Temas e subtemas bíblicos

Postado em
0

por Eliezer Rodrigues

Às vezes, alguns cristãos têm dificuldade de ouvir sobre um assunto bíblico, porque não percebem que Deus trabalha em todos os temas da vida humana. Por exemplo: quando ensinamos sobre prosperidade nas nossas redes sociais, de vez em quando, aparece alguém dizendo: “Mas Deus quer que realizemos a sua obra para ganhar vidas”. Mas, em momento algum, eu disse que não deveríamos fazer a obra do Senhor ou fui contra esse tema! Mas, infelizmente, é um mau hábito que alguns carregam, não se concentrar no tema que está sendo ensinado.

Outro probleminha que vejo, com base em alguns comentários, é a falta de entendimento que alguns têm de não discernirem as subdivisões de um tema. Por exemplo: dentro do assunto PROSPERIDADE existem ramificações do tema, tipo: Prosperidade no Espírito, prosperidade na alma, prosperidade no corpo, prosperidade na família, prosperidade no trabalho, na igreja, nas finanças, etc. Ou seja, um tema (prosperidade) subdividido em vários temas! E tudo está na Bíblia.

Uma outra coisa importante, vejo que algumas pessoas precisam usufruir de alguns temas bíblicos sem deixar de praticar outro tema bíblico. Por exemplo: existe o tema de ALEGRIA na Bíblia (e muito). Mas quando certos irmãos ouvem sobre esse tema, comentam: “Não adianta estarmos rindo e rindo enquanto existe tantas pessoas na terra chorando com sofrimentos!”. Meu irmão, uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa. É claro que podemos (e devemos) nos alegrar em Cristo Jesus sem deixar de interceder pelos que sofrem! É a vontade de Deus que prosperemos, financeiramente, sem deixar de ajudar os pobres! Podemos falar sobre a importância de congregar e também a importância de evangelizar!

Porque também já ouvi frases tipo: “O que adianta a igreja viver dentro das quatro paredes enquanto o mundo está morrendo!”. Se eu pensasse assim, falaria: “O que adianta a igreja ir evangelizar, no mundo, se não está preparada espiritualmente!”. São dois temas diferentes e os dois precisam ser praticados (o congregar e o evangelizar). Então, um cristão deve tomar muito cuidado na hora de comentar uma mensagem, ele pode está equivocado e todos verão o quão grande é a sua ignorância tentando se passar por sábio.

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA