Chaves para um rompimento financeiro

Postado em
0

por Humberto Albuquerque

“Dar-te-ei as chaves do reino dos céus; o que ligares na terra terá sido ligado nos céus; e o que desligares na terra terá sido desligado nos céus”. (Mateus 16:19)

Este versículo refere-se à autoridade recebida pela igreja para abrir o que não é possível ser aberto. Chaves, na Bíblia, é um símbolo de autoridade ou governo. Dentro de uma contextualização, Jesus atribui essas chaves à igreja, que atenderá aos propósitos do Reino de Deus.

Logo após a inspiração que Pedro recebeu do céu ao dizer “Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo” (Mateus 16.16), Jesus fala sobre a inspiração e edificação da igreja, além do poder de atuação dela em relação ao sistema de governo das trevas, contra a qual não prevalecerão.

O que precisamos entender é que a inspiração nos levará para um nível de comprometimento ainda maior em relação aos propósitos espirituais. Creio em uma geração que sacrificará as recompensas terrenas, para que possam ser verdadeiros cooperadores com o que está no coração de Deus para o resgate da humanidade.

Portanto, já que vocês ressuscitaram com Cristo, procurem as coisas que são do alto, onde Cristo está assentado à direita de Deus”. (Colossenses 3:1 NVI)

Homens e mulheres estabelecendo os corações nas coisas do alto em vez de estabelecer nas coisas terrenas, livrando-se de uma mentalidade egoísta e gananciosa, que diz: “O que posso ganhar com isso?” Em vez disso, desenvolverão uma mentalidade do Reino de Deus, que diz: “O que Deus pode ganhar com isso?”

“porque, onde está o teu tesouro, aí estará também o teu coração”. (Mateus 6:21)

Na cultura do Reino de Deus, não existe necessidade, mas também não existe ganância. O dinheiro sempre terá um propósito divino. A influência que receberemos através do dinheiro, das riquezas ou dos bens materiais será liberada por aquele ao qual decidimos de todo coração servir. Nosso Deus é o Deus de toda provisão, fonte inesgotável.

Creio que receberemos chaves que abrirão oportunidades no natural, a fim de financiar projetos para o domínio do Reino de Deus na terra. Quando entramos em concordância com os propósitos de Deus, Ele libera qualquer chave que precisamos para levar a Jesus aquilo que lhe pertence (vidas, vidas e vidas).

Chaves, chaves e chaves estão vindo nestes dias. Riquezas terrenas, separadas para serem liberadas para propósitos espirituais, serão distribuídas àqueles que se alinharem com o objetivo do céu e com o fluir da eternidade.

Quando Deus é minha fonte, o dinheiro passa a ser meu servo, para ser investido no Reino de Deus. Devemos utilizar o dinheiro para servir a Deus; as pessoas, todavia, estão sendo influenciadas a usar Deus para obter dinheiro.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA