Tudo o que eu tenho, sou e faço

Postado em
0
656

por Eliezer Rodrigues

Todo avarento não tem muita dificuldade em entender e dar dízimos e ofertas. Mas, tem muita facilidade em falar mal de quem dá! Dízimos e ofertas não são da lei, são da fé e do amor. Da mesma fé de Abraão, que dava o dízimo de tudo que tinha. O problema é que o Diabo está trabalhando com uma ferramenta chamada “desequilíbrio” dentro das denominações, e muitos filhos de Deus estão caindo nos abismos do extremismo.

Por um lado, alguns religiosos dizem: “se você não der o dízimo Deus vai baixar a mão, você perde a salvação, vai morrer e vai para o inferno”.

Por outro lado (os magoados com o primeiro lado) dizem “Olha só, eu sou da Graça, não sou da lei! Eu dando o Dízimo ou não, eu vou para o céu, porque Deus é meu Pai! Por isso Dízimo não existe mais! Não dê mais dízimos a esses pastores seus bestas!“.

Veja, tanto um lado extremista como o outro lado, que acham que não é, estão sendo influenciados pelo mesmo Diabo! Por que? Porque todos os dois causam danos ao corpo de Cristo!

Não adoramos e louvamos a Deus porque temos medo de ir para o inferno. Pelo contrário, adoramos e louvamos a Deus porque amamos e cremos na sua palavra. Temos gratidão em nosso coração! Não nos prostituímos, roubamos, mentimos ou matamos porque a lei disse para não fazer isso! Não. Fazemos isso porque amamos ao Senhor e a sua palavra! Nós honramos ao Senhor com nossa vida!

Não tem nada a ver com religião, denominação ou pastores! Praticamos essas verdades porque amamos os princípios eternos do Senhor!

Somos submissos as autoridades, respeitamos a todos, amamos o próximo, fazemos o bem a todos, não para sermos abençoados, porque de fato já somos abençoados em Cristo! Mas quando praticamos essa verdade, manifestamos a nossa fé na palavra e o amor de Deus que está em nós!

A mulher casada não deve dizer “não vou mais me submeter a meu marido porque agora estou debaixo da Graça e não na lei. Eu sou livre para ser cabeça!”. Pensar assim não é certo! Pelo contrário, a palavra diz que as mulheres devem ser submissas ao seu marido COMO AO SENHOR! Ou seja, toda mulher casada deve servir ao marido como se estivesse servindo ao próprio Jesus!

O marido não pode dizer “não vou mais cuidar da minha esposa, tratá-la bem, ser cabeça do lar! Isso é muito peso pra mim, eu não estou mais na lei para ficar fazendo essas “obrigações”. Eu estou na Graça! Eu amo a minha esposa se eu quiser, não sou mais obrigado a amar minha esposa e filhos! Sou livre!!”. Claro que você não é obrigado a praticar o que Deus colocou como princípio! Porém, os resultados serão os seus e não o de Deus!

Então, não estamos adorando ao pastor, nem estamos louvando ao pastor, não entregamos a nossa vida ao pastor e nem damos Dízimo e ofertas ao pastor! Tudo que fazemos é para o Senhor através da liderança e da igreja local!

Ou Seja, “noiva de Cristo” sirva na igreja local, seja submissa aos seus líderes, como ao próprio Senhor Jesus!

Logo, não damos dízimos e ofertas a homens mortais! Embora eu coloque dentro de um envelope e depois dentro de um gazofilácio, (ou cesto) Mas, é para o Senhor que estou fazendo com amor e fé! Esse é o equilíbrio!

Você serve aos homens como ao Senhor Jesus!

Você ama a sua esposa como ao Senhor Jesus!

Você se submete ao marido como ao Senhor Jesus!

Você se submete a todas as autoridades como ao Senhor Jesus!

Ou seja, tudo que você faz, em todas as áreas da sua vida, é para o Senhor Jesus!

Agora, depois de ler tudo isso, sempre vai existir alguém que vai colocar a culpa nos outros e continuar vivendo para si mesmos, seja num lado do extremo ou no outro lado do extremo.

Fica com a palavra, fica com a verdade, é bem melhor!

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA