Gratidão

Postado em
0
723

por Dione Alexsandra

Gratidão

Não poderia ser um assunto melhor neste encerramento do ano de 2017.

“Em tudo daí graças, porque essa é a vontade de Deus em Cristo Jesus” (I Tessalonicenses 5.18)

É importante entender esse versículo para vivermos gratos, bem e em paz nessa vida. Não devemos dar graças POR TUDO, por todas as coisas boas e ruins que nos acontecem, mas dar graças EM TUDO. Ou seja, em todos os momentos nos bons e ruins. Graças, porque estamos vivos, porque temos Cristo em nós, que é a esperança da glória, graças porque mesmo em meio a dias difíceis, o Senhor sempre estará conosco. Quando entendemos que dias difíceis surgem e neles devemos nos apegar ao Senhor com firmeza ainda maior, não vamos viver frustrados. Mas quando superarmos esses dias devemos nos fortalecer no Senhor e na força do seu poder. Sua vida de gratidão fará com que Deus se mova em sua direção em momentos de dificuldades.

Não vamos ser utópicos, na nossa vida lidamos com situações difíceis.  Não se frustre quando as dores, os problemas e as dificuldades surgirem. Elas vão forjar o seu caráter, acredite. É comprovado cientificamente e naturalmente que existe uma dor no crescimento. Isso faz parte da vida. Graças a Deus que mesmo em meio as dores a fé em Deus nos sustenta, mas a fé não nos isenta de passar pela dor. Na vida, existem situações em que estamos mais fortes e podemos fortalecer os outros quando eles estão fracos e haverá dias em que você estará mais fraco e precisará se fortalecer em Deus também. Por vezes, o Senhor usará pessoas para nos fortalecer sim, isso não nos torna sem fé, mas nos faz perceber que somos corpo e precisamos uns dos outros.

Estamos na Terra, em um corpo físico, possuímos uma alma e somos um ser espiritual. Lidar com as três dimensões requer de nós o mínimo de conhecimento da função de cada parte que compõe o ser humano.

Não se frustre por ser humano! Se alegre, porque Deus o fez assim: humano, absolutamente limitado e dependente dEle. Sabemos porque sabemos que sem Deus não damos um passo seguro. Acredite, sua fé te levará à vitória, mas até chegar lá há um processo, uma caminhada, e nessa jornada todos nós estamos caminhando, uns mais adiante, outros ainda no começo.

Uns acabaram de nascer, são bebês que iniciaram hoje sua caminhada. Outros estão na infância ou adolescência vivendo numa geração altamente tecnológica e ao mesmo tempo tão complicada. Alguns estão no auge da juventude com tanta força própria dessa estação em uma década de mudanças instantâneas e inexplicáveis. Assim como eu, outros estão na vida adulta, seja na chegada dessa fase ou no auge da maturidade e claro, tem tantos que já estão no fim da jornada, vivendo uma velhice de paz, porque semearam em paz e em Deus seus dias mais doces. Outros lidam com inúmeras dificuldades sejam espirituais, emocionais ou físicas, mas todos estão no mesmo barco. O barco chamado: VIDA! Seja grato por ter nascido!

Que sigamos a nossa caminhada sendo o melhor que podemos ser, fazendo o melhor que podemos fazer, pessoas gratas, de fé, cheias da palavra, mas também cheias de amor. Não esperando que todos sejam como nós e nem ousando achar que todos irão se comportar como nós diante das mesmas situações. Não pise na dor do outro. Não subestime a dor humana, só porque você já está mais adiante e talvez, não sofra mais com coisas que antes já causaram tantos danos a sua vida.

Lembre-se: Nem todos já percorreram o seu caminho. Nem todos aprenderam a fazer aquela curva da vida na velocidade correta. Tem gente machucada na estrada. Não passe por elas como se não fizesse diferença alguma para você. Lembre-se de que alguém o ajudou na estrada quando você caiu e se machucou também. Alguém lhe deu a mão, acreditou em você, o conduziu por um tempo até que você pudesse seguir. Não vivemos isolados das pessoas, precisamos delas e elas precisam de nós, é assim que funciona. Não existe ninguém pleno, completo ainda, sempre estamos mudando, melhorando.

O nosso melhor e maior exemplo de amor ao próximo é Jesus. Ele sabia se compadecer com a dor humana em seu estágio inicial ou terminal. Durante os anos em que viveu aqui na Terra, Ele amou incondicionalmente e cuidou das pessoas mostrando na prática o amor de Deus pela humanidade. Enquanto você cresce, ame, ame sem medida!  Porque no final da jornada é isso que você vai levar na bagagem. Não são seus bens, seus títulos e nem seus diplomas, mas o quanto você amou na prática. Isso sim é o que conta no final.

Quando damos graças EM TUDO ao Senhor podemos ser gratos em meio as situações que surgem na nossa vida e podemos ajudar amanhã aqueles que estiverem passando pela mesma dor. Aprendi a não julgar a dor dos outros, eu não sei de tudo, não sei pelo que as pessoas passaram ou estão passando. As minhas experiências são testemunhos, mas não são doutrina para ninguém.

Busque na Palavra de Deus as respostas para a sua dor e mais que isso, busque não apenas conhecer a sua dor, mas busque em Deus a força para se livrar dela. Acredite! Estamos na mesma jornada e precisamos nos lembrar que somos humanos. Isso não nos deixará frustrados. Sejamos gratos a Deus por termos vivido 2017. Por tudo o que realizamos ao longo desse ano por termos sido ajudados e por termos ajudado outros.

Encerre o ano sendo grato ao Senhor. A gratidão abre portas para o sobrenatural de Deus.

Feliz 2018!

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA