Ministério das Crianças: a bênção de servir

Postado em
0

por Socorro Quirino 

O ministério com crianças ainda é considerado como um tempo de treinamento para outros chamados ministeriais, já ouvi frases do tipo “Se você conseguir passar por uma sala de crianças você chegará no seu chamado” como se esse fosse um tempo de experiências onde todos que pensam em entrar em um chamado tivessem que se sacrificar por um tempo.  Alguns até se descobrem gostando do trabalho e vendo que esse era realmente o seu lugar na igreja, outros descobrem que aquele não é mesmo o seu lugar. 

Muitas vezes a necessidade da igreja faz com que algumas pessoas sirvam no Departamento Infantil, porém sem nenhum prazer no que estão fazendo, mas se você não está feliz com o seu serviço, mesmo que seja para o Senhor, ele nunca será prioridade pra você e você nunca terá um olhar diferenciado para o que está fazendo.

Quando você tem no seu coração o prazer de ensinar às crianças, tudo o que você vê pode se tornar possíveis lições para uma aula, mesmo que, naturalmente, aquele objeto não signifique nada para outra pessoa, você verá um uso para ele e encaixará em uma aula para um ensino especifico.

Deus o chamou para ser um ministro da Palavra, qual a diferença entre você e outros ministros? Apenas o tamanho e a idade dos seus ouvintes, porém na criação divina elas tem o mesmo valor e, portanto, precisam de pessoas que tenham no coração o ardor pelo chamado, a vontade de ensinar e pregar a Palavra de Deus e essa pessoa é VOCÊ.

A Bíblia diz em Lucas 2.52 que Jesus crescia em sabedoria, estatura e graça diante de Deus e dos homens, mas é claro que ele precisou de ajuda, porque Ele era uma criança normal como outra qualquer e precisava de pessoas que lhe ensinassem, para que pudesse crescer em todas as áreas.

Sabemos que nem todas as crianças que recebem Jesus se desenvolvem e crescem espiritualmente. A Palavra ensinada poderá não render bons frutos e se perder, mas nós como bons ministros do Senhor devemos nos empenhar para sermos canais de bênção para vida delas e para que possam ser conhecedoras de quem elas são em Cristo, levando-as a ficar firmes na Palavra como Timóteo, que desde a meninice conhecia as escrituras e pôde permanecer firme no que aprendeu. Como diz a Bíblia em 2 Timóteo 3.14-15 “Tu porém permanece naquilo que aprendeste, e de que foste inteirado, sabendo de quem o tens aprendido, e que desde a infância sabes as sagradas escrituras, que podem fazer-te sábio para a salvação, pela fé que há em Cristo Jesus”.

Qual é a bênção de se trabalhar com crianças? Vou falar só algumas, dentre inúmeras: 1) você poderá levar a salvação e por consequência elas terão muito tempo de vida cristã; 2) ajudará essa criança a crescer em fé e poder praticar o ensino que está recebendo no seu dia a dia, com isso, ela não precisará crescer pra exercer fé, ela pode viver pela fé hoje; 3) ela poderá dar testemunho de um relacionamento com Jesus no seu ambiente familiar, escolar e outros meios sociais; 4) a criança terá uma vida espiritual saudável e poderá desfrutar desse beneficio junto à igreja e sua família.

Essas bênçãos são dirigidas às crianças, mas e você professor? Teria benefícios? Seria abençoado? Claro que sim!  A Bíblia diz em I Coríntios 15.58 “Portanto, meus amados irmãos, sede firmes e constantes, sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que o vosso trabalho não é vão no Senhor”. Gosto muito desse versículo porque ele nos incentiva, nos exorta e nos recompensa por tudo que fizermos para o Senhor dentro do que fomos chamados para fazer. A bênção virá para nossa vida seja profissional, familiar, pessoal enfim ela virá.

Eu, particularmente, fui e ainda sou muito abençoada na minha vida profissional e, eu bem sei de onde veio tudo isso, “Sede firmes e constantes, sempre abundantes na obra do Senhor”, o Deus que eu sirvo é fiel e justo, sei que o meu trabalho não é vão no Senhor. Por isso meus amados professores as bênçãos correrão e o alcançarão aí onde você está servindo a Deus, exatamente nesse lugar chamado Ministério das Crianças.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA