Submissão ao Ministério do Espírito Santo

Postado em
1

por Humberto Albuquerque

Atente para a importância da submissão ao ministério do Espírito e à Palavra de Deus ao invés dos seus sentimentos para, assim, você poder andar em santidade e sem prejuízo.

Devemos nos submeter ao Espírito de conselho para não servos derrotados pelo diabo. Não fique com arrumadinho com a sua carne, porque ela vai “passar a perna” em você.

“Sabemos que todo aquele que é nascido de Deus não está no pecado; aquele que nasceu de Deus o protege, e o Maligno não o atinge” (I João 5.18,19).

“…e não deem lugar ao diabo”  (Efésios 4.27).

“Pois ele nos resgatou do domínio das trevas e nos transportou para o Reino do seu Filho amado”  (Colossenses 1.13).

“Não será o ministério do Espírito ainda muito mais glorioso?” ( II Coríntios 3.8).

O mundo está sob uma influência maligna, mas os filhos de Deus estão protegidos, desde que não deem lugar ao diabo.

Quando nascemos de novo, recebemos um novo endereço no reino do espírito, pois somos transportados para o Reino do Filho do Amor.

“O deus desta era cegou o entendimento dos descrentes, para que não vejam a luz do evangelho da glória de Cristo, que é a imagem de Deus (II Coríntios 4.4).

O Espírito Santo nos guia, não nos empurra, mas podemos frear o ministério do Espírito na nossa vida. Devemos ter cuidado com o que deixamos influenciar nossos pensamentos. Um homem cheio do Espírito nunca será influenciado, e sim influenciará.

O diabo não se preocupa com uma igreja que prega um Jesus histórico e sem poder.

A desonra está estabelecida nas escolas porque não se ensina sobre respeito às autoridades.

Aquele que começou a boa obra na sua vida vai completar, mas você deve se manter livre das influências erradas que vêm para nos tirar desse plano.

“Sabe, porém, isto: que nos últimos dias sobrevirão tempos trabalhosos; porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos, sem afeto natural, irreconciliáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, sem amor para com os bons, traidores, obstinados, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus, tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela. Destes afasta-te!” (II Timóteo 3.1-5).

Pessoas estão trocando a Palavra pelo carisma de quem prega. Não devemos receber de um pregador que fala sem abrir a Palavra.

“E ele morreu por todos para que aqueles que vivem já não vivam mais para si mesmos, mas para aquele que por eles morreu e ressuscitou”  (II Coríntios 5.15).

O diabo vai perder você de vista quando você decidir viver pela fé e não pelo que sente.

Não vamos crescer espiritualmente com chupeta e mamadeira. Temos que decidir viver uma vida cheia do Espírito.

Quando você não der lugar para o domínio do Espírito, você vai alimentar um sentimento errado. Obedecer a Deus não é prejuízo. É lucro.

 “Aquele que afirma que permanece nele, deve andar como ele andou” (I João 2.6).

Processos que passamos com Deus nos dão autoridade para tirar pessoas da sarjeta, pois refinam o caráter. Você precisa deixar o Espírito Santo moldar você. Esse é o ministério do Espírito.

  • 1 Timóteo 4.1-5
  • Gálatas 2.20
  • Provérbios 26.12

Tem gente que aprende até a medida de ficar suficientemente perigoso, para usar o conhecimento de forma errada. Veja os textos abaixo e medite neles:

  • II Coríntios 5.10-11
  • I Coríntios 6.19
  • II Coríntios 6.16,17,18/7.1
  • I Coríntios 10.12
  • Romanos 1.1
  • Jeremias 18.1-6

Têm coisas em nossas vidas que Deus quer fazer como Ele quer e não como nós queremos e, para isso, precisamos descer à casa do oleiro, no lugar do encontro com Ele.

Se você quer crescer, procure ministrações que vão confrontá-lo por dentro.

Viver uma vida de santidade e quebrantamento vai trazer resultados tanto nessa vida quanto na eternidade.

Muitas vezes, buscamos a Deus, não vemos nada acontecer em nossa vida, mas nosso caráter está sendo refinado, até o dia em que recebemos o que esperamos e desfrutamos com maturidade.

A igreja está procurando homens melhores, Deus, os que oram.

Evangelho exige renúncia. Há um preço a ser pago. Não tem meio termo.

A igreja está procurando homens melhores; Deus está procurando homens que oram.

*Texto retirado do Site da Igreja Verbo da Vida Zona Norte em Recife-PE. 

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA