A luz da Palavra que constrói

Postado em
0
119

por Humberto Albuquerque

“Iluminados os olhos do vosso coração, para saberdes qual é a esperança do seu chamamento, qual a riqueza da glória da sua herança nos santos e qual a suprema grandeza do seu poder para com os que cremos, segundo a eficácia da força do seu poder”. (Efésios 1.18-19)

Iluminados (gr. photizo): fazer brilhar, tornar evidente, fazer algo existir e, assim, vir à luz e tornar-se claro para todos.

Tenho uma convicção no Senhor que os nossos olhos serão abertos para ver Deus construindo em nós e através de nós. Seremos capazes de ver com mais precisão, aumentando nossa habilidade para construir com a luz da Palavra.

É essencial vermos Deus como Ele é, através da Sua Palavra, para entendermos definitivamente o conceito de prosperidade financeira na Bíblia. “Quem Deus é para nós Ele será através de nós”.

“Aquele que pratica o pecado procede do diabo, porque o diabo vive pecando desde o princípio. Para isto se manifestou o Filho de Deus: para destruir as obras do diabo”. (I João 3.8)

“Para a liberdade foi que Cristo nos libertou. Permanecei, pois, firmes e não vos submetais, de novo, a jugo de escravidão”. (Gálatas 5.1)

Jesus veio destruir as obras do diabo e, uma das obras dele é a pobreza. Lembre-se de que a pobreza é um estado de espírito, é condicionamento mental feito através do sistema do mundo. O espírito de pobreza fará com que as pessoas pensem que elas nunca terão o suficiente ou que sempre haverá a falta de dinheiro em suas vidas.

“Deus pode fazer-vos abundar em toda graça, a fim de que, tendo sempre, em tudo, ampla suficiência, superabundeis em toda boa obra”. (II Coríntios 9.8)

Nunca devemos pensar como vítimas; para isso, devemos nos dispor a dominar e vencer qualquer coisa maligna que se levante contra nós. A exposição à Palavra de Deus diariamente nos levará a pensar a partir de uma perspectiva na qual nada é impossível. 

“Cantem de júbilo e se alegrem os que têm prazer na minha retidão; e digam sempre: Glorificado seja o SENHOR, que se compraz na prosperidade do seu servo!”.  (Salmos 35.27)

A luz da Palavra sobre princípios como este do Salmos 35.27 nos esclarece e traz entendimento espiritual de que Deus tem planos para nos fazer prosperar, promover bem-estar e bênção. Princípios como este nos deixam treinados para vermos as dificuldades como oportunidades para Deus nos abençoar e nos levar para uma maior esfera de atuação.

“Vós, porém, sois raça eleita, sacerdócio real, nação santa, povo de propriedade exclusiva de Deus, a fim de proclamardes as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz”. (I Pedro 2.9)

“Mas você é uma raça escolhida, um sacerdócio real, uma nação consagrada, um povo [especial] para a própria possessão de Deus, para que você possa proclamar as excelências [as obras maravilhosas e virtudes e perfeições] daquele que o chamou das trevas em Sua luz maravilhosa”. (I Pedro 2.9 – Amplificada)

Somos uma nova criação, especial, santa e real. Com esta convicção, uma cultura de honra será estabelecida em nossa vida para favorecermos uns aos outros, e o caminho da honra sempre nos conduzirá numa rota onde a pobreza nem perto chegará.

A unção em nós cria as condições do Jardim por onde quer que passemos. Jesus veio trazer de volta o jardim, a nossa riqueza espiritual, a qual, quando manifesta pela luz que existe na Palavra, não atrai pobreza; pelo contrário, ela coloca as riquezas materiais no seu devido lugar, que é o de nos servir.

Este é o tempo no qual aumento com propósito está chegando para os bons recebedores, uma unção para descobrir as riquezas encobertas. Responda com suas ações, pois toda área na qual não há reciprocidade morre. Celebre sua prosperidade em Cristo a cada dia, e os recursos vão lhe servir.

Conte para você mesmo a sua nova história de prosperidade em Cristo Jesus.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA