Seja Flexível

Postado em
1
852

A intransigência leva um líder a acreditar que não existem novas formas de atingir bons resultados ou outro jeito de fazer as coisas, senão aqueles de sempre. Assim são bloqueadas as novas ideias, novos talentos, novos líderes.

Donald R. Keough, ex-presidente da Coca-Cola Company, disse: “Quando as condições à sua volta mudarem, adote a inflexibilidade. Teime em ser intransigente. Mantenha-se irredutível. O fracasso é certo”. E o poeta William Bake escreveu: “O homem que jamais muda de opinião é como água estagnada, e é nela que se proliferam os répteis da mente”.

A inflexibilidade de um líder muitas vezes é nutrida pelo medo de mudanças e acomodação ao conforto da rotina e da situação atual. Agir assim, paralisa o desenvolvimento da equipe e de novos líderes.

Ser flexível não significa ficar adiando decisões o tempo todo, tampouco se esconder diante de tomadas de decisões difíceis. A flexibilidade e a capacidade de se adaptar são atributos essenciais dos líderes, qualidades que vão além da mera competência técnica.

O pensador Alfred Whitehead observa: “A arte do progresso consiste em manter a ordem durante as mudanças e promover mudanças no período de estabilidade.”

O desenvolvimento de pessoas está conectado à busca contínua de modos melhores de fazer coisas melhores.

Nesse sentido, a flexibilidade é um processo contínuo e profundamente criterioso e, quando necessário, cada situação é analisada para que seja feita a adequação rápida às circunstâncias.

O líder ideal é capaz de escolher entre diversas opções para atender situações adversas. Um bom exemplo de líder flexível é uma pessoa que aprende novas habilidades, para uma nova função, antes mesmo de alguém pedir. Este é um líder que encontra meios de viabilizar sua própria promoção.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA