O poder de congregar

Postado em
0

por Eliezer Rodrigues

“Consideremo-nos também uns aos outros, para nos estimularmos ao amor e às boas obras. Não deixemos de congregar-nos, como é costume de alguns; antes, façamos admoestações e tanto mais quanto vedes que o Dia se aproxima” (Hebreus 10:24-25).

Há muitas coisas importantes para serem desfrutadas no princípio do congregar. Quero listar algumas delas:

1 – CONSIDERAÇÃO AO CORPO DE CRISTO – (Aos nossos irmãos)

Quando congregamos estamos considerando o corpo de Cristo, sua igreja. Estamos se importando com aquilo que Deus mais se importa na terra, seus filhos. Vemos a igreja como uma grande família e, como toda família é necessário regar a comunhão sempre, manter os relacionamentos saudáveis. A família da fé é um ambiente de amor para você se doar e ser cuidado. Claro que haverá problemas, como em toda família tem. Mas, somos da fé e do amor.

2 – ESTIMULARMOS O AMOR E AS BOAS OBRAS –

Quando andamos em unidade, juntos no mesmo propósito e visão de uma igreja local, um vai estimulando o outro através do amor de Deus. Algumas pessoas acabam não se envolvendo muito na igreja porque se isolam, se afastam do rebanho e elas mesmas acabam perdendo os benefícios da comunhão do corpo de Cristo. No congregar, na comunhão, todos são estimulados através do amor de Deus a avançar, a perseverar, e servir ao Senhor com alegria. A Bíblia diz que aquele que se isola procura os seus próprios interesses egoístas (Provérbios 18:1). Ou seja, não se torna verdadeiramente participante da obra de Cristo, seu reino, na terra. Por isso, se esforce para congregar, porque há benefícios divinos para você e sua família.

3 – NÃO DEIXE DE CONGREGAR –

A solução de muitas coisas em nossas vidas está no congregar. No ajuntamento dos filhos há uma unção coletiva fluindo, há conselhos divinos e uma atmosfera de fé e amor onde os dons do Espírito fluem para alcançar os filhos de Deus e todo aquele que estiver dentro desse ambiente da congregação. Os pais jamais deveriam deixar de levar seus filhos aos cultos, pelo contrário, deve construir essa cultura sadia e divina dentro da família, colocar os cultos da igreja como prioridade. Observe a diferença de uma família que congrega certinho e serve ao Senhor na igreja local para uma família que não congrega e não serve. Percebemos uma grande diferença! Porque uma família está usufruindo do poder do congregar e a outra não. No congregar você se doa para outros, você planta, você canta, você dança, sorrir, aprende, cresce espiritualmente, anda em saúde divina, prospera praticando os princípios de Deus ensinados pelo pastor local nos cultos.

4 – O DIA DO SENHOR SE APROXIMA –

Claro, não há nada de errado em você trabalhar, ser um autônomo ou ter uma empresa e cuidar bem dela. Mas você precisa colocar Jesus acima de tudo isso, ter a consciência que tudo que você faz nesta terra deve ser em prol do reino de Deus e mais nada! Porque tudo que você conquistar de bens materiais, de riquezas e valores naturais, vão ficar aqui nesta terra quando Jesus voltar. Então, o que Deus confia em suas mãos é para servir o seu reino e ele aumenta mais e mais quando você entende o propósito de prosperar. Por isso, saia dessa vida louca de correria, de depressão, de problemas familiares e etc. E se dedique mais ao congregar! Você verá que, a cada culto, será banhado pela amor, graça, unção do Espírito e a verdade de Cristo.

“Diariamente perseveravam unânimes no templo, partiam pão de casa em casa e tomavam as suas refeições com alegria e singeleza de coração, louvando a Deus e contando com a simpatia de todo o povo. Enquanto isso, acrescentava-lhes o Senhor, dia a dia, os que iam sendo salvos” (Atos 2:46-47).

Tenham um excelente dia no amor de Jesus!

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA