O que você vai SER quando ENVELHECER?

Postado em
2

Por Dione Alexsandra

“Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu. Há tempo de nascer, e tempo de morrer; tempo de plantar, e tempo de arrancar o que se plantou; Tempo de espalhar pedras, e tempo de ajuntar pedras; tempo de abraçar, e tempo de afastar-se de abraçar” (Eclesiastes 3.1 e 2-5).

Salomão, sabiamente nos instruiu no texto acima que tudo tem seu tempo determinado e que o tempo passa, e passa rapidamente…

Eu sempre busco tirar lições de tudo o que está acontecendo a minha volta. Acredito que assim como eu, você é ciente que o tempo está passando para todos nós. Ele de fato é implacável! 

Esses dias, um aplicativo fez sucesso na internet e resolvi habilitá-lo em meu celular. Ele possibilita você projetar, com uma foto sua, uma ideia de como você poderá ficar fisicamente daqui há alguns anos. Claro que é apenas uma projeção midiática, mas a curiosidade humana é imensurável e, assim como muitos, ousei me ver daqui há uns 30 anos.

Assim como o psicólogo Rossandro Klinjey, eu comecei a observar como a velhice continua sendo para nós um tabu: “Os ainda jovens se veem diferentes e riem confortáveis por não passar de uma brincadeira, enquanto outros que já tateiam na própria face o passar do tempo não veem graça nenhuma. Não façamos da velhice nem piada, nem lamento. Envelhecer é ter a graça de experimentar todas as etapas da vida, é um presente, não um problema. À medida em que o corpo envelhece, novas possibilidades são criadas, novos valores são criados, novas experiências surgem e o que nos cabe é aceitá-las com #gratidão, porque todas elas dão continuidade a história de vida que só foi possível ser construída com esse passar do tempo, necessário e precioso.”

Imagem atual aos 47 anos

Parece que foi ontem que eu tinha meus 20 anos, mas não foi ontem. Hoje, aos 47 anos, já vivi muitas coisas. Consegui realizar um monte de sonhos e ainda tenho uma lista enorme de outros para conquistar.

Não sei vocês, mas enquanto brincava com as minhas fotos de ficar “idosa”, muitos filmes passaram na minha cabeça. Quem me conhece já sabe que costumo levar a vida a sério, faço minhas coisas com responsabilidade, e principalmente as coisas do Senhor, o serviço do Reino de Deus e o cuidado com as pessoas. Lembrei de um texto que me fez refletir ainda mais: “Que pregues a palavra, instes a tempo e fora de tempo, resguardas, repreendas, exortes, com toda a longanimidade e doutrina” (II Timóteo 4.2).

Definitivamente, eu não tenho tempo a perder. O que você quer SER quando ENVELHECER? Eu quero ser mais livre e mais leve. Quero dar essa mesma risada com coisas simples. Deus é a razão da minha existência e Ele me ensinou a ser eu mesma e ser intensa. Desisti de mudar… 

Confesso que olhar essa imagem inicialmente é algo impressionante, mas não assustador, porque sinceramente eu sou bem consciente que a idade passa para todos.

Para alguns, olhar uma imagem como essa pode até parecer assustador, mas para mim é a certeza de que tudo passa , inclusive, o tempo e depois, surgem as rugas e com elas, marcas de uma vida cheia de experiências. De renúncias, fracassos, mas também de vitórias. 

Então, vamos viver!

Os estudos mais recentes da psicologia de um modo geral têm dito que é a partir dos 50 anos que as pessoas começam a ficar felizes. E  sabe por quê? Porque elas deixam de dar importância ao que os outros estão pensando. Se você está com um relógio legal, um telefone da moda… Aos 50 anos, para quem amadureceu (porque tem quem não amadureça), você começa a ficar mais atento ao que VOCÊ pensa da vida. Você se preocupa com o que é essencial. Para os maduros, a velhice nunca foi um problema. Mas, muitos a transformam em um problema. A velhice é uma etapa da vida como qualquer outra, tem suas dificuldades, aprendizados e muitas coisas boas para se vivenciar.

Vamos amar a vida e marcar a vida das pessoas amando-as e cuidando ao máximo de nós de mesmos e do próximo. 

E você, o que quer ser quando envelhecer?

Faça a sua vida valer a pena, porque a sua juventude vai passar e ela passa rápido!

“Como maçãs de ouro em salvas de prata, assim é a palavra dita a seu tempo” (Provérbios 25.11).

Esteja atento as suas palavras, pois elas produzirão o seu futuro. O que você quer ser quando envelhecer será determinado pelas palavras que sairão da sua boca. Se está falando coisas negativas, me desculpe, mas serão coisas negativas que terá amanhã.

“Quem guardar o mandamento não experimentará nenhum mal; e o coração do sábio discernirá o tempo e o juízo” (Eclesiastes 8.5).

Um coração guardado e preservado do mal terá saúde e paz na Terra. Todos os dias eu digo para mim mesma: “Dione, guarde seu coração!, “Cuide bem das palavras que saem da sua boca”, “renove a sua mente com a palavra”, “preserve a sua alma”.

Para encerrar, eu fui mais longe, enquanto brincava com o aplicativo, peguei uma foto minha com a minha mãe e mexi apenas na minha imagem, deixei o rosto de mãe intacto e o resultado ao lado mostra que, provavelmente, quando eu ficar mais velha estarei bem parecida com ela fisicamente, o que me orgulha bastante. Se eu conseguir absorver um pouco da coragem e fé da minha mãe,(a minha maior referência de mulher), estarei fazendo um bom trabalho e cumprirei bem meu papel como filha.

Aos que se divertiram com a brincadeira, parabéns! Aos que não ousaram se ver daqui a alguns anos, tudo bem, valeu a brincadeira e as lições aprendidas. E por fim, aos que não veem nisso lição alguma, tudo bem também. Aos que não baixaram o aplicativo, por medo dos riscos, eu também entendo. 

Enfim, seja feliz na juventude ou na velhice! Mas lembre-se de que existem algumas coisas que, para acontecer, nós temos que envelhecer! Logo, a cara que você vai ter quando envelhecer você já “sabe”. Agora, o que você quer ser quando envelhecer?

2 COMENTÁRIOS

  1. Excelente reflexão.
    Me lembro ainda quando menino bem pequeno, entre uns cinco a sete anos, quando fiquei sabendo que a mãe de nossa vizinha havia falecido. Eram momentos maravilhosos na casa dela onde tinha fogão de lenha, muito biscoito assado, broa, carne a vontade dentro de uma lata cheia de gordura e muita pitanga, goiaba e laranja da terra que ela fazia deliciosos doces.
    Começei a refletir como seria meu futuro, o que eu iria fazer, que meus pais um dia também iriam falecer e teria que me virar a fazer as coisas sozinhas. Me projetei com uns 40, 50, 60 e 70 anos e me disse e depois para onde vou?
    Hoje com os meus cinquenta anos, sinto-me realizado e estou bem com Cristo e esta maturidade chegou, sei para onde vou e não mais me importa se será com 50, 60, 70 ou mais. Tenho a consciência que DEUS foi capaz de trazer este vazio e a felicidade, paz e o amor dele que interminavelmente é capaz de me suprir até o meu último minuto.
    E como gosto muito deste livro de Eclesiastes fico com este versículo exposto.
    “Quem guardar o mandamento não experimentará nenhum mal; e o coração do sábio discernirá o tempo e o juízo” (Eclesiastes 8:5).
    Saberemos envelhecer com saúde, com amor e aproveitar o máximo em Cristo, levando nossas experiências para quem quiser nos ouvi.

    Obrigado Dione Alessandra.
    Um grande abraço.
    Flávio Santos
    MVV Sarzedo/MG

DEIXE UMA RESPOSTA