipenses 2.5-7). Isso mostra que o homem foi feito para ser servo. Muitas vezes, não estamos estimulados com isso porque não entendemos sobre serviço com a ótica bíblica, mas com a ótica humana.

Jesus disse que no mundo existe um conceito sobre quem é maior (Lucas 22.24-27), mas esse conceito não serve para Igreja. Jesus se coloca como referencial para nós, ele disse que na Igreja o maior deve servir. Servir é para quem é maduro.

Servir é um pré-requisito para o crescimento, não existe crescimento sem serviço, não dá para crescer sem serviço. Quando eu sirvo, eu estou crescendo, eu estou avançando, eu estou servindo porque eu preciso. Fomos criados para servir, para fazer alguma coisa com as habilidades que Deus colocou na nossa vida. Não foi a toa que Ele nos deu tanta capacidade, foi para abençoar as outras pessoas.

Tudo o que Deus colocou na nossa vida, foi para nos abençoar também, mas antes para que possamos abençoar as outras pessoas. Todas as bênçãos que Deus nos dá, nos dá sobrando para que possamos abençoar as outras pessoas, para que as que estão perto de você possam ser abençoadas. Aqueles que estavam perto de Pedro, na pesca maravilhosa, mesmo sem nenhum esforço, foram abençoados.

O escritor de Hebreus repreende as pessoas que já estavam há algum tempo na Igreja, já tinham um certo conhecimento da Palavra de Deus e não eram atuantes (Hebreus 5.11-13). Existe uma expectativa de que alguém que ouve a Palavra por determinado tempo, já esteja pronto para ensinar o outro. Ele não está falando somente para ministros, ele está falando para o povo da Igreja.

Nós temos que ser um canal do que Deus coloca na nossa vida. Tem que passar por nós, não pode ficar retido na nossa vida. Se você ouve a Palavra você deve ensiná-la. Tudo que Deus faz chegar na tua vida, é sim para você, mas não é só para você.

Sabe o que acontece quando você transmite para outros? Eles transmitem para outros. Tudo o que Deus faz chegar na tua vida, é sim para você, mas não é só para você. Fomos chamados para ser canal das bênçãos de Deus, para transmitir o que temos recebido para os outros através de serviço, através do servir as pessoas.

Quando queremos só para nós, Deus nem nós dá. Se o que a gente recebe de Deus é só para nós, tem alguma coisa errada. Você foi criado para ser servo, para abençoar as pessoas com aquilo que Deus tem feito chegar na tua vida.

Não existe crescimento sem colocar a nossa vida à disposição das pessoas.

Deus tem dado dons a algumas pessoas, que não são para elas, mas para o Corpo. Você é responsável pelo crescimento da tua igreja. Se você não está servindo, você está parado, não está crescendo. Se Deus te colocou em uma igreja, é para você servir lá, não seja um crente consumidor.

No Corpo de Cristo a gente não só consome, a gente primeiro dá. O que recebemos dEle é para dar para pessoas. O que você recebe financeiramente não é só para você não, é para que você possa abençoar outros.

Se você têm possibilidade de crescer, ore para que possa cooperar com o crescimento do outro. Existem muitos lugares na tua igreja onde você pode servir. São muitas as formas de servir no Corpo. Uma dessas formas é estar em um departamento da igreja.

Se você não está envolvido em algum departamento da igreja, você está perdendo uma grande oportunidade de crescer.

Deus tem muitas ferramentas para nos fazer crescer, mas a questão não é somente você estar na igreja, e sim quem está esperando você lá. Sirva de alguma forma, sirva em um departamento, sirva ao pastor. Ministério é também para servir às pessoas. Não existe chamado sem pessoas.

Muitas vezes, a vontade de Deus para tua vida será apenas seguir alguém enviado por Deus, com uma visão, uma missão, um líder, um pastor e servir esta pessoa é servir a Deus. Servir às pessoas é servir a Deus.

Amar a Deus passa por amar as pessoas, servir a Deus passa por servir as pessoas.

Não tenha o sentimento de Caim. Ele matou Abel tentando agradar a Deus, ele achou que podia agradar a Deus eliminando a concorrência, mas o único jeito de agradar a Deus é servindo as pessoas.

Você vai servir as pessoas com aquilo que você tem. Quando estivermos reunidos, um vai ter salmo, outro um cântico, outro um sorriso, outro um abraço. Com o que você tem.

Sempre tive dificuldade de entender como juntar os dois conceitos, de serviço e liderança. No conceito do mundo, servir está ligado à submissão e não à liderança. Agora, imagine que a partir de hoje eu vou conseguir uma pessoa que vai cuidar de você. Do que você vai comer, do que você vai vestir; você não iria mais se preocupar com as tuas necessidades. Seja sincero, quando você pensa em uma pessoa nesse perfil, você pensa em alguém que vai liderar a tua vida, ou que vai ser submisso?

Provavelmente você pensa em alguém submisso. Eu tinha esse pensamento atrelado ao conceito do mundo, até que eu fui pai. Entendi que mesmo sendo autoridade sobre meu filho, eu fazia tudo isso para ele. Eu cuido da roupa dele, da comida dele. Para tudo o que ele precisa eu estou lá, mas, ao mesmo tempo, eu sou autoridade sobre a vida dele, mesmo estando o tempo todo servindo meu filho.

Não é a toa que a forma de Deus estar num relacionamento conosco é se mostrar como pai. Ele diz: “eu sou pai, sou autoridade sobre a tua vida, mas mesmo assim eu te sirvo”.

Você não precisa de motivo para servir. Não importa onde você estiver, se embaixo, ou em cima, você precisa servir. Procure a oportunidade de servir, principalmente nos departamentos da igreja. Se esforce para servir. Servir não é uma opção do crente, é uma necessidade.

*Texto retirado do site da Igreja Verbo da Vida Sede em Campina Grande-PB.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA