O que você quer ser quando crescer?

Postado em
0

por Thiago Borba

O que você quer ser quando crescer? Vamos falar um pouco hoje sobre crescimento espiritual.

Que quer que todos os homens se salvem, e venham ao conhecimento da verdade” (I Timóteo 2.4)

Deus deseja sim que todos os homens sejam salvos, mas o mesmo desejo que Ele tem na salvação das pessoas, Ele também quer que cheguem ao pleno conhecimento da verdade. A salvação é o só primeiro passo da vontade de Deus para você, com um objetivo: chegar ao pleno conhecimento da verdade. Deus tem tanto interesse na nossa maturidade, como tem na salvação. Ele quer que você cresça.

Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém” (Mateus 28.19-20)

A instrução de Jesus é para ganhar pessoas, mas também que as instrua, que as ensine.

Nós estamos crescendo, o nosso ministério tem crescido, mas nós também precisamos ter o desejo de crescer individualmente a cada dia.

Quando você entende o que é crescimento espiritual até os seus relacionamentos serão diferentes. Você vai ter mais misericórdia, mais compaixão, vai entender que as pessoas ainda estão crescendo. De criança a gente espera atitude de criança, mas de adulto é diferente. Eu queria poder dividir as pessoas da igreja em salas diferentes, os com mais maturidade numa sala e os com menos maturidade em outra, mas o que acontece é que estamos todos juntos no domingo na igreja ouvindo uma mesma mensagem. Nós precisamos decidir crescer, individualmente.

Desejai afetuosamente, como meninos novamente nascidos, o leite espiritual, não falsificado, para que por ele vades crescendo” (I Pedro 2.2)

Essa expressão “leite espiritual” está falando da Palavra. Então, ele está falando sobre crescer se alimentando da Palavra.

A palavra “meninos”, nesse texto, é a palavra “Brephos” no grego, que significa recém nascido.

Criança agindo como criança é normal, adulto agindo como criança é ridículo.

Entenda bem o nível espiritual que você deveria estar vivendo para que você possa trabalhar para isso e crescer. Nós precisamos crescer.

Digo, pois, que todo o tempo que o herdeiro é menino em nada difere do servo, ainda que seja senhor de tudo; Mas está debaixo de tutores e curadores até ao tempo determinado pelo pai. Assim também nós, quando éramos meninos, estávamos reduzidos à servidão debaixo dos primeiros rudimentos do mundo. Mas, vindo a plenitude dos tempos, Deus enviou seu Filho, nascido de mulher, nascido sob a lei, Para remir os que estavam debaixo da lei, a fim de recebermos a adoção de filhos. E, porque sois filhos, Deus enviou aos vossos corações o Espírito de seu Filho, que clama: Aba, Pai. Assim que já não és mais servo, mas filho; e, se és filho, és também herdeiro de Deus por Cristo” (Gálatas 4.1-7)

Se você lê desde o capítulo 3, vai ver que Paulo está explicando a nossa condição de nascidos de novo. Ele disse que chega um tempo de maturidade que a criança, na cultura da época, precisava de um tutor, até o dia que recebia a sua independência. A palavra “menor” é traduzida pela palavra “nepios” no grego, que significa “criança que ainda não fala”, uma criança que ainda está aprendendo a falar. Depois que a criança atinge uma certa maturidade, se torna independente e passa a representar ao pai onde ele chegar. Para isso, ele usa a palavra “huios”, que é o filho maduro, adulto.

Jesus, quando é referido como filho de Deus no Novo Testamento, é usado a palavra “huios”, um filho maduro, adulto, que poderia negociar em nome do seu pai. Mas, nem sempre quando se refere a nós como igreja é usada essa palavra. Quero mostrar que existem algumas coisas que nós temos como direito em Cristo, mas só vamos desfrutar quando chegarmos a um nível de maturidade maior.

Quando Jesus foi batizado uma voz ecoou do céu dizendo: “Esse é o meu filho amado”, ali Ele está sendo apresentado como “huios”, um filho maduro, que representa bem ao seu Pai. Por isso que Jesus tinha tanta ousadia.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA