A natureza da igreja

Postado em
0
SUELLEN E AGENCIA-02Atos 1:8 nos diz: mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e sereis minhas testemunhas tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria e até aos confins da terra.

As palavras de Jesus mostra-nos como deveria ser o comportamento da igreja desse dia em diante. Para Jesus, os apóstolos deveriam iniciar uma trajetória dinâmica e crescente a partir do seu eixo local e ir até o mais distante possível, testemunhando do que ouviu e viu da parte Dele.
Jesus mudou de ideia após todos esses anos? Não! As suas palavras ecoam até os dias de hoje, impulsionando-nos para irmos à cada pessoa. Essa tarefa, a qual Jesus nos deixou para fazer chama-se: Missões!
John Wesley disse que a única missão da igreja era fazer missões. A igreja existe por causa de missões e não missões por causa da igreja. Se alterarmos a ordem desses fatores, alteraremos o produto.
Assim como o oxigênio é necessário para a vida e respiração humana, assim missões o é para a igreja local. Se não estamos fazendo àquilo para o qual nascemos, perderemos a razão de existir, nossa identidade e não cumpriremos nossa missão.
É vitalmente importante entendermos qual é de fato a natureza da igreja e agirmos de conformidade com ela. A igreja é essencialmente missionária e quando não agimos de conformidade com essa natureza,  deixamos de lado a razão de ser igreja.
A questão não é saber se somos chamados ou não para irmos, a questão é se estamos liberados para ficar! Pergunte ao Senhor: Senhor, eu estou liberado para ficar?

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA